Blogs Brasil

® Talentosos Escritores 2011/2015 - Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.
"O site Talentosos Escritores" estará passando por mudanças em breve. Portanto, a ausência de postagens de conteúdos importantíssimos como as novelas por exemplos. Mas isso é algo que estamos organizando, tempo ao tempo. Eu, como administrador, estou contando com uma equipe boa pra poder fazer o site cada vez melhor. A gente está se reunindo pra obter novidades em alta pra você, que nos acompanha há muito tempo. Peço desculpas pela demora dos conteúdos e a gentileza de aguardarem pacientemente. O Talentosos Escritores vai mudar, mas tenho certeza de que será pra melhor ok! Um grande abraço a todos." - Leandro Angellus

sexta-feira, 4 de setembro de 2015

A Trilha do Sonho - 05/05


Quando eu lembro dessa situação que ele viveu, eu penso que cada um de nós já deve ter passado por algo parecido ou idêntico. Eu mesmo já sofri por amor. Não nego. Quantas vezes me humilhava pra pessoa e ela nem sequer me dava atenção. São coisas que acontece na vida da gente e que nos marca muito.
Um dia estamos felizes. Outro dia estamos tristes. O destino sempre prega essas lições. Poderia ser culpa do amor ou das pessoas. Poderia ser culpa do coração talvez mas acredito muito que seria devido a confiança ou as atitudes como costumo sempre dizer. É inevitável viver um relacionamento e não sofrer. Sempre haverá um desentendimento entre um casal, o que acho normal que haja pois ambos aprendem com tais situações. O que não pode acontecer é que esses desentendimentos pequenos virem grandes tempestades e rompam a união e a confiança desse casal. A vida não é um mar de rosas não. A vida é dura, complicada. O amor é complicado, difícil. Tem pessoas que se iludem fácil demais. Tem pessoas que até se matam por amor. Isso vocês já devem estar cientes muito bem né? E aquelas pessoas que mesmo sabendo que a outra não vale nada, ainda persiste na relação. Cada um de nós temos sentimentos. Sentimentos que devem ser cuidados, abraçados, compartilhados um com o outro. Não adianta você dizer que ama e que está apaixonado e depois na primeira oportunidade, cometer um erro e achar que o seu relacionamento é um fiasco. Os problemas sempre vão existir. O que não podemos é deixar ser levados por eles. Um bom diálogo em alguns casos é importante. Quando você ama uma pessoa, sua vida está sendo dividida entre sua rotina e a presença daquela pessoa e quando vocês discutem por coisa mínima, a confiança já fica abalada e o relacionamento tende a cair.

Pare e pense

Mas não desista daquilo que te faz feliz, completo. Converse mais! Se abra mais! Seja sincero e claro em suas palavras e ouça a voz do seu coração pelo menos por alguns segundos. Reveja seus erros. Pense em tudo que você conquistou com essa pessoa. Pense no que a sua vida poderia ser se você estivesse ao lado dela novamente. Se for necessário, perdoe ou peça perdão! Se for mais necessário ainda, dê um tempo pra ela e pra você mesmo. Mas procure tentar se aproximar de alguma forma pra conversar, distraí-la, fazer ela rir um pouco das suas piadas. Enfim, tente ser você mesmo e nunca deixe de amar, mesmo que você tenha uma decepção enorme. Valorize-se mais! Sei que um grande amor marca muito a vida da gente e que é impossível esquecer, mas olhe ao seu redor e veja quantas pessoas, ou quantos olhares esperam por você. Se a pessoa não quer mais, não insista! Deixe ela ser feliz do jeito que ela quer e vá viver sua vida. Você não vai ganhar super poderes e trazer ela pra você da noite pro dia porque isso meu caro está fora de cogitação. O máximo que você pode fazer é pedir pra alguém fazer um trabalhinho se me entende né e num passe de mágica, a pessoa comer na sua mão, porém eu não aconselharia. Mas cada um pensa de uma maneira e se conselho fosse bom, não era dado e sim vendido. O que importa é que esse texto que escrevo te faça refletir sobre a sua situação amorosa. Pra finalizar, apenas tenho algo á dizer: "Jamais por toda a sua vida iluda uma pessoa que gosta de você." A pior coisa que existe na vida é viver uma ilusão. É você achar que aquela pessoa é o príncipe ou princesa encantado (a) da sua vida e depois, você perceber que não é bem isso.

Jenni me olhou nos olhos fixamente e me beijou. Segurei em volta da sua cintura e aproximei meu corpo mais perto do dela. Senti o cheiro dos seus cabelos perfumados e beijei seu pescoço devagar. Em meu apartamento, eu a coloquei sobre a cama e disse que a amava muito. Falei as seis palavras mágicas que ela entendia perfeitamente e afagando seus cabelos, eu comecei a desabotoar sua blusa. Passamos a noite juntos logo depois do trabalho e senti que eu não estava apenas gostando, mas estava apaixonado.

Logo na manhã seguinte assim que Jenni acordou, levei uma bandeja de café pra ela na cama. Enquanto ela tomava café e comia biscoitos, eu apenas sorria e tocava em seus lindos cabelos, admirando a sua beleza exterior.
_Vai ficar me olhando mesmo?  Me sinto um pouco constrangida. _ela diz.
_É que eu gosto de ficar te olhando. Desculpa!
_Sem problemas meu amor! _e ela colocou um biscoito embebido no patê de presunto na minha boca.
_Hummmm!

Jenni me beija

No término do café, Jenni aproveitou pra regar as plantas da varanda e arrumar um pouco a casa quando a empregada chega para trabalhar. E ela vai direto para a cozinha, onde decide organizar os preparativos para o almoço. Na noite anterior, Jenni me disse que tem a pretensão de vir morar comigo e eu curti muito a ideia de tê-la aqui. Tanto que eu tive que conversar pessoalmente com Judith, a empregada da casa e contar sobre essa novidade inesperada. Judith ficou alegre com essa notícia e disse que vai dar tudo certo. Com Jenni no meu apartamento, não precisaria mais de seus serviços e eu teria que dispensá-la. Vou pagar todos os direitos necessários do seu período em meu apartamento, conforme segue as novas leis das empregadas domésticas. No começo, ela ficou triste porque ela adorava trabalhar ali. Era como uma segunda casa para ela. Mas no entanto, ela se conformou e disse que eu seria muito feliz ao lado de Jenni, o qual ela torcia muito para que a gente desse certo.  Então os dias foram passando e Jenni e eu cada vez mais próximos. A gente fazia planos, trabalhava juntos, organizava a casa juntos, passava muito tempo brincando um com o outro. E aquele apartamento ganhava vida, luz. A vida ao lado de Jenni era super divertida. Ela sorria com o meu jeito de dormir, jogava travesseiro no meu rosto quando eu me sentia um preguiçoso, batia com a colher de pau na panela pra me avisar que o almoço estava pronto, ....
Quando eu não conseguia me lembrar de uma palavra que se encaixasse no jogo de cruzadas, ela me dava a resposta no ato. Enfim, Jenni era a mulher perfeita porém tinha seus defeitos também como todo mundo tem. Mas a gente se amava o tempo todo.
E então a vida continua. Eu e ela. Ela e eu.


Fim

*Em breve: A Trilha do Sonho II



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Lançamento!

 
Copyright © 2013 Conectando Ideias - Traduzido Por: Templates Para Blogspot
Design by FBTemplates | BTT
close
#