...
Feed
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
® Talentosos Escritores 2011/2015 - Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.

Ads 468x60px

Postagem em destaque

O sorriso que muda tudo - Texto Especial

Engraçado quando você gosta de uma pessoa e ela não te dá nenhuma chance. Não corresponde seus olhares, alega que a distância é um fardo eno...

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Google+ Followers

Featured Posts

Social Icons

Arquivo do blog

Música e Poesia - Uma Página feita pra Você

Música e Poesia - Uma Página feita pra Você
Clique e conheça! Por Adriana Vieira

Arquivados

Tenha Talentosos Escritores no seu E-Mail

Compartilhe suas ideias!

Compartilhe suas ideias!

Em breve!

Marcadores

Traduza!

@Leoangellus

Anuncio!!

Leitor (a) da Semana

Leitor (a) da Semana
Quem será o próximo (a)?
"O site Talentosos Escritores" estará passando por mudanças em breve. Portanto, a ausência de postagens de conteúdos importantíssimos como as novelas por exemplos. Mas isso é algo que estamos organizando, tempo ao tempo. Eu, como administrador, estou contando com uma equipe boa pra poder fazer o site cada vez melhor. A gente está se reunindo pra obter novidades em alta pra você, que nos acompanha há muito tempo. Peço desculpas pela demora dos conteúdos e a gentileza de aguardarem pacientemente. O Talentosos Escritores vai mudar, mas tenho certeza de que será pra melhor ok! Um grande abraço a todos." - Leandro Angellus

Oferta Amazon!

quarta-feira, 30 de julho de 2014

37º Capítulo - Distante Amor

No trabalho, Edmílson se revolta com um colega que fica comentando sobre as fotos de Eleonora na internet.
_Sua mulher fica com homens e você nem liga né?
_Lava sua boca antes de falar da Eleonora. _diz Edmílson bravo.
_Eu tô sendo sincero meu camarada. Enquanto você rala aqui, ela pode estar com outro dentro de casa.
Edmílson não resiste e parte para a agressão, dando um soco no rosto do colega de trabalho.
O chefe decide afastar os dois e acabar com aquela briga.
_Edmílson, vá pra casa! Por hoje chega. Aqui é um local de trabalho e vocês dois tem que ter respeito.
_Foi ele que começou falando mal da minha mulher. _se defende Edmílson.
_Eu já disse pra você ir pra casa. _diz o chefe já tenso.
Edmílson pega suas coisas e sai do trabalho irado.
E por onde ele passava, os olhares curiosos das pessoas permaneciam sobre ele. Mas ele não se importava.

Jordan volta pra casa e recebe a visita de Rodolfo e Melissa.
_Cara não acredito que as fotos de Eleonora receberam tantas curtidas assim. _diz Jordan.
_Pois é, meu caro! Geral compartilhou. _diz Rodolfo entusiasmado.
_As fotos foram um sucesso mas Edmílson ficou na boca do povo. _diz Melissa. _A vizinhança toda está falando que ele é um corno chifrudo.
_A Eleonora não presta. Todo mundo sabe disso menos ele. _diz Rodolfo.
_Bom, e você Jordan sabe de alguma coisa sobre o Júnior? Ele já foi preso? _pergunta ela.
_Eu não sei Melissa mas meu irmão está agindo isso com meu pai. Eles não vão sossegar enquanto não pegá-lo.

E Jordan tem razão. A polícia está atrás de Júnior há dias e consegue uma pista do local onde ele se esconde. E é pra lá que eles vão a toda velocidade. Ao chegarem no local, a porta é arrombada e a polícia entra sem piedade apontando a arma para alguns rapazes que estavam jogando baralho.
_Cadê o Júnior hein? Onde ele está? _diz o policial sério com o revólver apontado sobre a cabeça de um deles.


O rapaz aflito tenta negar mas a polícia o coloca contra a parede atrás da verdade.
_Ele foi embora daqui logo cedo. Eu não sei pra onde.
_Verifica a casa toda. Não quero que ninguém saia daqui ouviu? _diz o policial, alertando aos outros que começam a vasculhar geral.

E nesse momento, Júnior se esconde dentro de um sótão próximo à casa dos amigos e tenta não fazer nenhum barulho. Seu objetivo é dar um tempo ali até que a polícia saia do local e dar um jeito de se organizar para então voltar e traçar seu plano de acabar com Victoria.
E a jovem não está preocupada. Sua meta é trazer Danilo de volta para os seus braços e tirar Jéssica do caminho. E ela já está ciente de que a garota carioca vai vir pra São Paulo e morar com o seu ex. Ela telefona pra Victor Hugo.
_Você precisa dar um jeito de interromper essa viagem da Jéssica pra cá. _avisa Victoria.
_Que jeito vou dar? A viagem vai ser paga pelos pais dela.
_Esse relacionamento está cada vez mais forte. Não podemos deixar que os dois se encontrem de novo.
_Só se eu... _ia dizer Victor mas ele se cala de repente.
_Diga! Qual é o seu plano?
_Eu tenho um plano sim mas logo você saberá ok!
_Só espero que não seja nada prejudicial. Não quero que cometa crime algum e nem comprometa meu nome.
_Relaxa! Está tudo sobre controle. _diz Victor Hugo.

Eleonora se surpreende com a história que Edmílson conta do trabalho.
_Liga não amor pra isso! Eu amo você viu!
_Eu não gosto que falem mal de você.
_Mas a vida é assim mesmo Edmílson. Tem gente que não suporta ver a nossa relação.
_Eu queria sumir dessa cidade e te levar pra bem longe.
_Eu já disse amor. Aqui eu tenho o meu trabalho e minhas amizades. Eu não vou sair daqui por causa de quem não gosta de mim não.
_Eleonora, eu faço tudo por você! Você sabe.
_Eu sei meu bebezinho. Nosso amor é muito forte e ninguém vai conseguir deter isso ok!
Edmílson abraça Eleonora fortemente.
_Bom, amor! Agora preciso ir trabalhar. Tenho que fazer unha de uma vizinha aqui do lado. Promete que vai ficar bem?
_Sim amor. Vai lá meu benzinho.
_Eu amo você ta! Até mais tarde! _e ela sai porta afora deixando-o sozinho na sala.

A campainha toca e quem atende é João Paulo que se surpreende com a visita de Eleonora.
_Você por aqui?
_Eu vim te ver. Posso entrar?
_Claro. Você é sempre bem-vinda em minha casa.
_Que bom! Não via a hora de estar aqui com você sabia?


_Você é louca! Bandida! _diz João a puxando pra dentro e pegando em seus cabelos, mordendo seus lábios fortemente.
_E você é meu gato, meu tudo!
E os dois acabam caindo na cama juntos, se pegando num prazer total.



Enquanto isso, Edmílson tenta descansar e de repente, tem um pesadelo. Ele sonha com Eleonora beijando outro homem na frente dele e falando palavras tentadoras.
_Você é um tonto. Ele é melhor do que você. _ela dizia pra ele no sonho e beijava outro homem em sua frente. _O beijo dele é melhor que o seu. O corpo dele é melhor que o seu...
_Chega! Se afaste dela porque ela é minha. _ele fica cheio de ciúmes e incontrolável.
E os dois se distanciavam dele como se estivesse flutuando rapidamente e ele ficava lento e quanto mais corria em direção á ela, seus passos ficavam devagar.
_Eleonora volta! Fica comigo!
_Babaca! Idiota! Eu jamais vou ficar com você Edmílson. Filhinho da mamãe.
_Nãoooo!! Volta!! _e ele implorava por ela.
De repente, ele acorda gritando assustando e a campainha toca.
_Meu Deus o que é isso?
E a voz da mãe aflita na porta.
_Edmílson meu filhinho, abra essa porta! O que aconteceu Jesus?
E ele se levanta do sofá e vai em direção a porta assustado.
Ele abre e sua mãe o abraça forte.
_Cadê a sem vergonha que te maltratou? _e ela já fica preocupada e irritada com Eleonora.
_Não mãe. Estou sozinho em casa. Ela saiu. O que faz aqui?
_Eu vim te ver oras. Não me procura mais. Até parece que nem tem mãe. Diga porque gritou? Eu estou com meu coração aflito achando que algo de ruim lhe aconteceu.
_Eu tive um pesadelo. Só isso.
_Nem me fale em pesadelo. Eu estou tendo vários.
_Eu tô cansado mãe.
_Fica assim não filhinho. Tudo vai dar certo. Você voltou do trabalho cedo. O que houve?
_Eu me meti numa confusão com um funcionário lá e o chefe me mandou vir pra casa.
_Se controla meu filhinho. Não vá perder a cabeça com bobagem.
_Não é bobagem mãe. Falou mal da minha Eleonora, a porrada come.
_Nossa! Tanto amor por essa mulher. Mas não vim pra discutir não. Eu só vim pra saber como você está mesmo.
_Obrigado por vim me visitar mas eu estou bem. Não se preocupa não! _diz Edmílson beijando seu rosto e a abraçando.
_Edmílson, você é meu filhinho sem juízo!

Neste ínterim, Victoria encontra fotos de Jéssica no Facebook e a reconhece na hora. Ela liga para Victor Hugo e pergunta se ele pode mandar algumas fotos dele.
_Uma montagem pode me ser útil. _diz ela, com um sorriso maroto nos lábios.


Maxi sai com Andrielle e os dois conversam numa lanchonete. De repente, ele pega em sua mão e ela percebe. O conselho de Gláucia vem em sua mente.
“Maxi está gostando de você de verdade. Dá uma chance pra ele. Sei que você também quer isso. Não jogue a sorte fora por conta do João. Você merece ser feliz.”
E no momento que ele vê que pegara em sua mão, ele larga e ela percebendo o gesto, resolve segurá-lo novamente.
O rapaz então sorri por dentro ao ver aquela atitude.
_Bom, está na hora de eu voltar ao trabalho.
_Eu também. Posso te ligar mais tarde? _pergunta ela pra surpresa dele.
_Claro. Pode sim. _responde Maxi.
_Ok! Te ligo ás oito da noite ta! _diz ela, já marcando o horário.
_Tudo bem. Eu vou esperar. _diz ele feliz.
E no momento que iam se despedir, Maxi resolve dar um beijo no rosto dela mas ela dá um selinho antes nos lábios dele e isso o deixa todo bobo. Os dois se afastam.
_O que está acontecendo com ela? _ele se intriga em pensamento.


←  Anterior Proxima  → Inicio
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Meu Canal no Youtube

Novidade!!

Blogs Brasil

Google+ Badge

Ajude o site e ganhe um brinde exclusivo!

Quem será o próximo (a) Leitor (a) da Semana hein?

Quem será o próximo (a) Leitor (a) da Semana hein?

Siga-nos por E-Mail

As Top 5+!

Frase do Dia

Seguidores