...
Feed
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
® Talentosos Escritores 2011/2015 - Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.

Ads 468x60px

Postagem em destaque

O sorriso que muda tudo - Texto Especial

Engraçado quando você gosta de uma pessoa e ela não te dá nenhuma chance. Não corresponde seus olhares, alega que a distância é um fardo eno...

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Google+ Followers

Featured Posts

Social Icons

Arquivo do blog

Música e Poesia - Uma Página feita pra Você

Música e Poesia - Uma Página feita pra Você
Clique e conheça! Por Adriana Vieira

Arquivados

Tenha Talentosos Escritores no seu E-Mail

Compartilhe suas ideias!

Compartilhe suas ideias!

Em breve!

Marcadores

Traduza!

@Leoangellus

Anuncio!!

Leitor (a) da Semana

Leitor (a) da Semana
Quem será o próximo (a)?
"O site Talentosos Escritores" estará passando por mudanças em breve. Portanto, a ausência de postagens de conteúdos importantíssimos como as novelas por exemplos. Mas isso é algo que estamos organizando, tempo ao tempo. Eu, como administrador, estou contando com uma equipe boa pra poder fazer o site cada vez melhor. A gente está se reunindo pra obter novidades em alta pra você, que nos acompanha há muito tempo. Peço desculpas pela demora dos conteúdos e a gentileza de aguardarem pacientemente. O Talentosos Escritores vai mudar, mas tenho certeza de que será pra melhor ok! Um grande abraço a todos." - Leandro Angellus

Oferta Amazon!

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Segundo Capítulo de Unidos pelo Destino

Guilherme arruma seu canteiro de plantas medicinais quando D. Iracy chega em seu portão e o chama pelo nome.
_D. Iracy, que prazer vê-la aqui!
_eu vim lhe perguntar por Esmeralda. Ela não se encontra em casa e eu acredito que esteja aqui.
_Ela não está aqui. _responde o homem.
_Não? Oh céus! Onde será que está minha filha? _diz ela preocupada.
_Acalme-se! Eu vou ajudar a senhora a procura-la. Ela pode não estar longe daqui.
_Tenho medo que ela esteja correndo perigo por essas matas adentro.
_Não pense desse jeito. Esmeralda tem uma virtude incrível.
_Porque falas assim dela? Ela é apenas uma criança.
_Bobagem minha. Deixa pra lá. Mas o importante é encontrá-la.
_sim. _consente D. Iracy.

E Esmeralda não se encontra longe. A menina está debruçada sobre as águas da cachoeira molhando suas mãos e respirando aquele ar puro da floresta. De longe, alguém a observava.
De repente, ela resolve tocar na água novamente e eis que surge uma imagem em formato de estrela que reluz como ouro.
A menina se assusta um pouco e se afasta da água por alguns segundos, tentando entender a razão daquela visão que teve.
A mesma velha surge do nada atrás dela e a chama pelo nome.
Ela se vira e a encontra.
_Sabia que estava aqui. Muitos lhe procuram.
_Quem é a senhora e porque voltou?
_Eu sou alguém que pode lhe ajudar muito.
_alguém que quer me ajudar? Em quê?
_Esmeralda, você nasceu com dons especiais.
_dons? Que tipo de dons?


A conversa é interrompida com barulho de cavalos e vozes por todos os lados.
Esmeralda se distrai e encontra em sua frente um capanga de seu pai que ao avistá-la, avisa á todos.
_Pobre menina o que faz aqui? Seus pais estão aflitos com você.
_Desculpa mas eu precisava vir aqui.
_Deixa de conversa e vamos embora agora.
_vou me despedir da senhora aqui. _e ela se vira para encontrá-la e não a vê ali. _Mas...
_Vamos Esmeralda! _e ele a pega pelo braço e a coloca no cavalo, fazendo-a segurar por entre seus braços.
A menina olha pra trás e não entende porque a senhora disse aquilo.

_Eu já estou cansada de ver nossa filha nessa cachoeira. _diz D. Iracy indignada. _ela vai pra lá sozinha e nos deixa preocupados.
_ela disse que conversava com uma senhora. Procuramos por essa mulher e nem sinal dela na floresta. _disse o capanga que a trouxe.
_senhora? Bom, precisamos conversar com a Esmeralda em particular pra entender bem o que está acontecendo. _diz Alexandre.
_Se me permitem. _interrompe Guilherme ao ouvir toda a conversa. _eu posso conversar com ela.
_você Guilherme? _pergunta Alexandre surpreso.
_eu conheço bem a floresta. Aliás é de lá que eu pego minhas ervas medicinais.
_sim claro. Mas como você pode ajudar a nossa filha?
_Pelo que eu entendi Sr. Alexandre, sua filha conversa com uma senhora. Ao meu entender, pode se tratar de uma camponesa que mora ali perto.
_você tem contato com essa mulher? _pergunta D. Iracy.
_Pouco. Ás vezes eu a encontro por acaso. _mente Guilherme.
_bom, eu deixo em suas mãos então.
_Obrigado! Assim que eu souber de algo, eu vou informar á vocês. _diz ele, sob o olhar do capanga que desconfia da história.

Em seu quarto, Esmeralda se olha no espelho e Dulce diz:
_a princesa tem uma visita que lhe espera.
_o meu príncipe! _diz ela feliz.
_você não acha que é muito nova pra pensar nisso não?
A menina sorri.
_venha minha criança!
Esmeralda obedece e vai de encontro á ela que a leva até Guilherme, que fica feliz ao vê-la.
_Esmeralda minha pequena! Tudo bem?
_Tudo sim Sr. Guilherme.
_Não me chame de Senhor. Fico parecendo velho. _diz ele sorrindo.
_Desculpa!
_eu vou deixa-lo á sós. _diz Dulce, interrompendo e saindo.
_Obrigado Dulce. Então menina me conte o que anda aprontando?
_Hum. Eu não apronto nada.
_Não foi bem assim que me disseram. Falaram de cachoeira, senhora desconhecida. Gostaria de saber tudo a respeito.
_Por quê?
_Por que pode ser importante saber. _diz Guilherme, observando todos os cantos da casa e percebendo que não tem ninguém ouvindo.
_por que olha desse jeito? _ela percebe.
_esperta! Bom Esmeralda preciso te fazer uma pergunta: você confiaria em mim?
_eu não sei. Eu não te conheço direito.
_Ok! Sabia dessa resposta. Vamos tentar de novo. Se eu soubesse algo a respeito da cachoeira e da floresta, você confiaria em mim?
Esmeralda fica pensativa por alguns segundos e consente, afirmando com a cabeça.
_eu não posso ter esse tipo de conversa aqui em sua casa mas não me pergunte o porquê. _ele diz ao perceber que ela ia abrir a boca pra perguntar. _mas digamos que eu sei o que você viu na floresta.
_sabe? Conhece a velha? _sua pergunta não lhe surpreende apenas confirma aquilo que ele suspeitava.
_eu não consigo acreditar. Esmeralda, você é incrível!

Nesse instante, Alexandre e D. Iracy dialogam sobre Esmeralda quando o capanga se aproxima da porta.
_passei pra avisar que o Sr. Guilherme está levando Esmeralda pra sua casa.
_Não se preocupe! Ele é de confiança. _diz D. Iracy despreocupada.
O capanga olha para Dulce e volta ao trabalho.
Alexandre não diz nada.

Em sua casa, Guilherme serve um chá á menina que toma devagar.
_é bom! Tem um cheiro gostoso.
_Hortelã. _ele diz. _eu gosto.
Esmeralda observa toda a casa curiosa.
_fique à vontade. _diz ele sorrindo.
_sua casa é muito bonita. Quem é ela? _pergunta a menina ao ver a foto de uma mulher na parede.
_ela é a razão da minha vida. Minha mãe.
_bonita ela. Onde ela está agora?
_ela não faz mais parte desse mundo.
_eu sinto muito. _diz Esmeralda.
_tudo bem. Então preparada pra conversar sobre a floresta?
_sim. _diz ela se sentando ao lado dele.
_me conte tudo e não me esconda nada.
A menina decide contar como conhecera a velha e o que ela disse em claras palavras.


Feito isso, Guilherme fica ciente das previsões da velha e pede para Esmeralda pegar o cordão da próxima vez que esta lhe oferecer.
_você tem certeza que tenho que fazer isso? _ela pergunta.
_você pode precisar dele futuramente.
_por quê? _ela se intriga.
_eu não sei Esmeralda. Quando eu vejo você eu sinto uma presença muito forte. Você vai entender mais tarde quando estiver adulta.
Esmeralda realmente não entende o que Guilherme diz, mas pensa na visão que teve na água e isso ela não conta a ele.

E desde que teve essa visão na cachoeira, Esmeralda foi crescendo a cada ano que passava e a partir dos seus dezessete anos, ela reencontrou a tal velha de novo após tanto tempo e esta lhe ofereceu o mesmo cordão de antes.
Seguida pelos conselhos de Guilherme, a jovem pega o cordão da mão da mulher que sorri feliz e diz em claras palavras:
_Agora sim o destino vai mudar pra você minha querida princesa.
_mudar? Como assim? _ela se indaga ainda com o cordão na mão.
_Você pode não acreditar mas os seus sonhos serão realizados e sua força está aqui dentro. _ela pousa sua mão em seu seio.
Esmeralda fica séria diante da mulher.


←  Anterior Proxima  → Inicio
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Meu Canal no Youtube

Novidade!!

Blogs Brasil

Google+ Badge

Ajude o site e ganhe um brinde exclusivo!

Quem será o próximo (a) Leitor (a) da Semana hein?

Quem será o próximo (a) Leitor (a) da Semana hein?

Siga-nos por E-Mail

As Top 5+!

Frase do Dia

Seguidores