...
Feed
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
® Talentosos Escritores 2011/2015 - Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.

Ads 468x60px

Postagem em destaque

O sorriso que muda tudo - Texto Especial

Engraçado quando você gosta de uma pessoa e ela não te dá nenhuma chance. Não corresponde seus olhares, alega que a distância é um fardo eno...

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Google+ Followers

Featured Posts

Social Icons

Arquivo do blog

Música e Poesia - Uma Página feita pra Você

Música e Poesia - Uma Página feita pra Você
Clique e conheça! Por Adriana Vieira

Arquivados

Tenha Talentosos Escritores no seu E-Mail

Compartilhe suas ideias!

Compartilhe suas ideias!

Em breve!

Marcadores

Traduza!

@Leoangellus

Anuncio!!

Leitor (a) da Semana

Leitor (a) da Semana
Quem será o próximo (a)?
"O site Talentosos Escritores" estará passando por mudanças em breve. Portanto, a ausência de postagens de conteúdos importantíssimos como as novelas por exemplos. Mas isso é algo que estamos organizando, tempo ao tempo. Eu, como administrador, estou contando com uma equipe boa pra poder fazer o site cada vez melhor. A gente está se reunindo pra obter novidades em alta pra você, que nos acompanha há muito tempo. Peço desculpas pela demora dos conteúdos e a gentileza de aguardarem pacientemente. O Talentosos Escritores vai mudar, mas tenho certeza de que será pra melhor ok! Um grande abraço a todos." - Leandro Angellus

Oferta Amazon!

sábado, 15 de novembro de 2014

Último Capítulo de Distante Amor


As pessoas aplaudiram a atuação de Edmílson e a tal fotógrafa presencia toda a confusão.
_Esse é um dos meus. _diz ela, tirando a câmera fotográfica da bolsa e disposta a fotografá-lo ali.
Eleonora engole a seco cada palavra dita por Edmílson e pra fazer valer o que disse em relação aos bens, ela se propõe a assinar o documento. O advogado pega o papel de suas mãos e encaminha ao juiz que carimba na mesma hora.
_Pronto Edmílson! Você venceu! _diz Eleonora se afastando e saindo da repartição pública com vaias por todos os lados.
Gláucia abraça Edmílson feliz da vida e os dois acabam entrando num clima mais íntimo.
_Nossa! Desculpa! _diz ela, se aproximando muito do seu rosto.
_Eu é que peço desculpas. _diz ele. _Acho que nos empolgamos muito né?
Ela sorri e decide se afastar.
_Mas eu gostei. _ele revela pra surpresa dela.
_As coisas aconteceram tão rápido né?
_Eu gosto quando elas vão acontecendo assim. _diz ele, se aproximando dela e a beijando em seus lábios.
Aplausos se estendem por todos os lados e a fotógrafa fica chocada.
_Mas que sensacional isso! Amei! _diz ela, dando seus cliques.


Victoria decide falar com Danilo e Adalberto se retira.
_Desculpa por tudo!
_você tentou me afastar da Jéssica e se aliou ao victor.
_eu só queria que você ficasse comigo e largasse ela.
_mas o meu destino está ligado á Jéssica, Victoria. Você e Victor não conseguiram o que queriam.
_sim. Eu percebi isso. E vai ser até melhor assim Danilo. Pelo menos eu enxerguei que não se pode lutar contra aquilo que vem de dentro do nosso íntimo. Se a sua missão era ficar com a Jéssica, o que eu poderia fazer né? Eu poderia tentar de várias formas te ganhar, mas jamais iria conquistar seu coração. Ficar com você e não ser amada do jeito que eu tanto desejo ser não é bom. Eu ia sofrer muito estando do seu lado e você pensando na Jéssica o tempo todo. Realmente, você não seria pra mim!



Danilo fica sério naquele instante e a abraça carinhosamente.
_Será que depois de tudo que fiz ainda mereço ter a sua amizade?
_Sim Victoria. Você sempre terá. _diz ele dando um selinho em sua testa.
_Obrigada Danilo. _diz Victoria, sorrindo feliz. _eu queria visitar Jéssica. Posso?
_Victoria eu não sei se é uma boa ideia.
_Mas eu preciso falar com ela. Por favor! _ela pede.
Danilo vai ao quarto e pede pra ela acompanha-lo. Jéssica ao ver os dois fica séria.
_O que ela está fazendo aqui?
_Victoria quer conversar com você. _diz Danilo.
_Por favor Jéssica!

Enquanto isso Gracindo aguarda Bárbara na sala e Katiele resolve falar com a mãe antes dela encontra-lo.
_Mãe, eu sei que a senhora está decepcionada com o papai mas tenta ouvir o que ele tem a dizer. Vocês precisam conversar e tem que ser uma conversa séria sem brigas e confusões.
_Eu vou tentar minha filha.
_Por favor faz isso por mim viu. _diz Katiele implorando.
_Ok farei prometo! _diz Bárbara deixando a filha no quarto e indo pra sala, onde encontra com Gracindo que fica sério.
_Eu esperava por você.
_O que lhe traz aqui?
_Acho que precisamos conversar né? Esclarecer tudo.
_Eu achei que a gente já tinha resolvido nossas desavenças.
_Não foi resolvido. Você sabe disso. Bárbara o que eu fiz no passado, ficou no passado. Eu menti, vacilei e sei que pedir perdão agora não lhe adiantaria porque reconheço que você nunca vai me perdoar.



_foi tudo tão recente Gracindo. Eu fiquei muito mal ao descobrir que você se envolveu com a maior periguete do bairro. Por quê justo você, um homem sério, íntegro?
_Ninguém é perfeito Bárbara. Todo mundo comete erros e eu não sou diferente de qualquer homem. Eu errei e só queria que soubesse que se eu tivesse a chance de voltar á aquela época, jamais lhe trairia. _diz Gracindo, enxugando as lágrimas.
_a confiança é como uma taça de vidro que ao se quebrar e virar cacos por todos os lados, jamais existirá um jeito de consertar. Eu posso até pegar os cacos e tentar recompor a taça novamente mas ela não será a mesma de antes. Gracindo, eu ainda gosto de você mas o meu sentimento de amor acabou! _diz Bárbara emocionada. _desculpa!
_eu entendo Bárbara. Eu só quero que você e nossos filhos fiquem bem e se precisar de algo, eu estou aqui.
_eu sei que está e desde já agradeço.
Gracindo se levanta do sofá e sai, fechando a porta.
Bárbara abaixa a cabeça e chora. Katiele vem do quarto e a abraça fortemente.

João e Eleonora se encontram e reatam. Ele decide morar na casa dela e traz suas coisas. Já Gláucia e Edmílson decidem ficar juntos e os dois fazem novos planos para o futuro.
_por que eu nunca enxerguei você hein? Tive que passar por esse pesadelo a minha vida inteira. _diz Edmílson em seus braços.
_você sempre foi cego de paixão Edmílson. Mas mesmo sabendo disso, eu ainda tinha esperanças.
_você sempre me esperou Gláucia?
_sim. Eu nunca desisti de você Edmílson.




_que bom que nunca desistiu. Vamos nos dar uma chance agora de ser feliz. _diz ele, a beijando seus lábios.
_é tudo o que eu mais quero. É ser feliz com você! _diz ela sorrindo feliz.

Nesse ínterim, Victoria conversa com Jéssica e as duas apertam as mãos. A jovem pede desculpas por tudo o que causou e diz em tom claro que Danilo merece ser feliz e que a felicidade dele está bem ali naquele hospital. Após sair da clínica, Victoria pensa em ir embora para o exterior, passar alguns meses fora do Brasil a fim de refletir e curtir mais a vida. Seus pais e amigos apoiam essa decisão.
E Júnior? O que será que aconteceu com ele? Vocês vão descobrir agora!
E ele assiste ao noticiário da televisão que falava sobre a prisão de um rapaz, acusado de assassinato chamado Victor e do dilema que passou o casal que estava sendo ameaçado por ele.
_Então eles se deram bem né? _comenta ele, bebendo cerveja e beliscando um aperitivo. _Será que Victoria está gostando disso? Hummm. Acho que vou ligar pra ela.
E ele disca o telefone dela mas a chamada diz que o número não existe.
_desgraçada! Trocou o número! Ah mas eu vou na casa dela. Ela não perde por esperar. _diz ele bravo.

Danilo fica um pouco com Jéssica quando Ingrid bate na porta.
_pode entrar! _diz o rapaz gentil.
Ingrid entra e se emociona ao ver a filha de novo.
_minha princesa!
_mãe! _diz Jéssica, com lágrimas nos olhos.
_saudades de você minha filha!
E as duas se abraçam emocionadas.
_eu vou deixar vocês duas à sós. _diz Danilo.
_espera! _pede Ingrid cautelosa. _posso lhe dar um abraço?
_claro! _diz o rapaz surpreso e fazendo Jéssica sorrir de emoção.
_eu só queria te agradecer por estar com ela.
_eu amo Jéssica de verdade e jamais a abandonaria.
_eu acredito em você meu jovem. _e ela vira-se á filha e diz. _vocês dois nasceram um pro outro.
Amaury neste instante entra no quarto e concorda. Jéssica lhe pede um abraço e ele o faz.

Júnior chega de moto na casa de Victoria e estranha em não ver ninguém por lá. Ele sobe o telhado e entra pela janela do quarto dela e a procura.
_Victoria sei que está aí em algum lugar. Apareça! _ele fala em um tom um pouco mais alto.
Ninguém responde.
_Desgraçada! Ela não está em casa. Preciso encontrá-la.
De repente, as janelas se trancam e as portas também. Um sinal sonoro é disparado automaticamente e a vizinhança toda ouve do bairro.
_O que será que está acontecendo? Alguém pode parar esse barulho infernal! _pede ele gritando com as mãos nos ouvidos.
A polícia invade o local e pega ele em flagrante.
_eu sou inocente! _diz Júnior estendendo os braços pra cima.
_inocente não anda por aí armado. Tá achando que somos idiotas? _diz o policial o revistando e achando a arma. _Considera-se preso moleque!
_nãoooooo! Eu não quero voltar pra penitenciáriaaaa. Victoriaaaaaaaa! _grita Júnior desesperado.

E ela se encontra no aeroporto andando sozinha com suas bagagens até a cabine de atendimento.
_passagem para Flórida. _diz ela a recepcionista.
_tenha uma boa viagem senhorita!
_com certeza vou ter. _diz a jovem, virando-se de costas e acenando pros pais e amigos.
_Adeus Júnior! Adeus Danilo! _diz ela, disposta a entrar no avião.
_eu vou sentir saudades dessa patricinha. _diz Gabriel ao longe vendo ela entrar. _alokaaaaaaa!



Meses depois...
A médica consulta Jéssica e diz que o vírus que está em seu organismo não lhe prejudica e que ela pode ter uma vida normal, fazer exercícios, ter uma boa alimentação etc... mas é preciso tomar cuidado ao ter relações sexuais usando sempre preservativos ou medicamentos após o ato para que o parceiro não seja infectado. Danilo ouve todas as orientações médicas acompanhado da namorada e a abraça firme.
_eu vou cuidar de você Jéssica com todo o meu coração!
Jéssica sorri feliz e a médica completa:
_O amor cura tudo meus jovens. Que vocês sejam eternamente felizes e que Deus ilumine os seus passos.

João se arruma pra ir trabalhar e despede de Eleonora com um beijo nos lábios.
_Ah amor vou ficar com saudades!
_eu também tesão! Mas eu preciso ir. Beijo delícia! _e ele pega a sua mochila e fecha a porta.
_Não esquece do meu leite hein. Adoro leite!
E ela se espreguiça na cama.
Horas depois, ela desperta e vai até a cozinha.
_Eu não acredito que acabou o gás de novo.
E ela decide ligar.
_Oi tudo bem? Será que vocês podem mandar um botijão de gás pra minha casa. Estou precisando muito. Ok! Eu aguardo.
E ela desliga.
Horas depois....
_Oi! Foi aqui que pediram um botijão de gás? _pergunta o homem alto, charmoso e forte.
_Bem... eu pedi o gás sim mas não pensei que ia encontrar um entregador tão assim elegante, bonito. _e ela se aproxima, dando em cima dele.
_A senhora que é bonita isso sim.
_Não me chama de senhora. Me chama de você! Prazer, meu nome é Eleonora. _diz ela, o cumprimentando.
_Reginaldo. Ao seu dispor. _e ele beija sua mão educadamente.
Eleonora pisca o olho e diz:
_Esse é meu!



Nesse ínterim, Bárbara faz um acordo com Gracindo e ele volta a trabalhar na padaria. Katiele fica feliz com o namoro de Gláucia e Edmílson. Bárbara é a primeira a abrir o champanhe.
A felicidade se completa quando os dois decidem marcar a data do casamento.
_Agora meu filho escolheu a mulher certa! _diz Bárbara feliz da vida.
Edmílson e Gláucia sorriem.
Elisângela chega e parabeniza os futuros noivos.
_posso saber o que a prima da periguete faz aqui? _pergunta Bárbara.
_Bem, confesso que não gosto muito de estar perto de você porque você é muito implicante.
_implicante eu? Ah minha filha nem sou.
_É sim. _diz Elisângela firme.
Bárbara fica de cara virada e Edmílson diz á Gláucia:
_Começou a confusão. Vamos sair daqui!
_Vamos. _diz Gláucia sorrindo e levando a taça de vinho.
_Bárbara, é brincadeira! _diz Elisângela sorrindo.
_Brincadeira?
_Eu só estou provocando. Na verdade vim lhe fazer um convite.
_Convite é? O que se trata?
_Eu estou pensando em viajar para o Rio de Janeiro. Vai ter uma excursão pra visitar o Cristo Redentor.
_Ah não me diga! Por favor me leva!
_Eu te levar? Não sei se é uma boa ideia. Nós dois juntas no Rio vai pegar fogo.
_Bandida! Você faz um convite desses e depois está querendo sair fora.
_Eu vou pensar no seu caso ok! _diz Elisângela séria, se retirando.
Bárbara vai atrás dela.
_Eu dou minha cara a tapa que você não vai pensar. Prima da periguete volta aqui! Vamos conversar direito! Eu quero visitar o Cristo.

Edmílson e Gláucia se beijam na rua quando são surpreendidos por Maxi e Andrielle, que trazem um bebê com eles.
Gláucia fica feliz e abraça a amiga fortemente enquanto Maxi cumprimenta Edmílson.
_mas que surpresa boa vocês aparecerem aqui! _ela fica emocionada. _e ainda mais trazendo essa criança nos braços.
_A gente veio lhe visitar Gláucia. _diz Andrielle. _Eu e Maxi resolvemos trazer nossa filha pra você conhecer de perto.
Gláucia sorri e pega o bebê no colo.
_ela é linda. Como se chama?
Andrielle olha para Maxi feliz e responde:
_Gláucia Helena.

Um tempo depois, Eleonora é convidada pra fazer um filme pornô e compra briga logo no meio das gravações.
_eu não quero fazer!
_Ah mas você vai fazer sim senhora. _diz o diretor. _A gente pagou bem alto seu cachê.
_Mas eu não estou preparada pra gravar. _diz Eleonora.
_O problema é seu, minha querida. Você assinou o contrato com a gente. Agora vai ter que gravar. _diz o diretor sorrindo.



De repente, ela olha para a televisão e assiste Edmílson num evento. A repórter o entrevista.
_Estamos aqui com Edmílson Constantino, esse modelo que foi descoberto recentemente pela agência Models. Conte-nos sobre sua primeira experiência aqui no desfile de modas Fashion Week.
_foi muito bom porque tive o prazer de conhecer pessoas sensacionais que me ajudaram bastante. Eu nunca imaginei pisar aqui. É um sonho. Obrigado á todos que me incentivaram! _diz Edmílson emocionado.
_e quais são os planos agora Edmílson?



_Que venha mais desfiles por aí.
_Viu só pessoal como o Edmílson está empolgado. _diz a repórter olhando para as câmeras. _Quem tem força de vontade, segue em frente!
Eleonora fica perplexa encarando a televisão e o diretor fica bravo.
_Como é que é Eleonora? Vai deixar a gente esperando. A gravação não pode parar. Vamos!
Eleonora olha para o diretor e diz:
_Ok! Eu vou gravar. Mas exijo o meu cachê antes. Caso contrário, não faço nada. _diz ela séria.

Quando conheci Jéssica, eu percebi que havia esperança. Esperança de mudar. Esperança de ter uma nova vida.
Esperança de recomeçar. Construir algo sólido que pra mim seria mais importante do que apenas conhecer uma menina e leva-la pra cama. Com a Jéssica foi diferente. Eu fui conhecendo-a.
Eu fui me entregando aos poucos. Eu fui bem devagar.
Não apressei as coisas. Queria que tudo fosse perfeito.
Idealizei cada momento de nossas vidas no tempo certo...
Quando conheci Danilo, achei que tinha encontrado meu príncipe encantado. Só que ele não tinha cavalo e não vinha a galope me buscar. Mas sim vinha de ônibus como uma pessoa normal. Se deslocava de sua cidade para vir me encontrar como da primeira vez que nos encontramos na rodoviária e com um beijo, selamos o grande amor.
Ele foi mudando aos poucos e eu fui me entregando com o passar do tempo. A gente realmente passou por desafios inesperados mas cada um confiou no sentimento que havia um com o outro. Acho que isso provou que o amor apesar da distância, existe ainda que haja muitos conflitos que lutam contra. Se pensarmos nas piores possibilidades que a distância causa, a gente nunca vai dar o primeiro passo. A gente nunca vai atrás daquilo que tanto amamos. Você não vai ser capaz de comprar uma passagem e largar tudo pra encontrar alguém do outro lado do estado se pensar nessas possibilidades.
Quem ama corre atrás. Quem ama, quer ter sempre a pessoa por perto por mais longe que ela esteja. Quem ama, cuida. Quem ama, perdoa. Quem ama, nunca vai lhe fazer sofrer.
E se fizer, sinto muito mas não é amor...


Jéssica e Danilo se beijam diante de tantos aplausos.
Aplausos vindo das mãos de Bárbara, Katiele, Gracindo, Andrielle, Maxi, Edmílson, Eleonora, Gláucia, Melissa, Jordan, Nathan, Fabiana, Patrícia, João, Victor, Ingrid, Danielle, Adalberto e Amaury entre outros.
_Eu te amo Jéssica! _diz Danilo feliz, acariciando seu rosto emocionado.
_Eu também meu amor! _diz Jéssica, colocando seus braços em volta do pescoço dele.
Chuva de arroz caem sobre eles e de lá de cima do céu, duas estrelas cadentes caem juntos.
Jéssica e Danilo. Um amor verdadeiro. Um Distante amor que já ficou próximo.





FIM

←  Anterior Proxima  → Inicio
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Meu Canal no Youtube

Novidade!!

Blogs Brasil

Google+ Badge

Ajude o site e ganhe um brinde exclusivo!

Quem será o próximo (a) Leitor (a) da Semana hein?

Quem será o próximo (a) Leitor (a) da Semana hein?

Siga-nos por E-Mail

As Top 5+!

Frase do Dia

Seguidores