Blogs Brasil

® Talentosos Escritores 2011/2015 - Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.
"O site Talentosos Escritores" estará passando por mudanças em breve. Portanto, a ausência de postagens de conteúdos importantíssimos como as novelas por exemplos. Mas isso é algo que estamos organizando, tempo ao tempo. Eu, como administrador, estou contando com uma equipe boa pra poder fazer o site cada vez melhor. A gente está se reunindo pra obter novidades em alta pra você, que nos acompanha há muito tempo. Peço desculpas pela demora dos conteúdos e a gentileza de aguardarem pacientemente. O Talentosos Escritores vai mudar, mas tenho certeza de que será pra melhor ok! Um grande abraço a todos." - Leandro Angellus

segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

22º Capítulo - Unidos pelo Destino

Henrique continua a sorrir diante de todos que ficam chocados com aquela notícia e Esmeralda o encara séria.
_Vamos ver quem ri por último aqui.
_Esmeralda, meu amor! Seus pais cavaram a própria cova. _diz Henrique com sarcasmo.
_você pode nos tirar tudo mas não vai tirar a nossa dignidade.
Alexandre nesse momento olha para a filha.
_O que pensa em fazer hein? _pergunta Henrique mudando de expressão.
_você vai ver do que sou capaz. Pode estar sorrindo agora mas seus dias de alegria vão acabar.
_Esmeralda, você é uma mulher linda e ainda está casada comigo.
_Casada sim mas sem nenhum pingo de sentimento entre nós.
Henrique fica irado por dentro.
_você pode tirar todos os nossos bens mas jamais vai ter o meu amor Henrique. Amor este que só dedico a uma pessoa que desta vida não faz mais parte.
Dulce fica tensa com as palavras de Esmeralda e Alexandre abraçado a Iracy apenas ouvem em silêncio.


_eu nunca consegui ter o seu amor. Isso eu admito mas eu não vou deixar você ser feliz. Jamais! Você nunca vai ser feliz com outra pessoa a não ser eu. _diz Henrique bravo. _Esteja ciente de que essa maldição que lhe rogo nunca será quebrada.
Nesse momento, lágrimas caem dos olhos de Esmeralda mas ela tenta não fraquejar em suas emoções e diz com toda autoridade que ainda lhe sobra:
_suas palavras nunca vão me atrapalhar em nada, muito menos o de ser feliz.
E nesse momento, rajadas de trovões cortam o céu e todos se assustam com o barulho. Iracy e Alexandre ficam preocupados e Henrique fica sério ao ver que Esmeralda está determinada.


Da sua casa, Guilherme sente uma sensação estranha e Harris o encara sério.
_Está tudo bem pai? _pergunta ele.
_Não filho. Não está nada bem. Acho que a guerra foi traçada.
Harris fica assustado.
Em seu quarto, Herus também sente algo de ruím prestes a acontecer e se levanta da cama depressa indo pra janela e abrindo rapidamente. Uma luz cintilante brilha na cachoeira e ele consegue ver.
_Eu não acredito nisso. Alguma coisa está pra acontecer e eu não posso ficar aqui parado.

Enquanto isso na mansão, Esmeralda e Henrique ficam frente a frente. Ele consegue enxergar uma força lhe protegendo e que a envolve de cima a baixo assim como ela consegue também ver algo protegendo ele.
_Pelo visto, o que lhe protege é forte. _ele admite, falando em tom baixo.
_Pra você ver que não está lidando com qualquer pessoa.
_decidida e perspicaz. Eu tenho que admitir que você não é qualquer mulher. Você é muito forte.
_eu sou forte o suficiente pra acabar com você.
_Nossa! _diz Henrique, batendo palmas e virando-se para os empregados. _A festinha acabou pra todos. Recolham-se para as suas funções.
Esmeralda permanece séria e imóvel e após os empregados saírem, Henrique volta á ela:
_eu não vou voltar atrás do que fiz ok! Se você quer guerra, vai ter. _e diz ele, voltando para o sofá e bebendo sua taça de uísque.


Esmeralda seca as lágrimas, cheia de raiva e caminha até os pais e passa por eles sem pronunciar uma palavra.
Alexandre e Iracy se entreolham e Henrique não dá confiança pra ambos.

Dulce segue Esmeralda pelo corredor aflita e a chama pelo nome sucessivamente. A jovem vira-se e pára antes de sair pela porta.
_Eu estou preocupada minha menina! O que está acontecendo?
_As coisas mudaram Dulce. E não mudaram pra melhor como você percebe.
_Minha menina, por favor me explica o que está havendo nessa casa! Henrique se apossando de tudo e seus pais sem fazer nada.
_Me faria um favor?
_claro! Conte comigo.
_Distraia o empregado Donizete que eu preciso encontrar Guilherme ainda hoje.
_Claro! Eu vou fazer o possível porque aquele homem tem olhos de coruja. Observa tudo.
_É muito importante que eu o encontre. _diz ela, séria fazendo Dulce consentindo.

Lauriete e Apolo se encontram na praça e os dois conversam.
_Você disse que queria falar um assunto sério comigo. Eu estou preocupada. O que houve? _pergunta ela.
_Eu queria saber se você realmente está disposta a ficar comigo.
_Nossa Apolo mas que pergunta. Você me conquistou. Por que eu não estaria?
_Sei lá Lauriete. Ás vezes, você pode não estar tão segura assim.
_O que está acontecendo afinal?
_Não está acontecendo nada amor.
_Apolo você está diferente comigo. Você quer terminar é isso?
_Não amor. Eu não quero terminar com você.


_Então o que é Apolo? Diz logo! Por que está me fazendo essa pergunta?
_eu estou inseguro Lauriete. Ainda mais depois que soube do seu ex.
Lauriete fica sério nesse instante.
_Ex? Como assim?
_Ué. Ex oras. Seu ex namorado que ás vezes ainda não foi esquecido.
_Você está de brincadeira com a minha cara né?
_Não amor. Por que diz isso?
_quem te falou do meu ex?
_Ninguém. Eu apenas soube.
_você está mentindo pra mim Apolo mas não tem problema não porque vou ser bem direta com você: eu não tenho ex nenhum na minha vida sabe porquê? Por que eu nunca namorei sério com ninguém.

Apolo fica em silêncio ao ouvir tais palavras.





Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Lançamento!

 
Copyright © 2013 Conectando Ideias - Traduzido Por: Templates Para Blogspot
Design by FBTemplates | BTT
close
#