...
Feed
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
® Talentosos Escritores 2011/2015 - Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.

Ads 468x60px

Postagem em destaque

O sorriso que muda tudo - Texto Especial

Engraçado quando você gosta de uma pessoa e ela não te dá nenhuma chance. Não corresponde seus olhares, alega que a distância é um fardo eno...

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Google+ Followers

Featured Posts

Social Icons

Arquivo do blog

Música e Poesia - Uma Página feita pra Você

Música e Poesia - Uma Página feita pra Você
Clique e conheça! Por Adriana Vieira

Arquivados

Tenha Talentosos Escritores no seu E-Mail

Compartilhe suas ideias!

Compartilhe suas ideias!

Em breve!

Marcadores

Traduza!

@Leoangellus

Anuncio!!

Leitor (a) da Semana

Leitor (a) da Semana
Quem será o próximo (a)?
"O site Talentosos Escritores" estará passando por mudanças em breve. Portanto, a ausência de postagens de conteúdos importantíssimos como as novelas por exemplos. Mas isso é algo que estamos organizando, tempo ao tempo. Eu, como administrador, estou contando com uma equipe boa pra poder fazer o site cada vez melhor. A gente está se reunindo pra obter novidades em alta pra você, que nos acompanha há muito tempo. Peço desculpas pela demora dos conteúdos e a gentileza de aguardarem pacientemente. O Talentosos Escritores vai mudar, mas tenho certeza de que será pra melhor ok! Um grande abraço a todos." - Leandro Angellus

Oferta Amazon!

quinta-feira, 16 de julho de 2015

Primeiro Capítulo de Corações Desimpedidos - Reprise

video

*Escrita por Paulo Roberto e Leandro Angellus

Toc, toc...
_Daniel, você está ae?
Meu irmão vem me incomodar de novo com aquela história de que eu tenho que apresentar á ele umas amigas que conheci há alguns dias no clube, e como eu sei que ele não vai me deixar em paz, decido me levantar da cama e deixar um pouco de lado o meu jogo favorito ser transmitido pela televisão. Abro a porta e o encontro sorridente.
_sabia que estava assistindo ao jogo. Não perde uma partida do corínthians. _diz Wallace, entrando porta adentro e observando o jogo na televisão.
_pois é, irmão! Sou torcedor deste time e não perco nenhuma partida que rola.
_eu sei disso. Preciso falar com você.
_eu até já sei o que você quer falar comigo, Wallace. Eu ainda não tive contato com as meninas, mas pode deixar que assim que eu falar com uma delas, eu falo com você ok!
_ah sim. Tudo bem! Mas não era sobre isso que eu vim falar com você, irmão.
_não?  _ele estranha, mas em seguida pergunta. _então o que seria?
_Daniel, sabe aquela empresa que você deixou um currículo mês passado?
_sim. Eu sei. _ele muda sua expressão.

Daniel aguarda emprego

_então, a empresa me ligou hoje de manhã e me pediu pra te avisar de uma entrevista que vai rolar amanhã ás duas da tarde.
_sério, cara? Mas isso é muito bacana. _diz Daniel feliz da vida.
_eu sabia que você ia gostar disso. Por isso eu vim pra te trazer esse recado.
_muito obrigado, irmão! Nossa, eu estou feliz por demais. Essa é uma oportunidade de ouro e eu preciso dela.
_eu sei. Bom, o meu recado está dado e espero que você consiga este emprego, porque é muito ruím viver sem dinheiro. _diz Wallace, sorrindo e batendo no ombro de Daniel.
_é verdade, irmão! Obrigado por ter vindo e me trazer essa novidade boa. _diz ele contente.
Daniel e Wallace moram separados. Wallace é formado em arquitetura e mora sozinho em um bairro próximo do irmão que divide a casa com os pais e mais dois irmãos mais novos. Daniel é um estudante que cursa informática e no momento, procura por oportunidades de emprego, até que recentemente, ele deixara um currículo numa empresa conhecida nacionalmente e conseguiu uma vaga pra trabalhar como auxiliar de escritório. Foi a melhor notícia que recebeu naquele dia. Conseguira uma entrevista e acreditava fielmente que iria ser aprovado.
No dia seguinte, ás duas da tarde Daniel faz a sua entrevista e preenche alguns dados citados da secretaria de recursos humanos. Após a conclusão, Daniel é aprovado em alguns testes e seu primeiro dia de trabalho seria no dia seguinte. Ao sair da entrevista, ele se encontra com Wallace do lado de fora e o convida á ir ao shopping com ele. Wallace aceita.

Enquanto isso, Gisele atende telefonemas e faz anotações no bloco de papel. Em seguida, digita no computador e imprime alguns arquivos. Coloca na pasta, organiza a mesa, lê as mensagens de texto do celular rapidamente e depois volta á sala do chefe pra entregar alguns documentos importantes.
_ufa! Acho que hoje consegui terminar mais um dia. _diz ela logo após o final do expediente para a amiga Doroth, á quem considera como uma irmã.
_é verdade, amiga! Ainda bem que a gente vai contar com um auxiliar amanhã né?
_pois é, amiga! Espero que esse funcionário nos ajude porque o que foi contratado meses atrás não nos ajudou em nada.
_vamos ver como vai ser o desempenho deste novato na empresa né?
_bom, você vai ao shopping ainda hoje? Se for, me avisa que eu vou passar em casa e me arrumar. _diz Gisele, a secretária de uma empresa multinacional.
_sim. Eu vou ligar para a Grace e para os outros pra ver se eles vão também. Agora que eu instalei o Whatsapp, tudo ficou melhor.
_ótimo. Só espero que não se vicie assim como a Júlia. Oh menina viciada nisso!_diz Gisele, desligando o computador e organizando sua bolsa pra sair, fazendo Doroth rir.

Gisele trabalha bem

Horas mais tarde, as duas amigas já se encontram no shopping e decidem visitar algumas lojas de roupas e calçados. Grace, Murilo, Júlia  e Zeca as encontram por lá e juntos vão á uma pizzaria.
Gisele é uma jovem que curte boas amizades e seus amigos são como irmãos pra ela. A admiração que sente por eles é um sentimento fraterno, verdadeiro. Grace é uma adolescente que sofre com convivência familiar. Seus pais estão em guerra, com o casamento indo para a separação e ela não aceita isso. Seu mundo está confuso e perdidamente vazio. Murilo é um rapaz fera no skate, curte a vida com aventura e não tem medo de enfrentar desafios. Seu sonho é ser um brilhante ator de cinema. Júlia é uma pessoa sonhadora, que acredita que um dia vai encontrar o príncipe da sua vida e que será feliz nos assuntos do coração. Ela é popular e sempre anda na moda. Zeca é um cara determinado e ousado. Ele trabalha para uma oficina mecânica e sempre gosta de ser o líder seja em casa ou no trabalho. Já Doroth é uma jovem que tem pés no chão, decidida e que sonha em conhecer o exterior e se formar como veterinária. Companheira de todos, ela é a única com que Gisele compartilha suas emoções e segredos, pois apesar de serem amigas de trabalho, as duas se conhecem desde os tempos do primário e sua amizade se tornou de grande valor.
Ainda no shopping, Gisele e Júlia decidem deixar os outros conversando e vão á uma loja de roupas que fica bem á frente da pizzaria. Gisele mostra algumas peças de roupas para a amiga que fica indecisa em escolher. De repente, surge Daniel com Wallace também no shopping.
_Caracas moleque! Olha essa camisa show de bola! Ai vou levar pra casa. _diz Wallace ao se deparar com uma camisa na vitrine da loja.
_A camisa é bonita mesmo e olha está na promoção. Melhor levar.
_Ela é minha rapaz! Vou comprar agora. Quem tem cartão não precisa de dinheiro né irmão.
_É isso aí! Eu acho que vou olhar algumas pra mim também.
_Irmão se precisar eu pago pelo meu cartão e depois a gente resolve com as parcelas que acha?
_Tudo bem. Se não for incomodo pra você.
_Jamais. Vamos entrar! _diz Wallace, contente.
E Daniel começa á escolher algumas roupas pra ele comprar, quando Gisele se esbarra nele e deixa cair uma peça de roupa feminina no chão. Daniel pega a roupa e a entrega.
_desculpe!  _diz a jovem, pegando a roupa das mãos do rapaz.
_sem problemas. _diz ele, simpático.
Gisele agradece e sai, deixando Daniel atraído por sua beleza. Ela se afasta com a amiga e ao sair da loja, Júlia comenta:
_percebi o jeito que ele te olhou. Parece que gostou de você.
_que isso, Júlia! Eu nem conheço.
_Mas é por isso mesmo, amiga! Por não te conhecer que ele gostou de você.
_deixa de conversa fiada, ok! Você sabe muito bem que eu não quero envolvimento nenhum com ninguém agora.
_Gisele, ás vezes o amor nos surpreende de uma forma que você nem acreditaria.
_você virou filósofa agora? _diz ela, sorrindo.
_não. Eu só apenas acho que você precisa esquecer o passado e viver o presente, dar uma nova chance ao seu coração e se envolver num novo relacionamento.
_Júlia, as coisas não são assim como parecem ser. Eu preciso de um tempo, entende? Eu não quero mais tomar atitudes precipitadas e me envolver como me envolvi num relacionamento complicado e que só me trouxe mágoas e ressentimentos.
_tudo bem, Gisele! Mas conhecer novas pessoas é legal, vai te fazer bem. Você necessariamente não precisa se envolver, mas curtir seria uma boa.
_eu vou pensar no que você me disse ok! _ela muda de assunto. _bom, acho melhor ver os outros né? O que será que eles estão aprontando?
E as duas amigas saem juntas da loja.


Já Daniel encontra Wallace no celular telefonando.
_eu já disse mãe: meu pai vai voltar em alguns dias. Não! Ele me falou por telefone ontem á noite. Mãe, a senhora não consegue entender né?
Alguns minutos depois, ele se despede da mãe e desliga o telefone.
_nossa mãe de novo né? _questiona Daniel.
_ela não acredita que nosso pai volta essa semana.
_é complicado essa relação dos dois, irmão. Eu canso de falar com nosso pai pra ele mudar de emprego, pelo menos tentar algo por aqui perto.
_mas ele nunca vai fazer isso, Daniel! Nosso pai ama aquele trabalho e o patrão dele paga uma grana boa.
_nisso você tem toda a razão.
_mas eae o que você comprou de bom?
_pouca coisa que me interessou. Ah, te contar uma coisa aqui: encontrei uma garota muito linda, irmão.
_sério? E de onde ela é?
_eu não sei. Eu não cheguei a puxar assunto com ela.
_irmão fala sério. Tu encontra uma garota linda e nem puxa papo com ela. O que houve?
_não sei, cara! Me senti inseguro. Estou assim desde que terminei com a Maria.
_cara, desencana! Essa Maria foi uma cilada na sua vida. Você fez muito bem de ter terminado com ela. _diz Wallace, sincero deixando Daniel pensativo.

Gisele e Júlia encontram os amigos e eles decidem sentar-se numa praça de alimentação e conversarem um pouco.
_Gisele, você está uma gata hein? _diz Zeca, cheio de lábia.
_Obrigada Zeca! Você também está um gatinho.
_Uiii. _diz Doroth, rindo. _Hoje a noite promete!
_Pára com isso!
_Se depender de mim, a noite promete mesmo. _comenta Zeca, sorridente.
_Bobo. _diz Gisele.
_Mas então qual é a boa? _pergunta Murilo, interferindo.
_A boa é que eu não posso demorar muito no shopping pois amanhã levanto cedo pro trabalho. _diz Gisele.
_Pára Gi! Chegamos á poucas horas. Vamos curtir um pouco. _diz Júlia.
_Galera, eu concordo com a Gisele. _diz Doroth.
_Obrigada amiga! _diz Gisele, fazendo um coração com as mãos pra ela. _Minha Best!
_Ohhh! _e as duas se abraçam.
Zeca olha para Murilo e começa a rir. Júlia fica séria.
_Cabe eu nesse abraço também? _diz Júlia enciumada.
_Chega mais! _diz Gisele sorrindo e a abraçando também.
Grace comenta:
_Assim também eu quero.
E as meninas se juntam num só abraço.

Amigas pra sempre

No dia seguinte, Gisele e Doroth se preparam pra trabalhar quando o Sr. Otávio surge na porta, avisando de que se Daniel chegasse, para ele ir procurá-lo em seu escritório.
Gisele obedece a ordem e Doroth diz:
_Daniel! Hummm...
_Eu vou pegar você lá fora hein? _diz Gisele brincando.
_está na hora de ir pra recepção! Boa sorte! _e Doroth sai porta afora.
Alguns minutos depois, surge Daniel todo arrumado e com um papel na mão.
_Bom dia! Eu me chamo Daniel e fui contratado pra trabalhar nesta empresa. _ele dirige á Doroth que estava já no corredor e que indica a sala de Gisele.
_é só entrar por aquela porta ali! _diz Doroth, gentil.
_obrigado! _ele agradece e se afasta.
Gisele confere alguns arquivos no computador e de repente, surge Daniel á sua frente.
_bom dia! Eu me chamo Daniel e sou o novo auxiliar de escritório. _diz ele, surpreso ao vê-la novamente.


Gisele também fica ao vê-lo e diz:
_ah claro! Eu vou levá-lo ao escritório do Sr. Otávio. Ele aguarda por sua presença. _ela se levanta e o conduz á sala do chefe.
Daniel fica cada vez mais atraído pela jovem que tenta disfarçar os olhares.
Ao ser apresentado por Gisele, Sr. Otávio conversa algumas palavras com Daniel e dirige-se á Gisele:
_Gisele é minha secretária pessoal. Portanto, vocês dois vão trabalhar juntos. O que você precisar, pode contar com ela ou comigo, ok! E seja bem-vindo, Daniel! Será um prazer tê-lo conosco. _diz Otávio.
Daniel agradece e sai na companhia de Gisele.
_vai ser um prazer trabalhar ao seu lado. _diz o rapaz, feliz.
_também digo o mesmo, Daniel. Seja bem-vindo! _ela o cumprimenta.
_Obrigado, Gisele! Aliás, tem um bonito nome. _diz o jovem rapaz, sorrindo.
_Obrigada! _ela agradece. _você poderia me ajudar com alguns arquivos que ainda não foram digitados no computador. O que acha?
_claro! Onde estão os arquivos? _ele pergunta.
A insegurança toma conta dos dois.
_deve estar naquele armário. Vou pegá-los pra você.
_pode deixar comigo! _ele se aproxima dela e ela se afasta um pouco. _qual gaveta está?
_a primeira de todas. _responde a jovem, que não consegue desviar os olhos do rapaz.
Daniel entrega os arquivos á ela e os dois tentam desviar a atenção um do outro.
_que coincidência né? _ele resolve mudar de assunto.
_é verdade. Põe coincidência nisso! _diz a jovem, tentando se concentrar no trabalho.

No horário de almoço do trabalho, Gisele e Doroth sentam juntas no refeitório e as duas conversam um pouco.
_percebi que você está distante, Gisele? O que está acontecendo?
_eu estou bem, Doroth! Eu só estou pensando numa coisa aqui. Nada demais!
_e não quer me contar o que é? _diz a amiga, se deliciando com a sobremesa.
_deixa de ser curiosa, hein? Mas tudo bem! Eu vou te contar sim.
_que bom! Sou toda ouvida. _diz Doroth, se animando.
_bom, sabe aquele rapaz ali. _ela indica para a mesa do lado.

Doroth e Gisele

Doroth olha e encontra Daniel conversando animado com os outros rapazes, funcionários da empresa.
_sim. É o novato que chegou hoje na empresa. O que é que tem?
_então, acredite ou não, ele é o rapaz que conheci na loja do shopping.
_sério? _a amiga se surpreende. _mas que coincidência boa hein?
_é uma coincidência sim mas porque está tão animada?
_pra este rapaz já te deixar assim, é sinal de que vem alguma coisa boa neste encontro.
_Doroth, quantas vezes eu tenho que dizer que não...
_quer envolvimento com ninguém. Gisele, eu sei de cór o seu texto decorado. Amiga, essa é uma boa oportunidade pra você ser feliz outra vez.
_espera ae, você quer que eu fique com ele?
_e por que não? Se ele gosta de você e você, dele.
_você deve ter batido com a cabeça né? Eu gosto dele como amigo e ponto. Onde já se viu eu uma mulher culta se envolver com um funcionário da empresa em que trabalho. Está louca né?
_mas ele não pensa como você, amiga! A Júlia me disse...
_sim. Ela disse que ele não parava de me olhar no shopping. Doroth, quando eu voltar á me apaixonar, não se preocupe porque vocês vão saber ok!
_tudo bem, amiga! _diz Doroth, se levantando da mesa. _já bateu meu horário. Preciso voltar.
Doroth se afasta e deixa Gisele pensativa. Daniel a encara fascinado e a secretária decide se retirar.

Neste ínterim, Grace ouve suas músicas preferidas no quarto quando ouve vozes vindas da sala. Ela abre a porta do quarto e chega próximo da escada e ouve mais uma vez a discussão dos pais Alda e Emiliano.
_Talvez seja melhor eu ir embora desta casa e me afastar da sua arrogância. _ela discute.
_quero ver se você tem coragem! Mas quer saber o que eu acho? Você nunca vai sair desta casa porque não tem pra onde ir.
As palavras que são gritadas em alto e bom som ferem cada vez mais o coração da  adolescente, que se debulha em lágrimas de profunda tristeza, sentado no chão do seu quarto.



Júlia e Murilo decidem visitar Gisele em seu apartamento.
_pensei que a Doroth estivesse aqui com você. _diz Júlia.
_a Doroth não quis vir. Acho que ela ficou chateada comigo, não sei.
_o que é que houve agora, Gisele?
_ela não entende certas coisas. Acho que não vai entender nunca.
_eu posso até imaginar do que você está falando. É sobre o Daniel, né?
_como você sabe que é sobre ele que estou falando?
_a Doroth me disse. _diz a jovem. _mas não é culpa dela, Gisele! Fui eu que disse que você tinha que ser feliz outra vez e sugeri que fosse com o novato da empresa porque esse encontro não foi por acaso.
_não vem me dizer que foi coisa do destino o Daniel ter aparecido na minha vida, bla blá blá...
_esse é o seu mal, Gisele! Desculpa mas você não acredita no sinal do destino.
_e eu não acredito mesmo. Desde que eu fui enganada, iludida, você acha que eu ainda acredito no amor? Amor é uma fantasia, uma ilusão, um engodo. Vocês foram testemunhas de tudo que passei. _diz ela irritada, dirigindo á Murilo que ouve a conversa toda.
Júlia fica em silêncio e Murilo se anuncia.
_Júlia, vou lá fora ver o carro ok!
a jovem consente e Gisele diz:
_pode ficar, Murilo! Eu vou preparar o jantar pra vocês.
_desculpa, Gisele! _pede a amiga. _se fui invasiva demais.
_está tudo bem. Sem problemas! _ela a abraça. _eu é que peço desculpas. Eu estou tensa com o meu trabalho e não tenho cabeça pra pensar em nada. Bom, alguém  vai me ajudar á preparar algo?
_pode contar comigo! _diz Júlia, animada.
Gisele encara Murilo, que diz:
_não. Não. Prefiro nem entrar na cozinha. Sou um desastre.
As duas riem com a expressão do amigo. De repente, o telefone toca e Gisele atende.
_não, Doroth! Pode vir. Não estou chateada com você.
Neste momento, a campainha toca e Júlia decide atender a porta.
Ao abrir, os três se deparam com Grace, com lágrimas nos olhos.
Júlia a abraça e Gisele diz á Doroth no telefone:
_amiga, venha pra cá! Grace precisa da gente urgente.

Daniel joga xadrez com o irmão Wallace e ele decide lhe fazer uma pergunta sobre Gisele.
_então não sabe nada dela ainda? Não sabe se ela é casada, solteira...
_não sei, irmão. Mas vou descobrir aos poucos. Agora estou bem próximo dela!
_faça isso, irmão! Repare se ela tem aliança no dedo.
_eu já reparei nisso. E ela não tem aliança, meu caro.
_hum. bom sinal. _diz Wallace. _você é um cara de sorte. Conseguiu entrar numa empresa multinacional e ainda conhecer uma secretária gente fina.

Xeque Mate

_pois é, irmão! E tem uma coisa: pelo que pude perceber da Gisele é que ela não me parece ser uma pessoa fácil não.
_você está me dizendo que ela é uma pessoa difícil de ser conquistada?
_creio que sim. _diz Daniel, sensato.
_Cara, nada que um buquê de flores não conquiste o coração dela.
_Buquê de flores? _diz ele sorrindo. _Só você Wallace! Xeque mate.

Enquanto isso, Zeca bate a porta de Gisele e Murilo atende.
_eae brother, beleza? _cumprimenta Zeca ao entrar.
_beleza, cara!
_cadê as meninas? _diz Zeca, percebendo que não há ninguém na sala.
_a Gisele está lá dentro no quarto com a Grace e a Júlia.
_aconteceu alguma coisa?
_problemas da Grace de novo. _comenta Murilo.
_entendi. _ele responde.
De repente, a campainha toca de novo e Zeca desta vez atende.
_olha, quem chegou pra animar a noite! _ele brinca ao ver Doroth.
_você também está aqui, prego? Quem te convidou hein? _diz ela, remexendo nos seus cabelos e bagunçando o seu topete.
_você sempre faz isso de próposito né? _ele diz, sorrindo.
Ela não dá ideia e pergunta da Gisele para o Murilo.
_onde você acha que ela está agora neste exato momento? _diz Murilo.
Doroth consente e vai no quarto, deixando os rapazes na sala.
_ae, você nunca se interessou pela Doroth, Zeca? Ela é uma garota muito bonita.
_não, brother. Eu nunca me interessei pela Doroth. A minha gata é outra.
_tô ligado. O seu coração sempre vai estar ligado á Gisele né?
_cara, você está doido de falar isso aqui na sala.
_qual é o problema Zeca? As meninas estão no quarto. Ninguém ouviu nada.
_acho melhor mudarmos de assunto.
_se você deseja assim, tudo bem! _diz Murilo, deixando o assunto de lado.
Enquanto os dois rapazes ficam na sala, as meninas consolam Grace, que decide contar o ocorrido em casa.
_sabe o que eu acho, Grace? Que você precisa aceitar a separação dos seus pais. Se eles  querem mesmo fazer isso, você precisa se conformar. _diz Doroth, séria.
_eu também não sei o que fazer pra te ajudar, Grace. _diz Júlia.
Grace encara as meninas pensativa ainda com lágrimas nos olhos e Gisele decide dar a sua palavra.
_Se você quiser pode ficar na minha casa hoje. A gente dá um jeito de avisar aos seus pais. Quem sabe você ficando nesta noite, você não possa pensar em tudo que conversamos aqui e se distrai um pouco.
_obrigada,Gisele! _ela a abraça carinhosamente. _você é uma grande amiga! E vocês também, obrigada por tudo. _ela se vira ás outras.
De repente, batidas na porta e apenas uma frase vinda do lado de fora.
_Meninas, estamos com fome! Não sai essa janta não?
As meninas sorriem ao ouvir o anúncio de Murilo na porta.

Daniel fica pensativo em seu quarto e se lembra do encontro que teve com Gisele no shopping e na empresa. Á sua frente, a foto de Maria ainda enfeita o seu porta-retrato e ele decide tirá-la da mesa e guardá-la na última gaveta.
_a partir de hoje Daniel, você vai ser um cara diferente. Vai conquistar a Gisele e vai tirar a Maria do seu pensamento de vez. _ele diz pra si mesmo, decidido.

*No próximo capítulo: Doroth pergunta a Daniel se ele gosta da Gisele - Zeca se sente enciumado ao saber que pode perder Gisele para outro homem - Daniel beija Gisele - Grace foge de casa.

Link Original: http://www.talentososescritores.com.br/2013/01/coracoes-desimpedidos-primeiro-capitulo.html
Local: Paraty - RJ, Brasil
←  Anterior Proxima  → Inicio
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Meu Canal no Youtube

Novidade!!

Blogs Brasil

Google+ Badge

Ajude o site e ganhe um brinde exclusivo!

Quem será o próximo (a) Leitor (a) da Semana hein?

Quem será o próximo (a) Leitor (a) da Semana hein?

Siga-nos por E-Mail

As Top 5+!

Frase do Dia

Seguidores