...
Feed
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
® Talentosos Escritores 2011/2015 - Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.

Ads 468x60px

Postagem em destaque

O sorriso que muda tudo - Texto Especial

Engraçado quando você gosta de uma pessoa e ela não te dá nenhuma chance. Não corresponde seus olhares, alega que a distância é um fardo eno...

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Google+ Followers

Featured Posts

Social Icons

Arquivo do blog

Música e Poesia - Uma Página feita pra Você

Música e Poesia - Uma Página feita pra Você
Clique e conheça! Por Adriana Vieira

Arquivados

Tenha Talentosos Escritores no seu E-Mail

Compartilhe suas ideias!

Compartilhe suas ideias!

Em breve!

Marcadores

Traduza!

@Leoangellus

Anuncio!!

Leitor (a) da Semana

Leitor (a) da Semana
Quem será o próximo (a)?
"O site Talentosos Escritores" estará passando por mudanças em breve. Portanto, a ausência de postagens de conteúdos importantíssimos como as novelas por exemplos. Mas isso é algo que estamos organizando, tempo ao tempo. Eu, como administrador, estou contando com uma equipe boa pra poder fazer o site cada vez melhor. A gente está se reunindo pra obter novidades em alta pra você, que nos acompanha há muito tempo. Peço desculpas pela demora dos conteúdos e a gentileza de aguardarem pacientemente. O Talentosos Escritores vai mudar, mas tenho certeza de que será pra melhor ok! Um grande abraço a todos." - Leandro Angellus

Oferta Amazon!

quinta-feira, 24 de julho de 2014

Carmem - 7º Capítulo

7º Capítulo

samba.jpg



Vem mudar à nossa vida
Que ficou mal resolvida
Pelo nosso amor já deu pra saber
Que não dá mais pra viver distante
Dá pra gente outra chance
Já chorei bastante pensando em você

( “Cadê Você”- Sorriso maroto )

Dai em diante, os parsistas da roda  de samba já não dançavam mais e todos fizeram uma roda e formavam um burburinho em volta de carmem que com as mãos na cintura, sua sacola posta de lado junto ás amigas se entregava ao ritmo da musica que embalava seu coração e seu corpo num balanço frenético que tirava admiração e suspiros de todos. Todos batiam palmas ao ritmo da musica olhando admirados para aquela pequena de cabelos desgrenhados e com seu pescoço nú suando ao ritmo do samba em que estava embalada, mas o que mais embalava o coração de carmem era a letra da música que entranhava fundo em seu coração e em sua mente juntamente com a lembrança daquele policial que ela conhecera horas atrás no trem e que a salvara daquela situação difícil.

Eu sei que o teu desejo ainda me chama
Num sonho tão bonito de amar na nossa cama
Pra que fugir do amor não faz sentido
Cadê você?
Tô sem ninguém


Ela não era de se prender a ninguém e não estava acostumada a se deixar levar pro capricho de homem algum, e portanto que era livre e gostava de fazer o que bem entendia da sua vida. Mas o que aquele homem  que ela conhecera mesmo em poucas horas tinha e que fazia ela pensar nele desde o momento em que ela o viu ? Seu coração não se abalara tanto pelo que acontecera com ela e pelo risco que ela passou com aquele tarado encoxador do trem da Central e que deixara todos preocupados com ela. Mas a lembrança daquele cara a abalara e ela estava com medo dos caprichos.. não de um homem, mas de seu coração. E se ficasse pensando nele e por acaso não o visse mais ? E era bem provável que ela não o visse mais, pois o cabo José estava apenas cumprindo o seu dever como policial, e imagina se ele iria querer alguma coisa com ela uma desconhecida. Ele tinha lá a vida dele, sabe-se lá da onde e era improvável que ele entrasse em contato com ela novamente.
Carmem aceitou mais um copo de cerveja que chegou em suas mãos e se deixou envolver pelo delírio daqueles que batiam palmas para ela no enrêdo do pagode que os instrumentos tocavam e que parecia levar seu corpo no gingado frenético e sensual do corpo dela, provocando não só aplausos, mas também admiração e também inveja por parte de algumas, pois Carmem era uma dos postos das mais “gostosas e sensuais “ da Vila Brasilândia. O que ela poderia fazer para afogar aquelas lembranças era bebericar aquela bebida e se deixar ser aplaudida pelos que estavam a rodeando dançando aquele pagode.
Não vê que é preciso voltar nossa paz?
Cadê você?
Não me canso de esperar
Mas vê se não vai demorar”

apaixonada.jpg

Quando José chegou em casa no subúrbio não muito distante onde Carmem morava do outro lado da cidade na favela Vila Brasilândia, sua mãe, dona Amélia já estava no portão esperando ele preocupada.
- Nossa você demorou meu filho !
- Bença, mãe ! - José foi chegando no protão e segurando as mãos de sua mãe que foi logo o abraçando e o beijando e tomando a sua mochila. Era costumeiro  isso, mas nesse dia:
- Já tava muito preocupada. Deus te abençoe ! Tava demorando a chegar e achei que aconteceu alguma coisa. Micaela já ligou pro fixo umas três vezes. Disse que ligou umas três vezes depois que você saiu do batalhão- ia andando atrás dele segurando sua mochila indo para dentro de casa simples e humilde- mas aí a ligação caiu sei lá… e ela tá aflita lá na excursão dela lá em israel com o pessoal da Igreja doida prá falar com você.
- Eu acabei esquecendo de ligar prá ela de nôvo, mãe ! Teve uma ocorrência no trem e eu tive que intervir !
O pai dele que estava no sofá prestando atenção na televisão voltou a atenção para o filho que veio até ele e deu um beijo na cabeça grisalha dele.
- Mas logo no trem meu filho ? que houve ?
José se jogou no sofá cansado e mesmo de tênis cruzou as pernas na mesinha de centro da sala. Dona Amélia após deixar a bolsa dele de lado ainda escutando ele falar foi tirando o tênis dele.
- Um sujeito estava assediando uma passageira - José ia falando-  e aí foi o maior tulmuto. Conseguí com a ajuda de alguns passageiros numa estação alcançar o meliante e o abordei. Aí acionei reforço, pasei o radio ´pra uns parceiros e tudo resolvido
- Bem que tava sentindo que alguma coisa tava acontecendo e vc tava demorando ! - disse dona Amélia !   
- Que perigo hein filhão !  e veio no mesmo trem depois da ocorrência ?
- Não pai, nem podia né. A viatura me deu carona até á um ponto de ônibus mais próximo !
Dona Amélia foi levando o tênis do filho para fóra e disse:
- Já vou botar a mesa pro jantar. vai tomar banho agora ?
- Sim já vou mãe - José falava com o telefone ao ouvido tentando ligar para sua noiva em Israel que estava numa excursão religiosa d igreja e que não tava conseguindo falar com ele.
- Não atende. - Fez mais uma tentativa pra falar com  Micael mas não tva conseguindo. resolveu ir pra o seu quarto e ligar o computador pra entrar na internet para ver os recados dela.
Ligou á maquina e esperou carregar os aplicativos e ai conectou o facebook…

*


Carmem, sob aplausos da galera foi sindo d roda de samba com suas migas e foram andando agora finalmente par a loja de Bebeto e cacau onde aos poucos a loja foi se enchendo de novo já que ela estava na área. Acharam um lugar numa “maquina” e d cadeira ela gritou pro balcão;
- Bebeeeeto! “bota” hora ai pra mim no meu “link” ?
O perfume misturado ao cheirinho da cerveja que exalava dela quando entrou n loja acompanhada de suas amigas irritou Cacau (Cláudia), a mulher de Bebeto e parecia um sanhaço dos rapazes quando Carmem entrou o estabelecimento com sus amigas.
- Minha vontade é expulsar essa piranha daqui ! - pensava Cacau cheia de ciume olhando pra ela de rabo de olho na mesa do servidor ao lado do marido.
As amigas estavam ao lado de carmem de pé olhando par a tela do computador na mesa em que ela estava sentada e logo abriu a página azulada do facebook e Carmem olhava para os contatos dela e os comentários das publicações dela.

José Carlos assim que abriu o facebook viu inbox as palavras escritas de Micaela e seus olhos brilharam lendo as palavras dela:
“meu amor,
Tá sendo maravilhoso aqui, a menos com sua falta aqui do meu lado.
É emocionante estar aqui nessa terra que já foi chamada de terra prometida,
como é Promessa de Deus o nosso futuro e o nosso amor”

José queria corresponder algumas palavras com Micael pra retribuir aquelas palavras de carinho, mas ela estava off-line.

Derrepente ouviu sua mãe chamar lá de dentro:
- Joseeeé !  Suas roupas e a talha tá no banheiro ! Vá logo pro banho que eu já vou botar o teu jantar. Conseguiu falar com Micaela ai na Internet meu filho ?
José olhou de lado para responder a sua mãe que estava  no outro cômodo:
- Não mãe, ainda não! Ela deve tá com o grupo !
Quando ele ía levando a mão novamente ao teclado para teclar algo para ela, não pôde deixar de olhar para o seu braço escrito, onde carmem furtivamente tomara para escrever o endereço de seu Facebook para ele não esquecer.
O cheiro daquela morena e o odor de seus cabelos desgrenhados que deixara em seu braço pareci despertar a lembrança dela novamente. Ele sabia que ia entrar no banheiro daqui alguns momentos e quando ensaboasse o corpo iría sair as marcas de tinta da caneta com o endereço escrito da moça. Que faria ? Faria sentido ele guardar o endereço dela e transferir para um papel para não esquecer ?

Carmem parecia ansiosa ao lado de suas amigas sentada naquela mesa do computador e por um m omento sentiu vontade de se levantar dalí e ir embora pra outro lugar pois as páginas do Facee e as novidades do dia a dia de sua Página parecia fazer perder sentido diante do que ela vivera naquele dia. Na verdade ela estava pensando em José.
“José Carlos”. Sim era o nome dele que ela não podia esquecer. O cabo José.
Um cara que se aproximou dela com delicadeza e educação que ela não estava acostumada e que a tratara de um modo diferente que ninguém a tratara.
     - Vocês tinham que ver o carro que praticamente me salvou galera ! - falava ela prás meninas. - Ele é lindo ! foi maravilhoso comigo !
- Mas e aí? Não pegou o telefone dele? Nada ?
- Não rolou clima prá trocarmos telefone assim no meio daquela confusão. Mas eu…
...derrepente entrou um pedido de adicionamento pra Carmem, e ela curiosa clicou no ícone pra ver quem é. Quem sabe se seria alguém interessante e que poderia fazê-la esquecer do tal policial desconhecido ?

O perfume daquela moça derrepente parecia inebriar aquele ambiente do quarto de  José ao ele olhar pra seu braço escrito com as letras dela e logo num gesto incomum dele, levou seu próprio rosto ao braço escrito e cheirou aquele perfume deixado por Carmem mais uma vez.
Não resistiu e escreveu o endereço dela na página de busca do Site. E logo apareceu a foto dela o que deixou quase que enlouquecido pois seu coração parecia perder o controle, pçois começou a bater mais forte. Sim, er ela ! E adicionou.

Do outro lado, Carmem se surpreendeu com o pedido de adicionamento e seu coração pareceu também disparar e logo “o aceitou” em seu grupo de amigos(?)
fac.jpg

*
                                                                         
* *

*
←  Anterior Proxima  → Inicio
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Meu Canal no Youtube

Novidade!!

Blogs Brasil

Google+ Badge

Ajude o site e ganhe um brinde exclusivo!

Quem será o próximo (a) Leitor (a) da Semana hein?

Quem será o próximo (a) Leitor (a) da Semana hein?

Siga-nos por E-Mail

As Top 5+!

Frase do Dia

Seguidores