...
Feed
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
® Talentosos Escritores 2011/2015 - Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.

Ads 468x60px

Postagem em destaque

O sorriso que muda tudo - Texto Especial

Engraçado quando você gosta de uma pessoa e ela não te dá nenhuma chance. Não corresponde seus olhares, alega que a distância é um fardo eno...

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Google+ Followers

Featured Posts

Social Icons

Arquivo do blog

Música e Poesia - Uma Página feita pra Você

Música e Poesia - Uma Página feita pra Você
Clique e conheça! Por Adriana Vieira

Arquivados

Tenha Talentosos Escritores no seu E-Mail

Compartilhe suas ideias!

Compartilhe suas ideias!

Em breve!

Marcadores

Traduza!

@Leoangellus

Anuncio!!

Leitor (a) da Semana

Leitor (a) da Semana
Quem será o próximo (a)?
"O site Talentosos Escritores" estará passando por mudanças em breve. Portanto, a ausência de postagens de conteúdos importantíssimos como as novelas por exemplos. Mas isso é algo que estamos organizando, tempo ao tempo. Eu, como administrador, estou contando com uma equipe boa pra poder fazer o site cada vez melhor. A gente está se reunindo pra obter novidades em alta pra você, que nos acompanha há muito tempo. Peço desculpas pela demora dos conteúdos e a gentileza de aguardarem pacientemente. O Talentosos Escritores vai mudar, mas tenho certeza de que será pra melhor ok! Um grande abraço a todos." - Leandro Angellus

Oferta Amazon!

sábado, 28 de junho de 2014

18º Capítulo - Distante Amor

Danilo vai para o hotel e telefona para os pais avisando que chegara no Rio bem e essa notícia deixa Danielle e Adalberto mais tranquilos. Jéssica fala com os pais dele por telefone e o casal fica feliz por tudo ter dado certo. Jordan ouve a conversa do quarto e liga para Melissa em imediato.
_Eles já se encontraram! _diz o menino.
Em seguida, Jéssica e Danilo ficam mais um pouco de tempo juntos e Suzane decide esperar a amiga pra ir pra casa juntas. Jéssica se despede de Danilo e promete voltar depois para vê-lo de novo e ele aproveita para descansar e arrumar suas bagagens. Suzane fica feliz pela amiga e se despede do rapaz também. Jéssica se sente nas nuvens com tanta emoção. Enquanto isso, o estuprador está observando as duas de longe e não vê a hora de atacar uma delas.


Ao chegar em casa, Jéssica conta as novidades para os pais que se alegram em saber que o rapaz chegara mesmo no Rio e Suzane confirma as expectativas do casal dizendo que ele é uma boa pessoa e que realmente gosta da amiga. Amaury e Ingrid ficam felizes com isso.
Já Bárbara chega em casa e se sente radiante por ter colocado Eleonora em seu lugar e Gracindo se preocupa com ela.
_O que você fez amore mio?
_Eu dei na cara dela e um tapa bem dado para que ela não possa esquecer.
_Eu não acredito que você só me arruma confusão.
_Eu não vou me rebaixar com as provocações dela não. Você me conhece e sabe como eu sou.
_Eu me preocupo com você. Eleonora não é confiável. Tenho medo do que essa mulher pode fazer com a gente.
_Pois ela que se meta a fazer algo de ruim comigo.
_Por que está falando desse jeito? Amore mio, não estou gostando desse olhar. _ele diz, reparando na fisionomia dela.
_Ela pensa que está por cima mas não sabe o tamanho da queda depois.
_Confesso que não estou entendendo nada.
_E nem precisa. Você vai saber logo mais. Relaxa! _diz ela, indo pra cozinha e deixando-o confuso.

Dentro do estádio do Mineirão em Belo Horizonte, a seleção brasileira joga com o Chile.
A galera está ligada nas telinhas e fica preocupada com a partida que está sendo muito complicada. Gol anulado pelo juiz que poderia ter desempatado faz com que o pessoal da faculdade xingue alto. Gracindo mesmo ficou desesperado com o coração na mão, metaforicamente falando e não sossegou por nenhum minuto. A partida acabou indo para os pênaltis, o qual deu a vitória para a seleção brasileira, concluindo o jogo: 3 x 2. Com a classificação do Brasil nas quartas de final, a torcida tem muito a comemorar agora. Depois do desespero e nervosismo total, tinha que dar Brasil!

Mesmo depois de ter levado um tapa, Eleonora não sossega.
_Filho da mãe! Mas ela vai pagar caro por isso! _diz ela, sozinha se referindo á Bárbara.
Ela aproveita a ausência de Edmílson e decide ligar para João Paulo a fim de marcar um encontro com ele novamente no mesmo local de sempre. O rapaz aceita é claro e fica todo contente. Após desligar o telefone, ela decide preparar algo pra comer quando o gás acaba.
_Que droga! Eu vou ter que pedir um botijão de gás senão não é hoje que preparo essa janta. _e lá vai ela de novo pegar o telefone.
Alguns minutos depois, ela aguarda o entregador chegar.
A campainha é soada e ela abre a porta.
Um moreno forte, alto traz nas costas um botijão de gás e ela pede pra deixa-lo na cozinha mesmo. Ele obedece e ela lhe oferece um copo d’água. O entregador aceita gentil mas não consegue tirar os olhos de seu decote.
Ela pega o dinheiro para entrega-lo e percebe que ele está com segundas intenções sobre ela. Eleonora que não é boba, banca logo a esperta pra ver o que rola em seguida. No momento que ela ia entregar o dinheiro, ela mesma o coloca dentro do sutiã e pergunta provocante:
_A fim de se divertir um pouco?
O entregador se surpreende com aquela pergunta e responde:
_Como senhora?
_Não entendeu? _diz ela, se insinuando pra ele.
_Bem, eu adoraria mas estou em horário de trabalho.
_Ah que pena! _diz ela, tirando o dinheiro de volta e se fazendo de decepcionada.
_Bom, pensando bem eu posso ficar mais um pouquinho. _diz o entregador, sorrindo maliciosamente.
Eleonora se aproxima dele e coloca o dinheiro em seu bolso da calça. Em seguida, ela o puxa e o beija nos lábios provocante fazendo ele se entrelaçar em seus braços.
Nesse momento, a porta é fechada e trancada com chave.


Gláucia encontra Edmílson no ponto de ônibus.
_Oi tudo bem?
_Oi Gláucia. Estou bem e você?
_Também. Chegando agora do trabalho?
_Pois é. Dia cansativo né?
_Imagino. E como vai Eleonora?
_Vai bem. Estamos juntos de novo.
_Estou sabendo. Sua mãe me contou.
_Só podia ser né? Minha mãe é uma peça rara.
_Raríssima. _diz ela, sorrindo.
_Bom, a conversa está boa mas eu preciso passar no mercado. Tenho que comprar algumas coisas pra casa.
_Ah claro. A gente se fala depois.
_Com certeza. Foi um prazer encontrá-la.
_O prazer é todo meu. _diz ela.



Ele se despede dela a abraçando e sai em seguida.
Gláucia fica lhe observando se distanciar quando Andrielle a surpreende.
_Parece que ele ainda mexe com você né?
_Oi amiga! Nem te vi. _diz ela, se assustando.
_Estou vendo você observar o seu gato.
_Que nada! Quem dera se fosse mas Eleonora já o fisgou há muito tempo.
_Fica assim não amiga! Um dia a sorte muda. Você vai ver.
_Eu e Edmílson? _diz Gláucia, sorrindo desacreditada. _Ah amiga, pura fantasia! Não tenho chances não.
video
Trilha sonora interpretada por Zeca Mattos

Eleonora observa o horário e pede pro entregador sair logo da sua cama e pôr as roupas.
_Mas porque gata tenho que sair assim depressa?
_Você está no seu horário de trabalho e meu marido está chegando. Ande homem! Depressa!
_Você é casada é? Por que não disse antes?
_Vai logo e deixa de conversa. _diz ela, o apressando a se arrumar logo.
O homem coloca as roupas e se prepara pra sair quando ouve barulho na porta.
_Meu Deus! É Edmílson! _ela se desespera.
_Que cilada hein? Pow, eu não mereço isso! _reclama o homem.
_Agora você vai ficar caladinho e vai se esconder porque não posso me comprometer ouviu bem?
_Claro. Nem eu posso. Sou um homem casado também e tenho até filhos.
_Ótimo! Por amor a sua família, você vai fazer tudo o que eu disser. E se nos encontrarmos de novo, finja que nem me conhece.
_Mas você não curtiu?
_Eu sou fiel ao meu marido. Agora entre aqui! _diz ela abrindo a porta do closet e fazendo ele entrar depressa.



Edmílson chega em casa em alguns segundos.
_Amor! Você está aí?
Ninguém responde.
_Amor?
E ele percebe um movimento no quarto.
_Quem está aí? _ele pergunta, caminhando devagar.
Eleonora tenta se manter calma e abre a porta quando o encontra logo de frente.
_Amor, achei que não estivesse em casa.
_Desculpa não responder querido. Estava no banho. _ela responde.
_Banho? Mas o chuveiro está desligado.
_Acabei de desliga-lo. Eu estava me trocando. Algum problema?
_Não amor. A cama está toda desarrumada. _ele percebe. _Estava dormindo é?
Eleonora fica séria diante de Edmílson.
←  Anterior Proxima  → Inicio
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Meu Canal no Youtube

Novidade!!

Blogs Brasil

Google+ Badge

Ajude o site e ganhe um brinde exclusivo!

Quem será o próximo (a) Leitor (a) da Semana hein?

Quem será o próximo (a) Leitor (a) da Semana hein?

Siga-nos por E-Mail

As Top 5+!

Frase do Dia

Seguidores