...
Feed
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
® Talentosos Escritores 2011/2015 - Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.

Ads 468x60px

Postagem em destaque

O sorriso que muda tudo - Texto Especial

Engraçado quando você gosta de uma pessoa e ela não te dá nenhuma chance. Não corresponde seus olhares, alega que a distância é um fardo eno...

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Google+ Followers

Featured Posts

Social Icons

Arquivo do blog

Música e Poesia - Uma Página feita pra Você

Música e Poesia - Uma Página feita pra Você
Clique e conheça! Por Adriana Vieira

Arquivados

Tenha Talentosos Escritores no seu E-Mail

Compartilhe suas ideias!

Compartilhe suas ideias!

Em breve!

Marcadores

Traduza!

@Leoangellus

Anuncio!!

Leitor (a) da Semana

Leitor (a) da Semana
Quem será o próximo (a)?
"O site Talentosos Escritores" estará passando por mudanças em breve. Portanto, a ausência de postagens de conteúdos importantíssimos como as novelas por exemplos. Mas isso é algo que estamos organizando, tempo ao tempo. Eu, como administrador, estou contando com uma equipe boa pra poder fazer o site cada vez melhor. A gente está se reunindo pra obter novidades em alta pra você, que nos acompanha há muito tempo. Peço desculpas pela demora dos conteúdos e a gentileza de aguardarem pacientemente. O Talentosos Escritores vai mudar, mas tenho certeza de que será pra melhor ok! Um grande abraço a todos." - Leandro Angellus

Oferta Amazon!

quarta-feira, 25 de setembro de 2013

CAP. 29 - Corações Desimpedidos (Penúltimo Capítulo)

Depois de tudo ter acabado bem pra todos, Gisele perdoa Ruan e o abraça fortemente pedindo-lhe desculpas por não ter acreditado nele no passado. Na presença de Daniel, os dois voltam a ser amigos de novo e desejam felicidades pra ambos. Gisele se sente emocionada ao saber que tudo acabara bem e que suas vidas poderão voltar ao normal.
Alguns meses depois, Gisele e Daniel ficam felizes quando Sr. Otávio lhe dá um mês de férias pra cada.
Os dois decidem fazer uma viagem juntos. Já Doróthy acompanha Wallace em suas competições de surfe e ajuda á encontrar patrocínio. Júlia e Pablo finalmente pensam em moram juntos enquanto Murilo e Grace já compram suas passagens pra ir à Altinópolis passar alguns dias por lá. Alda e Emiliano ficam felizes por eles.
_Estou feliz que tudo esteja dando certo pra eles né? _pergunta Alda emocionada.
_Eles se gostam de verdade. Lembra de quando éramos mais novos e você escrevia pra mim todos os dias quando eu estava ausente de casa trabalhando em outra cidade?
_E como eu lembro disso. Eu ficava muito feliz quando você respondia aquelas cartas. Ah houve um momento que eu mandava algumas e você demorava á responder. Teve uma que durou meses até ser respondida. Lembra disso?
Emiliano sorri e consente.
_Eu fiquei um tempinho sem responder suas cartas porque queria saber como você reagiria se eu não tivesse lhe dando atenção entende?
_Perae, então você fez aquilo de propósito? Não respondia minhas cartas pra ver o que eu falava depois. Era isso? _ela olha pra ele séria.
Emiliano sorri um pouco mais e responde:
_Eu só apenas fiz um teste com você. Eu juro! Mas pra que falar do passado agora? O importante é que sempre soube que você me amava e a confiança estava acima de tudo.
_É verdade Emiliano. Eu fui muito feliz nessa época. Nós dois se completávamos mesmo.
_Sabe a gente poderia ter dado certo. Mas infelizmente os nossos caminhos se diferenciaram um pouco.
Alda fica em silêncio por alguns instantes e Emiliano decide ir embora.
_Você está com muita pressa? _ela pergunta ao vê-lo se afastar.
_Não. Por quê? _ele se indaga.
_Bom, pensei em passar um café pra nós dois. Se você quiser me acompanhar.
Emiliano olha pra Alda e então desiste de ir embora, aceitando.
_Com certeza!

Na manhã seguinte, Grace e Murilo se despedem dos amigos e dos pais no aeroporto e partem rumo pra São Paulo. Alda e Emiliano se sentem tranquilos pela filha estar segura ao lado do namorado.
_Aquela proposta de trabalho que você ofereceu ao Murilo ainda está de pé? _pergunta ela.
_Mas é claro! Assim que eles voltarem de viagem, eu vou dar à oportunidade a ele. Fica tranquila!_confirma Emiliano.
Ao chegar em Altinópolis horas depois, o casal é recebido por Michele no aeroporto.
_Oi tudo bem? Quanta saudade sentimos de você! _diz Grace abraçando a amiga.
Murilo também a cumprimenta e Michele decide levá-los à sua casa.
A cidade de Altinópolis fica à 346 km da capital e possui diversas cachoeiras e cascatas e uma delas tem 72 metros de altura. A gruta do Itambé é o ponto mais visitado pelos turistas na cidade e é pra lá que Grace e Murilo aproveitam pra tirar fotos e namorar muito.
Enquanto os dois estão se divertindo por lá, Gisele e Daniel namoram bastante num hotel próximo no Rio de Janeiro.
_Já escolheu o nome do nosso filho? _ele pergunta curioso.
_Eu deixei pra você escolher. _ela diz.
_Eu preciso pensar então. Deixa eu ver.
Ela sorri.
_Por que está rindo?
_Ah eu gosto do seu jeito. _ela diz contente.
_Você é linda demais Gisele!
_E você perfeito! _ela beija seu lábio.
_Então eu já pensei num nome pra ele.
_Sério? Então me diz!
_Nosso filho vai se chamar Júnior. O que você acha?
_É um bonito nome mas...
_Ah eu nunca acerto uma. _ele ri um pouco. _Você não gostou né?
_Calma amor! Ele pode se chamar Júnior sim mas eu incluiria outro nome.
_E o que seria então?
_Pedro Júnior. _ela responde pra surpresa do rapaz.
_Nome do meu pai. Nossa!
_É claro! _diz Gisele, se sentindo realizada.

Em Altinópolis, Michele se reúne com a família e amigos e Grace e Murilo se sentem bem instalados em sua casa. Todos almoçam juntos e se divertem no final de semana.
_Espero que você se sinta acomodado neste quarto! _diz Michele, apresentando o quarto de hóspedes para Murilo que agradece.
Grace é acomodada em outro quarto também.
De repente, o telefone celular dela toca e ela atende:
_Oi mãe!
_Minha filha, como está aí? Tudo bem? _diz Alda preocupada.
_Tudo sim mãe. _ela responde. _Aqui é um paraíso. A senhora não tem ideia.

Algumas semanas depois, Maria é solta pelos carcereiros pra respirar um pouco o ar lá fora no pátio junto com as prisioneiras que a olham de cima a baixo. Ela ignora a todas e decide ficar quieta no seu canto quando uma prisioneira mais alta que ela e de braços fortes puxa assunto.
_Posso saber porque você está aqui gracinha?
Maria não dá a mínima atenção e a mulher parte pra arrogância.
_Eu falei com você não ouviu não? _ela pega no rosto da jovem e faz a olhar em seus olhos.
_O que você quer de mim? _se preocupa Maria.
_Eu quero saber porque está aqui. Isso aqui não parece ser um lugar adequado pra você não.
_Eu quero ficar em paz. Por favor!
_Você está dando uma de santinha né? Aqui não rola isso não né mulherada! _ela incita a todas as mulheres que aplaudiam e debochavam. _Pessoas do seu tipo eu conheço facinho, facinho! Deve ter aprontado alguma coisa feia lá fora pra estar aqui né sua vagaba?
Maria se sente ofendida mas não se descontrola. Ela decide tentar se manter calma no meio de tantas mulheres que já a cercavam ali no pátio.
_O que você pretende fazer comigo hein? _ela se preocupa ao ver a mulher a encarando de cima a baixo.
_A gente vai ver o quanto você resiste á não enfrentar a uma de nós aqui. _diz a mulher cheia de ódio e completamente perturbada.
Maria se sente completamente sozinha naquele círculo de pessoas tão estranhas e mal encaradas. Ela leva uma surra da mulherada e a polícia feminina entra em ação, tirando a jovem da briga.
_Mas foi ela que começou! Eu estava quieta no meu canto. _tenta se defender Maria para a chefe do presídio.
_Vocês viram alguém começar a briga lá fora? _ela pergunta a uma das carcereiras.
_Olha, eu não vi nada não. Eu só sei que quando ela foi lá pra fora, aí a confusão começou com as outras detentas. _diz uma delas.
_Ela está mentindo! Eu não fiz nada. Eu juro! _diz Maria, descontrolada.
_Tire ela daqui por favor! Essa cara dela me dá nojo. _diz a chefe.
_Vocês tem que acreditar em mim! Por favor! _grita Maria desesperada.
_Leva ela pra solitária imediatamente! Não quero essa mulher perto das outras. _diz a chefe, friamente.
As carcereiras levam Maria pra solitária, onde ela grita desesperadamente e implora por ajuda.
Uma das detentas que viu a situação ocorrer no pátio decide se arriscar pra ajudar a jovem ali no presídio.

←  Anterior Proxima  → Inicio
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Meu Canal no Youtube

Novidade!!

Blogs Brasil

Google+ Badge

Ajude o site e ganhe um brinde exclusivo!

Quem será o próximo (a) Leitor (a) da Semana hein?

Quem será o próximo (a) Leitor (a) da Semana hein?

Siga-nos por E-Mail

As Top 5+!

Frase do Dia

Seguidores