Blogs Brasil

® Talentosos Escritores 2011/2015 - Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.
"O site Talentosos Escritores" estará passando por mudanças em breve. Portanto, a ausência de postagens de conteúdos importantíssimos como as novelas por exemplos. Mas isso é algo que estamos organizando, tempo ao tempo. Eu, como administrador, estou contando com uma equipe boa pra poder fazer o site cada vez melhor. A gente está se reunindo pra obter novidades em alta pra você, que nos acompanha há muito tempo. Peço desculpas pela demora dos conteúdos e a gentileza de aguardarem pacientemente. O Talentosos Escritores vai mudar, mas tenho certeza de que será pra melhor ok! Um grande abraço a todos." - Leandro Angellus

terça-feira, 26 de maio de 2015

59º Capítulo - Unidos pelo Destino (Penúltimo Capítulo)

*Vídeo-Chamada para Atração Fatal

A intuição de Herus nunca falha e por ele ser essa pessoa com dons especiais, ele sente quando o perigo está perto. Pode ser com qualquer pessoa, ele tem esse dom de sentir, de ver. E ao seguir com sua bicicleta pela mata afora ele acaba se deparando com a imagem de Dionísio em sua frente que surge como uma névoa branca mas desaparece repentinamente. Algo estava pra acontecer sem dúvidas e seria naquela noite mesmo.
Assim como ele tinha essa certeza, Morgana também apostava nisso. Ela sentiu o perigo circundar a vida de sua protegida a partir do momento que ela deixou a mansão.
E por estar preocupada com Esmeralda, ela pedia ajuda as forças espirituais da natureza e quando ela citou o poder do universo, do céu, do fogo, do ar e da terra, os primeiros a sentirem algo diferente foram Guilherme que estava no local, Herus e Crislaine que estava jantando com Ralph na sala de estar.
_Aconteceu alguma coisa amor? _diz Ralph encarando-a.
_Preciso sair. _diz ela, com um ar sério.
_Mas você nem tocou na comida.
_Desculpa. Perdi a fome. Você se importa de jantar sozinho hoje?
_Nossa! O que houve? A gente estava tão bem agora mesmo. Por que mudou?
_Eu não posso explicar agora mas preciso sair.
_Ta né? Fazer o que? Lá vou eu comer sozinho. Poxa!
_Te amo viu! Beijo. _e diz ela, saindo porta afora levando apenas uma bolsa.
_O que será que tem na cabeça dessas mulheres? Caracas, é impressionante isso! Eu faço uma comida gostosa dessa e vou ter que jantar sozinho. Saco! _diz ele, deixando o prato de lado.



Hortência pega o seu carro e vai em direção a floresta.
_Ele só pode estar com ela. _diz pensativa, ao volante e sempre atenta em qualquer trilha que passava.

Enquanto isso, Esmeralda corria pelas matas adentro e Augusto a seguia.
_Não fuja de mim Esmeralda! Eu não quero te machucar.
_Me deixa em paz Augusto! _ela dizia, sempre seguindo em frente.
De repente, Esmeralda torce o pé numa pedra e cai no chão.
Augusto se aproxima dela.
_você não tem escapatória agora!
_Augusto me larga!
E ele segura o braço dela fortemente, tentando beijá-la a qualquer custo. Esmeralda apanha um punhado de areia que estava próxima a um tronco de árvore e joga nos olhos dele, fazendo-o gritar de dor.
_Eu não estou enxergando nada! _ele grita desesperado e ela consegue se livrar das mãos dele.
Mesmo sem forças para correr, ela continua firme e forte e deixa ele pra trás. Cansada, ela encontra a cachoeira e apanha um punhado da água e banha seu rosto sofrido.
Herus larga a bicicleta no meio do caminho e encontra Esmeralda nas águas se banhando. Os dois se abraçam fortemente.
_Meu amor o que houve?
_Ah Herus me ajuda! Me abraça forte! _diz Esmeralda em lágrimas.




_Meu amor vai ficar tudo bem! Eu estou aqui com você.
De repente, um barulho se faz na mata e assusta os dois.
_É ele Herus!
_Ele quem amor?
_Augusto. _diz ela, com medo.
Herus abraça fortemente Esmeralda e a mantém segura diante do seu peito e fica olhando ao seu redor sempre atento em cada detalhe. Iracy encontra Augusto sofrendo com os olhos todo vermelho devido a areia e diz:
_Você faz tudo errado mesmo seu idiota!
_você é a culpada por isso tudo estar acontecendo.
_Se é pra fazer tudo errado que morra de uma vez!
Iracy derruba ele do despenhadeiro abaixo sem dó nem piedade e ele acaba batendo com a cabeça e desmaiando em seguida.
Ela continua seguindo em frente e com o revólver apontado.
_você não vai conseguir escapar de mim Esmeralda.

Wander procura por Silvana e não a encontra. Amigos e conhecidos dela disseram que não via ela há tempos e ninguém sabe informar onde a jovem estaria. De repente, surge uma pista. Ao parar o carro em frente a uma praça e mostrar a foto para um desconhecido na rua, um mendigo chamado Aristótenes a reconhece na mão dele.
_Ela é o que sua meu amigo?
_Ela é minha filha. Está sumida há semanas e eu estou a procura.
_Eu a vi semanas atrás.
_Jura? Onde? _pergunta Wander surpreso.
_Ela entrou num carro luxuoso de um homem que parecia ser rico.
_E como é esse homem? Esse carro? Pra que direção foram?
_Aí o senhor que me desculpe a ousadia mas aquela mulher linda e gostosa entrando em carro fino, onde acha que eles estariam indo? Para um motel fazerem um sexo gostoso.
_O senhor tenha mais respeito que ela é minha filha.
_A verdade é pra ser dita. Que culpa tenho eu de dizer a verdade?
Wander coloca a mão na cabeça e fica totalmente perplexo.
_como vou explicar a Marieta isso? _ele fica pensativo.



Na floresta, enquanto Herus estava abraçado a Esmeralda, os dois trocam carinhos e confidências.
_O que tiver de acontecer aqui, promete que nunca vai me esquecer? _ela diz, com lágrimas.
_Amor, nada vai acontecer. Não pense bobagem!
_Por favor, prometa!
_Ta bom meu anjo. Prometo que jamais vou te esquecer. Agora tenta se acalmar um pouco.
_Eu não sei o que seria de mim se eu te perdesse.
_você nunca vai me perder porque somos um só.
_Como eu te amo Herus! Como eu lhe desejo tanto me tornar sua mulher.



_Você já é minha mulher entendeu?
_Mas não nos casamos oficialmente.
_Não importa. O que importa é o sentimos um pelo outro. Esmeralda, eu sempre te busquei em meus sonhos.
_E eu também sempre imaginei nós dois juntos e felizes, compartilhando tudo.
_O seu sorriso ilumina a minha vida meu anjo. Eu me vejo na perfeição dos teus lábios e no brilho dos teus olhos claros.
Ela sorri emocionada e o abraça mais ainda, fazendo ele sentir o cheiro do seu corpo e os cabelos dela roçando em seus ouvidos.
_Eu amo você minha vida! _diz ela.
Iracy se aproxima dos dois com o revólver apontado para eles.
Esmeralda e Herus ficam assustados e perplexos.
_Mãe, o que a senhora vai fazer?
_O que eu sempre tive vontade. _diz Iracy séria.
_Você não vai conseguir nos separar.
_Afaste-se Esmeralda! _diz Iracy cheia de ódio.
_Não! Eu não vou deixar a senhora cometer uma atrocidade dessas. _diz Esmeralda saindo dos braços de Herus e indo em direção a mãe para impedir que ela atire no namorado.
Herus segura o braço de Esmeralda com força e Iracy dispara o tiro do revólver. Guilherme se assusta dentro da mata junto com os pássaros que fogem desesperados.
Nãoooooooooooooooooooooooooooooo......





Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Lançamento!

 
Copyright © 2013 Conectando Ideias - Traduzido Por: Templates Para Blogspot
Design by FBTemplates | BTT
close
#