...
Feed
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
® Talentosos Escritores 2011/2015 - Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.

Ads 468x60px

Postagem em destaque

O sorriso que muda tudo - Texto Especial

Engraçado quando você gosta de uma pessoa e ela não te dá nenhuma chance. Não corresponde seus olhares, alega que a distância é um fardo eno...

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Google+ Followers

Featured Posts

Social Icons

Arquivo do blog

Música e Poesia - Uma Página feita pra Você

Música e Poesia - Uma Página feita pra Você
Clique e conheça! Por Adriana Vieira

Arquivados

Tenha Talentosos Escritores no seu E-Mail

Compartilhe suas ideias!

Compartilhe suas ideias!

Em breve!

Marcadores

Traduza!

@Leoangellus

Anuncio!!

Leitor (a) da Semana

Leitor (a) da Semana
Quem será o próximo (a)?
"O site Talentosos Escritores" estará passando por mudanças em breve. Portanto, a ausência de postagens de conteúdos importantíssimos como as novelas por exemplos. Mas isso é algo que estamos organizando, tempo ao tempo. Eu, como administrador, estou contando com uma equipe boa pra poder fazer o site cada vez melhor. A gente está se reunindo pra obter novidades em alta pra você, que nos acompanha há muito tempo. Peço desculpas pela demora dos conteúdos e a gentileza de aguardarem pacientemente. O Talentosos Escritores vai mudar, mas tenho certeza de que será pra melhor ok! Um grande abraço a todos." - Leandro Angellus

Oferta Amazon!

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

35º Capítulo - Unidos pelo Destino

A indignação de Lauriete sobre a funcionária não é em vão.
_eu não sou oferecida ok! Eu amo o Apolo e a gente vai ficar junto. Eu não tenho culpa de que o conheci aqui. _diz ela séria.
_e ainda falam mal da Silvana que pega geral. A irmã está indo pro mesmo caminho. _diz uma das recepcionistas.
_eu não acredito que vou ficar aqui ouvindo tais asneiras. Querem saber: chega! Eu estou cansada de vocês se meterem na minha vida. Eu não passo apenas de uma empregada não ok! Eu tenho sentimentos e o coração não escolhe quem se apossa dele. Vocês nem imaginam o quanto o Apolo significa pra mim.
_cuidado com as palavras Lauriete! O mundo pode cair pra você. _alfineta Diana, deixando ela mais séria.


_eu não entendi a piada.
_Lauriete se você não veio pra trabalhar então vai pegar algo no quarto do seu amor e depois vá embora. _diz a recepcionista séria.
_com certeza farei isso. _diz ela decidida e rumando pro quarto dele.
Ao se aproximar da porta, ela que tinha a cópia da chave do quarto abre e encontra os dois juntos na cama. Apolo estava deitado com Silvana. Ela o agarrava forte completamente nua e ele sobre as pernas dela tentando sair e aquela cena foi um choque.


_Nãoooooooooooooooooooooooo!
O grito de Lauriete alertou toda a pousada.
Apolo se assustou e caiu da cama e Silvana abriu um sorriso debochado entre os lábios.
_Amor não é isso o que você está pensando. _diz ele, preocupado.
Lauriete em choque não consegue conter sua raiva e indignação.
_ah irmãzinha a culpa não é minha. _diz Silvana.
_cale-se vigarista! _diz Lauriete cheia de ódio.
_eu não sei como essa doida entrou no meu quarto mas você precisa acreditar em mim. _diz ele tenso, se levantando do chão e tentando a abraça-la.


_não me toque! E você sua vagabunda está feliz por ter se divertido com ele? _ela pergunta a Silvana que sorri feliz.
_ele é tudo de bom!
_cachorra! Ordinária! _diz Lauriete avançando sobre Silvana e lhe puxando os cabelos e dando tapas em seu rosto.
Apolo tenta apartar a briga e acaba levando um soco também. As funcionárias entram dentro do quarto e ficam perplexas com a cena. Lauriete dá uma surra em Silvana dentro do quarto da pousada sob os olhares curiosos de todos.
_gostou do Apolo? Então fique com ele!
_amor não fala isso! Eu não tenho absolutamente nada com ela. _diz Apolo preocupado.
_chega! Eu não quero saber de mais nada. Eu vi vocês dois juntos. Não tem como disfarçar o que houve nesse quarto. Eu odeio vocês dois. _diz ela brava.
_Silvana você não vai estragar o meu relacionamento com Lauriete. Por favor diga a verdade! _grita Apolo.
_vocês querem a verdade então pois eu digo! _diz Silvana determinada.
Lauriete e todos ficam perplexos com ela.


_eu fui convidada pelo Apolo a estar com ele.
_mentira! Eu jamais convidaria você. _diz ele tenso.
_cale-se! Deixa ela falar. _diz Lauriete.
_Apolo se sente atraído por mim Lauriete. Ele me deseja mais do que você. _ela continua. _quando ele me toca, ele não pensa em mais ninguém. Ele sente tesão por mim.
As palavras dela a faz chorar ali.
_eu não vou aceitar isso. Lauriete, meu amor ela está mentindo! Você é muito baixa, piranha mesmo! _diz o rapaz transtornado.
_agora eu sou a piranha né? Enquanto estávamos sozinhos, era só elogios. Ah como gostei tanto disso.
Lauriete tenta se controlar e não consegue. Ela esbofeteia Silvana no rosto novamente.
_isso! Me bata! Sabe que um soco seu não vai apagar o que houve nesse quarto. _diz Silvana séria. _eu não vou esquecer dessa noite de maneira nenhuma.
_eu estou arrasada por dentro. Traída pela minha irmã. _diz Lauriete em lágrimas. _você não tem escrúpulos nenhum. Você não passa de uma vigarista, safada, vil, mal caráter...
_sim. Eu sou tudo isso Lauriete. Eu sou tão safada que o seu próprio namorado não resistiu.
_você é um demônio! _diz ele, não suportando tanta falsidade.
Lauriete sai do quarto correndo em lágrimas e o rapaz resolve seguí-la, deixando Silvana no quarto sorrindo na frente de todos ali. Diana fica chocada com tanta mentira.
_amor, por favor fala comigo! Eu não sei como ela entrou naquele quarto. _diz ele, correndo atrás dela.
_me deixa em paz! Some da minha vida!
Lauriete pega o táxi e deixa Apolo pra trás, amargurado com as mãos sobre a cabeça.

Enquanto isso com a confusão que sucedeu na pousada, Crislaine acorda agarrada aos braços de Ralph e leva um susto.
_oh Deus pai!
Ralph desperta em seguida.
_o que foi Crislaine?
_a gente dormiu junto?
_sim. Não se lembra?
_não. Eu estou com uma baita enxaqueca.
_também. Quem manda exagerar na dose.
_nossa! Eu bebi tanto assim a ponto de vir parar na sua cama?


_sim Crislaine. Você estava tão doida que nem quis sair do quarto.
_oh meu Deus! O que foi que eu fiz? Você seria a última pessoa com quem eu dormiria.
_nossa! Obrigado hein? Fico até feliz em ouvir isso. Caramba!
_ai desculpa! É que sei lá eu não queria que a gente...
_eu sei muito bem o que quer dizer. Mas a gente fez sexo sim e não foi pela minha vontade. Você me instigou.
_ah a culpa é minha agora? Eu devo ter ficado completamente sem noção mesmo. Nossa essa dor de cabeça que não passa meu Deus!
_mas até que foi bom. Eu curti!
_pode parar ok! Você fez sexo comigo no momento que eu estava me sentindo fragilizada e agora vem dizer na minha cara que gostou. Você se aproveitou de mim.
_um pouquinho. _diz ele sorrindo.
Crislaine começa a bater nele nessa hora e ele a puxa pelo braço e aproxima sua boca da dela.
_eu não me arrependo de ter passado a noite com você.
E os dois se beijam fortemente.
De repente, Crislaine dá uma cotovelada nas partes íntimas do rapaz.
_putz! Isso é golpe baixo. Caramba!
_isso é pra você aprender a não se aproveitar da fragilidade das pessoas.
_ah fragilidade! Sei. Você invade meu quarto e me instiga e ainda tem coragem de dizer que estava se sentindo frágil. Corta essa! Eu sou homem caramba! Não dá pra resistir.
_eu não lembro de nada. Eu estou com uma enxaqueca de matar.
_quer saber? Cansei! Você é louca! Eu não sei o que me deu na ideia de ter me apaixonado por você. _sem querer ele solta essa.
Crislaine que estava com a mão na cabeça ao ouvir aquilo, vira-se a ele séria e diz:
_como é que é?
_esquece. Eu falei sem pensar.
_apaixonado por mim?
_não. Jamais! Até porque eu não teria saco para lhe aturar o tempo todo na minha vida. Eu vou tomar um banho. _diz ele, saindo da cama e indo pro banheiro todo contorcido.
_Eu também não teria saco pra lhe aturar. Ah e desculpa pela cotovelada.
_sei. Depois de uma dessa eu acho que merecia. Pelo menos aprendo a me controlar mais. _diz Ralph entrando no banheiro e fazendo ela sorrir um pouco.

Esmeralda vai a cachoeira sozinha e molha suas mãos na água que corria rapidamente e se lembra das cenas de amor que teve com Herus. O toque das mãos dele sobre o seu corpo, os seus beijos, as carícias, o total êxtase dos sentimentos mútuos entre ambos,... e cada vez que ela se lembrava disso, as lágrimas caíam dos seus olhos.
_eu não posso perdê-lo! _diz ela, pegando fortemente a areia fina próximo da água. _eu não saberia viver sem você Herus!

video


E ela com a cabeça baixa, refletia sozinha diante daquelas águas.
_eu amo você meu amor!
_eu também! _diz ele, surgindo por detrás da mata sorrindo.
Esmeralda se levanta e virando-se, o abraça apertado.
_você aqui! Eu não sabia que viria.
_em qualquer lugar que eu estiver, eu viria por você. _diz ele sorrindo. _eu ouço sua voz Esmeralda.
Esmeralda o beija fortemente e em seguida, Herus abraçado a ela faz carinho em seus cabelos.

Enquanto o amor reinava entre Esmeralda e Herus, Lauriete estava sofrendo por causa de Apolo. As lágrimas dela caíam e a tristeza que assolava seu coração não se dissipava. No fundo do seu coração ela ainda amava o rapaz e o choque de vê-lo com outra paralisou todas as suas esperanças. Ela realmente estava se sentindo feliz em seus braços, ao seu lado. Desejava construir uma vida a dois, ter ele como marido e possivelmente ter filhos mais tarde. Mas tudo isso acabou. Assim sua mente dizia.
E ela corria pela praia chorando, sem rumo, completamente perdida. As águas salgadas molhavam seus pés finos e brancos. E quando não andava, ela apenas sentava na areia e observava as ondas. As cenas das juras de amor de Apolo atormentavam sua mente. As palavras dele ecoavam por todos os lados.


Lauriete se viu perdida e desiludida diante da situação que viveu e determinada, ela caminha devagar rumo as ondas que se chocavam fortemente. A água salgada já estava pegando metade do seu corpo e ela andava cada vez mais pra dentro do mar que neste momento já lhe atingia o peito. Entre lágrimas e sofrimento, as ondas estavam batendo praticamente no seu queixo e as pernas não resistiram a força, fazendo ela tombar pra dentro da superfície.
←  Anterior Proxima  → Inicio
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Meu Canal no Youtube

Blogs Brasil

Google+ Badge

Ajude o site e ganhe um brinde exclusivo!

Quem será o próximo (a) Leitor (a) da Semana hein?

Quem será o próximo (a) Leitor (a) da Semana hein?

Siga-nos por E-Mail

As Top 5+!

Frase do Dia

Seguidores