...
Feed
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
® Talentosos Escritores 2011/2015 - Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.

Ads 468x60px

Postagem em destaque

O sorriso que muda tudo - Texto Especial

Engraçado quando você gosta de uma pessoa e ela não te dá nenhuma chance. Não corresponde seus olhares, alega que a distância é um fardo eno...

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Google+ Followers

Featured Posts

Social Icons

Arquivo do blog

Música e Poesia - Uma Página feita pra Você

Música e Poesia - Uma Página feita pra Você
Clique e conheça! Por Adriana Vieira

Arquivados

Tenha Talentosos Escritores no seu E-Mail

Compartilhe suas ideias!

Compartilhe suas ideias!

Em breve!

Marcadores

Traduza!

@Leoangellus

Anuncio!!

Leitor (a) da Semana

Leitor (a) da Semana
Quem será o próximo (a)?
"O site Talentosos Escritores" estará passando por mudanças em breve. Portanto, a ausência de postagens de conteúdos importantíssimos como as novelas por exemplos. Mas isso é algo que estamos organizando, tempo ao tempo. Eu, como administrador, estou contando com uma equipe boa pra poder fazer o site cada vez melhor. A gente está se reunindo pra obter novidades em alta pra você, que nos acompanha há muito tempo. Peço desculpas pela demora dos conteúdos e a gentileza de aguardarem pacientemente. O Talentosos Escritores vai mudar, mas tenho certeza de que será pra melhor ok! Um grande abraço a todos." - Leandro Angellus

Oferta Amazon!

domingo, 13 de julho de 2014

28º Capítulo - Distante Amor

video

As horas passam e chegando na rodoviária, Danilo compra sua passagem pra São Paulo e Jéssica a encontra, acompanhado de Suzane. O rapaz se despede de Suzane e abraça Jéssica carinhosamente.
_Eu vou sentir saudades! _diz Jéssica com lágrimas nos olhos.
_Eu também meu amor! _responde ele, sincero.
Jéssica a beija nos lábios fortemente e Suzane sorri ao ver a cena.
O ônibus chega em seguida e o pessoal começa a entrar nele.
Danilo acena para as duas garotas e entra no ônibus.
_Eu amo você Daniloooo! _grita Jéssica na rodoviária diante das pessoas que se assustam ao vê-la.


Danilo sorri da janela do ônibus e responde:
_Eu também amo você Jéssicaaa!
Suzane se emociona ao ver que o casal vai se afastar.
Jéssica vai até a janela e com lágrimas nos olhos, pega na mão de Danilo.
_Volta logo meu amor!
_Eu vou voltar! _e ele tira do pescoço o cordão que sua mãe lhe deu. _Fica com ele!
Jéssica se sente feliz ao receber o cordão.
_Obrigada!
_Até breve meu amor! _diz Danilo, com lágrimas nos olhos.
E o ônibus começa a andar e Jéssica vai seguindo, sempre pegando em sua mão até que de repente não dá mais e ela tem que larga-lo. Da janela, Danilo faz um coração com as mãos e ela sorri feliz. Suzane a abraça e tenta acalmá-la diante do seu peito.
_Eu não queria que ele partisse.
_Amiga, ele vai voltar. _diz Suzane, emocionada.
E o sol naquele entardecer é testemunha daquela cena na rodoviária. Um casal que se conheceu pela web, que se encontraram ali há alguns dias antes e que se despediram naquele dia com lágrimas no rosto de ambos.
Edmílson vai á lanchonete acompanhado de Eleonora e Andrielle os atendem educadamente.
_Boa noite! Posso ajuda-los?
_Boa noite! Eu gostaria de dois hambúrgueres e duas latinhas de refrigerante.
_Sim. Qual a sua preferência: Coca, Fanta...
_Pode ser uma Coca né amor? _ele pergunta a Eleonora que consente.
_Ok! Vocês podem se sentar. Eu vou providenciar o pedido de vocês. _diz ela, tentando esquecer a cena que feriu seu coração dias antes e focando no trabalho.
_Amor, vamos sentar aqui! _diz Edmílson reservando uma mesa pra ele e ela.
_Eu não sei porque você insiste de vir lanchar aqui. _diz Eleonora reclamando.
_Ah amor, que isso! Fica perto de casa e o pessoal que trabalha aqui é gente fina demais.
_Só você mesmo meu amor. Depois sua mãe aparece aqui e aí sim eu não tenho sossego.
_Relaxa! _diz ele, observando o cardápio.


De repente, João chega no estabelecimento e encontra os dois de frente. Eleonora o encara sério e disfarça. Andrielle vê a cena.
João entra na lanchonete e some dentro do estabelecimento.
Enquanto o casal conversa, Andrielle atende uma ligação.
_Oi patrão! Tudo bem?
_Oi Andrielle! Como vão as coisas por aí?
_Vão bem. Muito trabalho como sempre mas está bom demais.
_Que bom! Estou ligando pra avisar que estarei de volta em alguns dias.
_Ah sim! Não se preocupa não!
_Ok! _diz Sérgio, feliz da vida.
Enquanto isso, Edmílson pega na mão de Eleonora e ela solta devagar.
_Algum problema?
_Não amor. É que eu fico um pouco constrangida com tantos olhares sobre mim. _diz ela, percebendo os olhares curiosos das pessoas ao redor.
_Eles estão com inveja do nosso amor. _responde Edmílson, voltando a pegar na mão dela.
_Você tem razão! É inveja mesmo! _diz ela, se aproximando dele e o beijando.
Dois rapazes que estavam um pouco distantes do casal comentam:
_Já imaginou uma mulher dessa em casa? Serviço completo meu amigo. Barba, cabelo e bigode.
_Pois é! Um avião desses tem que pousar no meu aeroporto. _diz ele, brincando.
Victoria arruma suas malas quando a campainha toca. Ela atende e era o funcionário do hotel avisando que o táxi já chegara. Ela agradece e sai porta afora, levando as malas.
Ao entrar no táxi, ela pede pra deixa-la no aeroporto.
De repente, Victor bate na janela do carro e o taxista pára.
_Oi! Tudo bem? Podemos conversar?
_Desculpa mas eu não tenho tempo pra conversar. Tenho que ir pro aeroporto. _diz Victoria.
_Por favor, é importante que a gente tenha essa conversa!
_Olha aqui rapaz: eu não te conheço ok! Estou atrasada e realmente preciso ir.
_Me passa seu telefone pra eu poder te ligar.
_Nossa! Que chatice! Você é louco? Eu não dou meu telefone pra estranhos. Por favor, segue em frente! _pede ela ao taxista que obedece.
O táxi parte e deixa Victor na rua desolado.
_Poxa, eu preciso conversar com ela!
De repente, ele corre para o seu carro e decide seguir o táxi da jovem.
_Victor Hugo, você não pode perder essa mulher de vista. _ele pensa diante do volante.

Danielle serve a janta para Jordan que pergunta pelo irmão.
_Ele está voltando hoje pra casa.
_Que legal mãe! Será que ele vai demorar chegar?
_Por que a pergunta? Está sentindo falta dele meu bebê?
_Ah pára mãe de me chamar de bebê! _diz Jordan, se irritando.
Danielle sorri e continua a servir a mesa.

A Copa do mundo acabou para o Brasil. Após perder para a Alemanha, a seleção também perde para Holanda que goleou 3 x 0. A tristeza contagia a galera da faculdade de Danilo e deixa Bárbara e Gracindo chocados. Amaury também lamenta a situação e não se conforma com isso. "Como o Brasil perde o Hexa logo em sua própria casa?", Será que o jogo foi comprado?"... Perguntas como essa invadem a mente de alguns brasileiros e todos querem tentar entender porque a seleção foi tão ruím a ponto de deixar que outro time adversário pudesse a excluir do campeonato. Mas a vida segue agora e cada um precisa voltar para sua rotina de sempre. Não foi desta vez que levamos o Hexa mas quem sabe na próxima, não teremos sorte. O que não pode é desistir e como todo brasileiro nato diz, desistir jamais.

No ônibus, Danilo observa da janela a lua no céu e pensa no primeiro encontro que teve com Jéssica dias antes, do encontro com os pais e da noite que dormira ao lado dela na mesma cama. As cenas passam pela sua cabeça como flashes.
“...Você vai mas uma parte de você vai ficar aqui no Rio.
Eu vou estar aqui sempre te esperando. “. A frase perfeita que preenche suas esperanças.
E ele tira a fotografia dela da mochila e desenha um coração imaginário, com os dedos da mão contornando o rosto dela e depois põe contra o peito e adormece.

A sensação de ter conhecido Jéssica e ter ficado com ela por um tempinho foi prazeroso. O dever foi cumprido e finalmente ele percebeu que ela é a pessoa certa pra vida dele. Morena ou branca, alta ou baixa, gordinha ou magra, não importa. Ele queria encontra-la porque sentiu que ela era diferente. Ela era mais que especial e quando a pessoa se torna mais que especial pra vida da gente, com certeza, ela tem grandes chances de ocupar a nossa vida completamente. E foi assim que Danilo imaginava Jéssica. Uma garota que morava em outro estado e que tinha foco e acima de tudo, inteligência e boa comunicação. Encontrá-la foi um sonho que se tornou realidade pra ambos pois ela também tinha essa ansiedade, essa curiosidade súbita de tocá-lo, de ouvi-lo, de ficar frente a frente com ele. O mundo virtual deixou de ser virtual quando duas pessoas reais se viram pela primeira vez. Tentaram Webcam? Sim. Por algumas vezes. Mas ficar um em frente ao computador se olhando e admirando a beleza de ambos, não ia dar muito certo. A saudade era intensa quando isso não acontecia e ás vezes, chega um momento em que um dos dois precisa dar o primeiro passo.


←  Anterior Proxima  → Inicio
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Meu Canal no Youtube

Novidade!!

Blogs Brasil

Google+ Badge

Ajude o site e ganhe um brinde exclusivo!

Quem será o próximo (a) Leitor (a) da Semana hein?

Quem será o próximo (a) Leitor (a) da Semana hein?

Siga-nos por E-Mail

As Top 5+!

Frase do Dia

Seguidores