Blogs Brasil

® Talentosos Escritores 2011/2015 - Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.
"O site Talentosos Escritores" estará passando por mudanças em breve. Portanto, a ausência de postagens de conteúdos importantíssimos como as novelas por exemplos. Mas isso é algo que estamos organizando, tempo ao tempo. Eu, como administrador, estou contando com uma equipe boa pra poder fazer o site cada vez melhor. A gente está se reunindo pra obter novidades em alta pra você, que nos acompanha há muito tempo. Peço desculpas pela demora dos conteúdos e a gentileza de aguardarem pacientemente. O Talentosos Escritores vai mudar, mas tenho certeza de que será pra melhor ok! Um grande abraço a todos." - Leandro Angellus

terça-feira, 11 de agosto de 2015

A Trilha do Sonho - 02/05


Tão logo que ela entrou naquele apartamento levando a filha, as duas se maravilharam e me agradeceram humildemente. Eu tive que levar as duas até lá no horário de almoço do meu expediente de trabalho e fiquei feliz ao ver o brilho dos seus olhos de novo. Parece que aquela tristeza que a atormentava havia dissipado em um passe de segundos. Bom, agora é esperar pra ver sua vida melhorar e acho que não vai demorar muito não.
Voltando ao trabalho...
Mesmo perdido meu horário de almoço pra levar as duas naquele apartamento e não ter comprado nem ao menos um hot-dog com refrigerante para saciar a fome que apertava em meu estômago, entrei na sala e fui direto para o computador checar as informações de um funcionário recém contratado. Ah, antes que eu me esqueça: a sala está organizada do jeito que eu gosto. Me livrei daquela bagunça que estava antes. Ouço batidas na porta e peço pra entrar quando de repente, minha amiga surge me cumprimentando e trazendo um café com biscoitos. Nossa!! Como ela adivinhou que eu estava precisando comer algo. Já não estava mais aguentando. Tomei o café e comi os biscoitos. Agradeci a ela com um beijo no rosto e ela simpática, disse que se eu precisasse, tinha mais em sua sala ao lado. Acho bacana de ver pessoas tão legais assim.


Amigos de trabalho

Mais um dia de trabalho se foi. Antes de sair do expediente, tento deixar bem organizado alguns documentos sobre a mesa e quando ia fechar a porta da sala, meu chefe chato chega.
_O que você achou do novo cargo?
_Eu gostei muito. Obrigado!
_Que bom saber disso! Quero te fazer um convite!
O que será que vem agora hein?? Penso.
_Convite senhor?
_Sim. Vai ter um evento publicitário em alguns dias e quero que você esteja presente.
Evento publicitário?? Bom, é um convite muito bacana mas o que será que deu nele pra me chamar para um evento desses? Continuo a pensar.
_Vai ser muito bacana pra você. E então aceitas? _sua pergunta é tentadora.
_Claro senhor. Eu vou sim.
_Ótimo. Sabia que podia contar com você. Até amanhã e bom descanso! _e ele sai devagar pelo corredor assoviando.
Bom, pelo menos agora tenho um evento pra ir né? Não esperava mas tudo certo!

Chego em meu apartamento e cumprimento o síndico que me entrega algumas correspondências. Faturas, empréstimos e alguns comunicados de empresas famosas.
Deixo meu carro estacionado na garagem e entro elevador adentro. Assim que chego no meu andar, coloco a chave na porta e entro. Penduro o casaco, tiro os sapatos e jogo as cartas na mesa junto com as chaves. Tiro a camisa e decido verificar os recados na secretária eletrônica do telefone residencial.
"Você tem uma nova mensagem!"
Bip Bip
"Oi estou te ligando pra avisar que a festa de aniversário da Jullie é agora no sábado ás 19hs. Se você quiser dar uma passada lá, ela vai ficar muito feliz. Beijos!


Nova mensagem na secretária eletrônica

Jullie é especial. Com certeza eu estarei lá sim. Ela é filha de uma amiga minha e vai completar 18 anos neste sábado. Sou como um irmão mais velho pra ela.
Depois de ouvir a mensagem, ligo o chuveiro e caio na água morna. De repente, fico pensativo enquanto a água escorre pelo meu rosto abaixo sobre os momentos que passei ao lado dos meus pais enquanto era criança. Lembro de minha avó sentada na cadeira de balanço próximo da cabeceira da minha cama me contando histórias. Algumas faziam parte de sua infância. Eu ouvia cada palavra que saía de sua boca e imaginava o quanto ela lutou pela criação do meu pai e o quanto trouxe alegria e contentamento ao ver que ele formara uma família linda. Minha mãe se casara com meu pai ainda jovem e sofria humilhações da família dele, mas meus avós apoiava a relação dos dois. Porém os outros não. Mesmo com tantos obstáculos, minha família seguiu de cabeça erguida. Lembro das lágrimas de minha mãe e dos conselhos de meu pai. A doce voz de minha vó ainda idosa, mas com uma mente de menina. Cada cena da infância, cada momento perfeito e eterno. Ficou no meu coração cada lembrança deste passado que vivi ao lado deles. Se hoje estou aqui neste apartamento e vivendo a minha vida independente, certa parte devo á eles por ter me dado força de seguir algo na vida, apoio pra realizar um objetivo e confiança de que um dia eu daria orgulho pra cada um deles. E por isso estou aqui tentando focar nos meus objetivos, mas com o pensamento fixo neles. Embora não curto muito falar do passado devido ao sofrimento de minha mãe numa batalha dolorosa de ver a família reunida e viver a eterna paz, eu preciso falar. Mesmo que eu não queira, mas preciso desabafar. Preciso escrever essa tese com confiança. Talvez seja a forma que o destino escolheu pra eu poder reviver tudo o que passei pra então falar de um assunto que ficou esquecido por algum tempo. E assim algumas lágrimas caíram do meu rosto e rolaram face abaixo quando decidi escrever sobre o assunto.

Horas depois de fazer vários rascunhos da tese que estou escrevendo pro trabalho, resolvi também acrescentar o valor da amizade em um dos parágrafos. É claro que a tese fala sobre convivência familiar, mas eu senti vontade de escrever sobre a amizade também. Sobre o companheirismo, o respeito, valores que poucos prezam infelizmente. Lembrei de uma certa época que eu e alguns amigos estávamos reunidos num restaurante e um deles decidiu tirar uma foto da gente pra guardar de recordação. Nos abraçamos todos juntos e sorridentes, tiramos a foto. Essa foto foi copiada pra cada um deles. E cada um deles guardou de recordação. Tanto que a minha está pregada no mural do meu quarto junto com fotos de parentes e pessoas que marcaram a minha vida. Meus amigos sempre foram assim: unidos. Cada um se gostava, brincava, tinham respeito um com o outro. A gente cantava, fazia piadas, ia pro shopping todos juntos, cada um rachava na hora do lanche... Era diversão pura. Tenho saudades daqueles bons tempos. E quando um chorava, o outro se prontificava a abraçá-lo. A verdadeira amizade decifrava aquela união fraterna sabe? Cada um tinha o dom de fazer o outro sorrir mesmo enfrentando adversidades. E quando observo a fotografia, lembro dos momentos felizes que passei com cada um deles. Ás vezes sorrio comigo mesmo quando lembro de um momento engraçado com um amigo meu que estava sempre conosco. 



Amigos eternizados

Ele tinha pretensão de comprar um presente de aniversário pra sua namorada, mas acabou esquecendo o dia do aniversário dela. Quando se lembrou que tinha esquecido, ele decidiu comprar o presente na mesma hora mas não havia achado na loja próxima. Ele ia comprar um urso, que ela adorava ursos, daqueles que cantava música e era enorme. Lembro que ele ia comprar um Panda mas a loja não tinha mais dele. Os ursos daquele tamanho se esgotaram devido a uma promoção que teve dias antes. Ele ficou chateado da vida. Queria ter comprado o urso pra dar de presente a ela, porque sabia que ela amava esses bichinhos de pelúcia. Foi aí que ele ficou sabendo que havia esses ursos numa página da internet. Sem hesitar, ele se cadastrou no site e fez a compra do urso. Pagou frete e aguardou ansioso pela chegada do bicho em sua casa. Uma semana levou pra ser entregue. Mas antes dele esperar pela encomenda, ele foi até ela. Levou flores e se desculpou por não ter dado um presente melhor. Ela aceitou de boa já que o que importava pra ela naquele momento era o amor dele e não o presente. Mas mesmo assim, ele correu atrás do urso e queria entregar a ela. Aconteceu que o presente chegou em sua casa. Ele todo feliz desembrulhou a encomenda e viu aquele baita Panda em sua frente. Pegou o urso, colocou o embrulho de volta e decidiu colocar no carro pra levar pra ela. A vizinha reparou que ele estava tendo problemas em colocar aquele embrulho dentro do carro e decidiu ajudá-lo. Ele agradeceu e conseguiu resolver a situação. Ao chegar na casa dela, ele saiu do carro todo feliz e colocou o urso nas costas e tocou a campainha. A mãe dela atendeu e ficou surpresa ao ver ele com um embrulho nas costas. Ele perguntou por ela e a mãe disse que estava na rua comprando algo. Pediu pra esperar um pouco. Ele sentou e aguardou por sua chegada. Não via a hora dela chegar e encontrar o presente. Alguns minutos depois, ela chegou. Ficou feliz ao vê-lo ali em sua casa e se maravilhou quando viu o urso panda. Foi uma alegria total. Até nome o bicho ganhou. Resumindo tudo: mesmo sabendo que ela o amava muito, ele se esforçou pra poder dar a ela um presente de aniversário que marcasse e que ficasse eternizado em sua lembrança. O presente não é tudo, mas o sentimento sim. Este permanecerá pra sempre.

Tem pessoas que conheço que não fazem isso como ele fez. Dizem que amam e tal mas não tem coragem de provar o que sentem. Ás vezes, mentem, iludem, enrolam. Ás vezes não dão importância ao sentimento do companheiro. Fingem ser uma pessoa mas no entanto é outra. Gostam de brincar com os sentimentos como se fosse objetos próprios. Machucam, maltratam, desprezam mas sempre estão ali colados e nunca largam. Traem a confiança que é depositada. Fazem tempestade em copo d'água. Se sentem enciumados e não respeitam o espaço de ninguém. As pessoas acham que somos propriedades. Só porque estamos namorando, ficando e tal, acham que somos obrigados a viver a vida deles. Não podemos fazer isso e aquilo sem ao menos consultar eles. É claro que a confiança é tudo, mas se uma pessoa não sabe confiar na outra, porque se envolver hein? É preciso confiança para que haja uma relação harmoniosa. Tem que saber confiar porque senão não rola. Amor é isso! Amar é confiar, é respeitar, é valorizar!! Não adianta você dizer: " Ah eu amo fulano, eu amo siclano" e depois ficar dando motivos pra outra pessoa achar que você não está nem aí. Quer valorizar a pessoa que te ama? Então demonstre fidelidade! Seja digno de assumir que você não é mais o cara solteiro ou a mocinha solteira que vive saindo de um lado e pro outro dando ideias pra qualquer pessoa por aí. Respeita para que sejas também respeitado! Quer fazer faculdade? Quer fazer um curso? Sucesso! Você merece. Mas dialoga com a pessoa que ama. Diga que você tem sonhos, projetos, planos em sua vida e que mesmo estando com ela, ela precisa respeitar seu espaço e principalmente, te apoiar muito. Tem pessoas que não entendem isso! Querem sufocar a pessoa amada, mas olha vou te dizer algo importante: se você não valorizar, perde e lá fora tem muita gente que pode dar valor. Acredite!
Mas voltando ao assunto da amizade...

Existem pessoas que gostam de você do jeito que você é, sem tirar nem pôr. Que te conhecem bem e enxergam o seu coração a fundo. Que sabem que se você precisar, poderá contar com eles em momento que for. Outros vão se aproximar de você por algum tipo de interesse. Quando você não tem nada, eles se afastam mas quando você consegue algo, eles surgem do nada. É impressionante como as coisas acontecem na vida da gente. Tem pessoas que você só de cumprimentar, não olham para o seu rosto. Simplesmente te ignoram. Mas a vida é assim né? A falsidade de um lado e a autenticidade do outro. Muita das vezes pensamos que aquela amizade é tudo na nossa vida e quando conhecemos a fundo, percebemos que existe um grande engano. A gente precisa ficar atento com certas proximidades e analisar melhor quem chamamos de amigo, irmão, parceiro... Outro exemplo bem notório é quando você precisa de um apoio financeiro e conta com aquela pessoa que você considera de coração e ela inventa desculpas e não lhe ajuda no momento que mais precisa. As pessoas são assim. Por um momento estão na sua porta te abraçando e te dizendo que te ama e depois de um tempo, passam na rua e nem sequer falam com a sua pessoa, o que eu acho desagradável situações como essas. Você ajuda, doa seu coração, faz de tudo pra ver aquela pessoa no alto e ela simplesmente te ignora, te desvaloriza, te despreza. Fica falando da sua vida para outros. Fica te esnobando na frente dos amigos. Quer dizer, são coisas da vida que a gente deve levar por experiência e saber ter atitude pra agir quando passar perto de pessoas como estas. Ninguém é capaz de tirar um sorriso, pelo menos eu aprendi isso. Posso me decepcionar, chorar, me lamentar por ter perdido uma amizade de anos, mas sei que o meu sorriso é precioso demais e vou usá-lo enquanto há tempo. Enquanto ainda estou vivo e vivendo cada momento. 

*Continua...



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Lançamento!

 
Copyright © 2013 Conectando Ideias - Traduzido Por: Templates Para Blogspot
Design by FBTemplates | BTT
close
#