...
Feed
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
® Talentosos Escritores 2011/2015 - Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.

Ads 468x60px

Postagem em destaque

O sorriso que muda tudo - Texto Especial

Engraçado quando você gosta de uma pessoa e ela não te dá nenhuma chance. Não corresponde seus olhares, alega que a distância é um fardo eno...

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Google+ Followers

Featured Posts

Social Icons

Arquivo do blog

Música e Poesia - Uma Página feita pra Você

Música e Poesia - Uma Página feita pra Você
Clique e conheça! Por Adriana Vieira

Arquivados

Tenha Talentosos Escritores no seu E-Mail

Compartilhe suas ideias!

Compartilhe suas ideias!

Em breve!

Marcadores

Traduza!

@Leoangellus

Anuncio!!

Leitor (a) da Semana

Leitor (a) da Semana
Quem será o próximo (a)?
"O site Talentosos Escritores" estará passando por mudanças em breve. Portanto, a ausência de postagens de conteúdos importantíssimos como as novelas por exemplos. Mas isso é algo que estamos organizando, tempo ao tempo. Eu, como administrador, estou contando com uma equipe boa pra poder fazer o site cada vez melhor. A gente está se reunindo pra obter novidades em alta pra você, que nos acompanha há muito tempo. Peço desculpas pela demora dos conteúdos e a gentileza de aguardarem pacientemente. O Talentosos Escritores vai mudar, mas tenho certeza de que será pra melhor ok! Um grande abraço a todos." - Leandro Angellus

Oferta Amazon!

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Corações Desimpedidos - CAP. 04

Gisele se afasta de Daniel rapidamente e dá um tapa no seu rosto.
_por que fez isso? E justamente no local onde trabalhamos?
_desculpa, Gisele mas eu não consegui resistir. _diz Daniel.
_você foi longe demais. Não devia ter feito isso.
_espera ae, Gisele! Sei que você gostou desse beijo. Por que não admite que também está sentindo algo por mim?
_o quê? Como você pode ter coragem de falar uma coisa dessas? Eu não sinto nada por você.
_não é o que os seus olhos dizem Gisele. Sei que você gosta de mim só não tem coragem de assumir isso.
_Daniel, vá embora! Acabou o expediente e acho melhor pararmos por aqui ou...
_ou vai dizer para o Sr. Otávio que eu a beijei a força  nesta sala.
_sim! Eu vou dizer sim, Daniel! Eu vou dizer que você entrou por aquela porta e...
_e o quê Gisele? _diz Daniel, se aproximando de novo.
Gisele não consegue dizer mais nada e o beija outra vez nos lábios.

Enquanto isso, Zeca decide ir ao apartamento de Gisele e encontra Doroth abrindo a porta.
_Zeca, você por aqui?
_eu vim falar com a Gisele. Ela já chegou do trabalho?
_não. Gisele ficou na empresa mas deve estar chegando.
_e porque você está aqui? por que não a esperou?
_ela ficou pra organizar algumas coisas por lá antes de sair e me pediu pra vir preparar algo na casa dela. Você não conhece a Gisele?
_sim. Conheço. Bom, eu acho que vou lá então. Quem sabe eu não a encontro pelo caminho.
_espera Zeca! Ela deve estar chegando. Fica mais um pouco ae! _diz Doroth, impedindo de procurá-la.
_tudo bem então! _diz Zeca, decidindo ficar e esperar.

Na empresa, Gisele e Daniel se afastam um do outro.
_olha, desculpa mais uma vez por ter acontecido de novo. Eu prometo que não farei mais isso. _diz Daniel.
_não tem que se desculpar por nada. _diz Gisele.
Daniel a encara de repente surpreso.
_desta vez a culpa é minha. Já passou do meu horário de sair daqui e eu preciso pegar um táxi pra ir logo pra casa.
_se você quiser, eu posso te acompanhar.
_obrigada mas eu quero ir pra casa sozinha. Até amanhã, Daniel! _e ela pega sua bolsa e sai porta afora.
Daniel decide seguí-la.
_eu não vou deixar você ir sozinha. Não é justo!
_o que você quer hein? Eu já disse que prefiro ir sozinha, ou seja, eu não quero a sua companhia. _diz ela, saindo ás pressas da empresa.
_você está chateada comigo só porque eu a beijei?
_eu estou chateada com tudo, ok! E você devia ter um pouco de respeito comigo entendeu?
_ah claro! Eu me esqueci que você é, digamos assim, a chefe da empresa. Os olhos do Sr. Otávio. Pensa que eu não sei que você é a responsável pela empresa segundo o nosso chefe me disse?
_se você sabia disso porque me beijou naquela sala? Eu posso te tirar da empresa amanhã mesmo se eu quiser.
_mas você não vai fazer isso comigo Gisele!
_não pense que vou deixar barato, Daniel! _diz ela, acenando ao táxi que se aproxima.

Neste interím, Zeca estranha a demora de Gisele e acha que algo de errado está acontecendo mas Doroth tenta tranquilizá-lo. Algumas horas depois, ele cansa de esperar e decide procurá-la, deixando a jovem preocupada.
_o que será que houve com ela? _Doroth reflete sozinha.
Saindo do apartamento, Zeca encontra Gisele pagando o táxi e os dois se encontram no portão.
_Gisele, fiquei preocupado com você. Está tudo bem?
_sim, Zeca! E porque está aqui no meu apartamento? Aconteceu alguma coisa?
_eu queria levar um papo com você mas você estava demorando.
_bom, vamos entrar que a gente conversa. _diz Gisele, indo na frente.

Daniel decide ir na casa de Wallace e os dois conversam.
_então ela disse isso com todas as letras? Que ia te ferrar na empresa? Caracas!
_ela disse mas sinto que foi da boca pra fora. Jamais vai ter coragem!
_está com medo irmão?
_medo? Nem um pouco. _diz Daniel, parecendo bem trânquilo.
_sei não hein? Essa Gisele parece ter um parafuso á menos. A garota é beijada e depois nega o que sente. Depois ela te beija novamente e sai irritada. Cara, eu não entendo essa mulher!
_ninguém consegue entender a cabeça das mulheres, mano! Mas digo uma coisa á você:  ela sente algo por mim. Tenho certeza disso! Se não sentisse, não corresponderia ao meu beijo.

Doroth encontra Gisele chegando com Zeca e diz:
_onde estava Gisele? Ficamos preocupados com você!
_problemas na empresa mas nada que possa ser resolvido com calma. Você já preparou o jantar? Estou exausta! _diz a secretária se jogando no sofá.
_estou quase terminando. _diz Doroth, tirando a lasanha do forno.
_hummm. Que cheiro bom vindo desta cozinha! _diz Gisele, sentindo o aroma de longe.
_este cheirinho de lasanha é bom demais! _completa Zeca.
_é bom sim, mas diz ae o que você queria falar comigo?
_Gisele, eu queria falar contigo sobre a Grace.
_a Grace? _se surpreende Gisele.
_sim. Fiquei sabendo que ela pretende viajar.
_mas ela não me disse nada sobre isso?
_eu também não sabia. Eu fui fazer um favor para o pai dela e  acabei ouvindo  ela conversar no telefone com alguém dizendo que iria viajar.
Gisele fica preocupada.

Grace arruma sua mochila no quarto quando o celular toca. Ela atende em imediato.
_oi! Você ainda está em casa? _diz uma voz misteriosa do outro lado da linha.
_sim. Estou! Mas daqui a pouco eu chego ae. Me espera!
_tudo bem, mas não se atrase!
D. Alda bate a porta e Grace desliga rapidamente o telefone.
_filha, você está ae?
_sim mãe! Estou.
_filha, vem jantar! O jantar está na mesa. Vê se não demora ok!
_tá bom mãe! Eu já vou. _responde Grace, mentindo e jogando a mochila janela afora. _desculpa, mãe! Desculpa pai! Mas eu prefiro mil vezes ir embora do que ver vocês dois separados. _ela diz consigo mesma.
E assim ela pula a janela. Pega a mochila e sai pela rua afora  levando consigo a única bagagem que lhe pertence.
←  Anterior Proxima  → Inicio
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Meu Canal no Youtube

Blogs Brasil

Google+ Badge

Ajude o site e ganhe um brinde exclusivo!

Quem será o próximo (a) Leitor (a) da Semana hein?

Quem será o próximo (a) Leitor (a) da Semana hein?

Siga-nos por E-Mail

As Top 5+!

Frase do Dia

Seguidores