...
Feed
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
® Talentosos Escritores 2011/2015 - Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.

Ads 468x60px

Postagem em destaque

O sorriso que muda tudo - Texto Especial

Engraçado quando você gosta de uma pessoa e ela não te dá nenhuma chance. Não corresponde seus olhares, alega que a distância é um fardo eno...

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Google+ Followers

Featured Posts

Social Icons

Arquivo do blog

Música e Poesia - Uma Página feita pra Você

Música e Poesia - Uma Página feita pra Você
Clique e conheça! Por Adriana Vieira

Arquivados

Tenha Talentosos Escritores no seu E-Mail

Compartilhe suas ideias!

Compartilhe suas ideias!

Em breve!

Marcadores

Traduza!

@Leoangellus

Anuncio!!

Leitor (a) da Semana

Leitor (a) da Semana
Quem será o próximo (a)?
"O site Talentosos Escritores" estará passando por mudanças em breve. Portanto, a ausência de postagens de conteúdos importantíssimos como as novelas por exemplos. Mas isso é algo que estamos organizando, tempo ao tempo. Eu, como administrador, estou contando com uma equipe boa pra poder fazer o site cada vez melhor. A gente está se reunindo pra obter novidades em alta pra você, que nos acompanha há muito tempo. Peço desculpas pela demora dos conteúdos e a gentileza de aguardarem pacientemente. O Talentosos Escritores vai mudar, mas tenho certeza de que será pra melhor ok! Um grande abraço a todos." - Leandro Angellus

Oferta Amazon!

terça-feira, 22 de julho de 2014

33º Capítulo - Distante Amor

Mais tarde, Júnior decide subir a janela da casa de Danilo e ele está armado. Ele consegue entrar pela janela do quarto do rapaz, se encapuza e saca a arma esperando a oportunidade certa de acertá-lo.
Nesse momento, Danilo decide ir ao quarto pegar o notebook pra conversar com Jéssica quando por um momento Jordan vai em sua frente pra pegar algo que esquecera em seu quarto também.
_Oh prego, já que você vai passar em frente ao meu quarto traz o meu notebook pra mim. _pede Danilo gentil.
_Ta! Pode deixar. _responde o menino.
Ao ouvir passos subindo na escada e vindo direto ao quarto, Júnior prepara o revólver e aponta em direção á porta.
Quando ela se abre, Júnior dispara e o que se houve lá fora é um disparo único que assusta a todos, principalmente os familiares dentro de casa. Como o quarto estava escuro, Júnior acha que acertou Danilo e foge depressa, deixando Jordan caído no chão assustado e com a bala alojada em seu corpo.


Nesse momento, Jéssica sente seu coração bater forte e uma lágrima corre pelos seus olhos de repente. Suzane percebe enquanto conversava com ela.
_Amiga, você está bem?
_Danilo. Eu preciso do Danilo. _responde ela, séria e com os olhos cheio de lágrimas.


Gláucia incentiva Andriele a dar uma chance para Maxi e ela pensa seriamente no assunto.
_Pense bem: você vai ficar esperando por uma pessoa que nem sabe que você existe? João não é o cara certo pra você. Maxi é.
_Verdade amiga. Você tem razão. Enquanto João se diverte com a Eleonora por aí, Maxi está sempre por perto querendo ficar comigo.
_Então amiga. Maxi está gostando de você de verdade. Dá uma chance pra ele. Sei que você também quer isso.
_Eu não sei. _diz ela, hesitando.
_Não jogue a sorte fora por conta do João. Você merece ser feliz!

Nesse momento, Suzane abraça a amiga fortemente e diz que tudo vai dar certo e que logo ela estará junto com Danilo de volta. Ingrid chega no quarto da filha e a consola. Amaury percebe que a filha está sofrendo com a separação de Danilo e sente que precisa fazer algo por ela. Ele chama a esposa em particular.
_Eu nunca vi a minha filha assim.
_Eu também não. _responde Ingrid. _Estou preocupada.
_Eu também estou. Precisamos ajuda-la.
_O que você sugere que façamos? Danilo mora em São Paulo e ela mora aqui no Rio. Ela não pode largar a faculdade pra ir atrás dele.
_Mas é a felicidade dela meu amor. Ela está sofrendo com essa distância.
_Eu não sei o que fazer. Sinceramente, estou de mãos atadas.
_Você tem o telefone do Danilo? Quero ligar pra ele!


Enquanto isso, Danilo corre até o quarto subindo as escadas rapidamente e encontra Jordan caído no chão próximo da porta ainda vivo e com uma bala alojada em seu braço.
_Irmão aguenta ai que vamos te levar para o hospital agora. _diz Danilo, não se contendo em lágrimas e pegando ele depressa.
Danielle cai em prantos ao ver o estado do filho e Adalberto procura o criminoso dentro do quarto e não encontra ninguém.
A esta hora, Júnior já estava bem longe dali e correndo a toda velocidade pelo bairro até chegar na casa de Victoria bem ofegante.
_O que está fazendo aqui? _ela pergunta ao ver o estado dele na porta depois de várias batidas.
_Eu vim te dizer que você é minha e que nunca terá o Danilo de volta.
_Olha aqui Júnior: já conversamos sobre isso. Vá embora por favor!
Ele mostra o revólver a ela que fica assustada.
_Sabe de onde estou vindo? Da casa dele. Acabei de matá-lo. _diz ele friamente.
Uma lágrima corre pelos olhos de Victoria que grita desesperadamente.
_Nãoooooooooooooooooooooo!!!!

Jordan é carregado ás pressas por Danilo até o hospital e o celular toca disparadamente mas ninguém atende. Era Amaury na linha que fica preocupado em não ter resposta.
_Danilo não atende meu amor! _diz ele á Ingrid.
_Ele pode estar ocupado. Tenta depois. _responde ela.
Enquanto isso na clínica, Adalberto tenta acalmar Danielle e Danilo sofre pelo acontecimento ao irmão.
_Vai dar tudo certo. _diz Adalberto.
Jordan diz para os pais e para o irmão para ficarem bem e de repente, desmaia ao ver o sangue correr pelo braço abaixo.
_Jordan! _Tenta animar Danilo quando os enfermeiros chegam e o levam direto para a sala de emergência.
A enfermeira tenta acalmar a todos.


_Ele vai ficar bem ok! Tentem ficar calmos por favor.
Danielle se sente confortada nos braços de Adalberto.
_Ele não pode ver sangue. Ele fica nervoso. Você sabe.
_Eu sei. Fica tranquila que os médicos vão cuidar dele.
Danilo fica inconformado.
_Porque o Jordan meu Deus? A culpa é minha.
_Danilo meu filho, a culpa não foi sua. Foi um acidente.
_Acidente não meu pai. Foi predestinado isso. Uma bala não ia atingir meu irmão em vão.
_O que está dizendo? _diz Adalberto confuso.
_Entraram no meu quarto e atiraram nele, pensando que ia atirar em mim. Essa é a verdade. Se eu fosse no meu quarto, eu estaria agora nesse momento no lugar do Jordan.
_Nossa mas quem tentaria te matar meu filho?
_É isso que quero descobrir. _diz Danilo irritado.

Victoria fica louca de raiva com Júnior.
_Diz que você não fez isso. Diga! Assassino! _ e ela o empurra, xinga e dá vários socos nele.
_Eu fiz e a essa hora ele está com os anjos.
_Eu vou te denunciar agora pra polícia. _diz ela, séria e cheia de raiva.
Nesse momento, a vizinhança toda sai pra fora de casa ao ouvir a confusão.
_Me denuncia que eu te mato, sua patricinha rica e metida. _diz ele, autoritário e com um olhar ameaçador.
Victoria fica chocada com a mudança em Júnior.
_Se eu soubesse que você era assim, eu nunca teria me envolvido com você.
_Eu sempre dediquei minha vida a você e você me esnobou por causa do Danilo. Você sempre amou o Danilo e nunca me deu seu coração.
_Você é louco! Eu odeio você!
_Danilo sempre teve tudo de melhor. Tem grana, família rica, bens, e principalmente teve você na vida dele. E isso que me faz odiar ele. Saber que quem gosto ainda corre atrás dele como um patinho. Você não vai ficar com ele mais ok!
_Assassino!! Me deixa em paz! _e ela senta na porta de casa em prantos e ele se afasta com a arma na mão.
_Acabou! Você não tem mais o Danilo. Agora chora por ele! _diz ele frio e não sentindo piedade alguma.
Victoria encara ele com um olhar sério e avança sobre ele, jogando a arma ao chão. Os dois caem e lutam como se fosse dois cães. Júnior tenta se desvencilhar de Victoria que acerta em cheio seu rosto e o   deixa sangrando. Ele fica tonto e ela pega a arma que estava afastada um pouco e direciona a ele que põe as mãos na frente.
_O que vai fazer Victoria? Larga isso!
_Eu vou te matar seu desgraçado!
_Fique à vontade! Atire!
Dois vizinhos correm até eles para tentar acalmar a situação mas ao ver que Victoria está armada, recuam e pedem para não cometer o crime.
A polícia já se aproxima por conta dos vizinhos que já chamaram ao ver a confusão e os pais de Victoria saem pra fora de casa também preocupados. Victoria se distrai com o barulho sonoro das sirenes e Júnior toma-lhe a arma e sai fugindo dali.
_Não deixe esse assassino fugir! _ela grita mas nada adianta.
Os pais chegam por perto e a socorrem aflitos. Victoria chora nos ombros deles.
←  Anterior Proxima  → Inicio
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Meu Canal no Youtube

Novidade!!

Blogs Brasil

Google+ Badge

Ajude o site e ganhe um brinde exclusivo!

Quem será o próximo (a) Leitor (a) da Semana hein?

Quem será o próximo (a) Leitor (a) da Semana hein?

Siga-nos por E-Mail

As Top 5+!

Frase do Dia

Seguidores