Blogs Brasil

® Talentosos Escritores 2011/2015 - Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.
"O site Talentosos Escritores" estará passando por mudanças em breve. Portanto, a ausência de postagens de conteúdos importantíssimos como as novelas por exemplos. Mas isso é algo que estamos organizando, tempo ao tempo. Eu, como administrador, estou contando com uma equipe boa pra poder fazer o site cada vez melhor. A gente está se reunindo pra obter novidades em alta pra você, que nos acompanha há muito tempo. Peço desculpas pela demora dos conteúdos e a gentileza de aguardarem pacientemente. O Talentosos Escritores vai mudar, mas tenho certeza de que será pra melhor ok! Um grande abraço a todos." - Leandro Angellus

sexta-feira, 11 de setembro de 2015

Sétimo Capítulo de Perdidos de Saudade

O drama do desaparecimento de crianças

Martha se afasta de Rubens e diz:
_Você é louco? Se alguém nos pega desse jeito, eu nem consigo imaginar.
_Martha, eu não sei o que me deu na cabeça de beijá-la mas a verdade é que ainda lhe quero muito.
_Eu tenho o Adalberto na minha vida agora. Nossa história ficou esquecida no passado.
_Não Martha! A nossa história pode voltar de novo.
_Vai embora Rubens! _diz ela, colocando a mão na cabeça aflita. _Não quero que meu marido veja você aqui.
_Você vai me expulsar da sua vida de novo por conta de pessoas que desejam matar nosso amor? _pergunta Rubens sério a ela que nesta hora o encara também, com uma pontinha de uma lágrima disposta a cair dos seus olhos. _É isso que você quer Martha? Você quer me afastar da sua vida?
_Não!! _diz Martha, caindo em lágrimas.
Rubens se aproxima devagar e a abraça fortemente enquanto ela chora em seus ombros.

Martha chora em abraçar Rubens

_Eu nunca esqueci você. _diz ela, desabafando.
_Eu também não Martha. Eu sempre estive presente em sua vida em todas as fases dela. Nunca deixei de amá-la mesmo quando você se casou com outro.
Adalberto abre a porta e encontra os dois juntos.
_Posso saber o que se sucede aqui?
O casal se surpreende neste exato momento.

Na empresa, Marlene é convidada por Vera a entrar na sala e o clima não é dos melhores.
_Por que veio aqui Marlene? Sabe que eu não suporto vê-la na minha frente.
_Pois é querida! Eu ainda tenho dívidas a tratar com você.
_Eu sei o que você quer de mim. Você quer me extorquir né?
_Um dinheiro a menos não vai fazer diferença pra você Vera.
_Golpista! Pois do meu dinheiro, você não verá nem a cor.
_Ótimo! Eu solto uma bomba que pode explodir sua bela mansão de oitenta milhões de reais.
_O que você mais quer de mim hein? Eu já não lhe dei dinheiro suficiente.
_Vera Lopez, será que você não percebe que está na minha mão. Acho melhor colaborar!
Vera fica louca de raiva por dentro ao ver o cinismo de Marlene.

Na clínica, Sandra fica conversando com Flávia sobre o que viu horas antes. Ela se surpreende ao saber que o chefe está tendo um caso fora do casamento. Sem querer Mariana ouve a conversa e diz pra Sandra:
_Trabalhar ninguém quer, mas fazer fofoca é bom demais né Sandra?
Sandra fica perplexa com as palavras dela e se levanta da cadeira com as mãos na cintura.
_Como é que é? Repete se for mulher!
_Tá! Trabalhar ninguém quer, mas fazer fofoca é bom demais né?
_Ah mas eu vou dar na cara dessa menina e vai ser agora. _diz Sandra, se rebelando e fazendo Flávia se levantar também e deter a confusão.
Mariana não se intimida na frente da jovem.
_Não esqueça que o hospital tem câmeras por toda a parte e pelo que sei, você não vai querer corromper sua imagem.
_É muito atrevimento dessa garota! Eu vou acabar com você.
_Vou trabalhar. Beijo! Sem graça! Mesquinha! _diz ela, saindo porta afora e deixando Sandra louca de raiva.
_Você viu o que ela falou pra mim?
_Sandra, vá com calma!
_Eu estou prestes a matá-la e não vai demorar muito não ta! _diz Sandra irada.


No clube Faroeste, Vivian trabalha como dançarina e se exibe para os rapazes que ficam desejando-na. Carlos chega no local e pede um uísque no bar e fica observando o show. Quando Vivian tira as roupas e fica somente de peças íntimas, um dos rapazes sobe no palco e começa a abraçar ela, tentando beijá-la em sua boca. Carlos perde a calma e tira satisfações com o rapaz.

Vivian enlouquece homens

_Larga da minha mulher!
_Oh meu! Ela é nossa! _ele faz uma brincadeira de mau gosto e Carlos dá uma porrada em seu rosto.
Vivian fica preocupada.
_Amor para com isso!
Carlos pega Vivian pelo braço e a faz descer do palco. Os dois vão até próximo ao bar.
_Me larga! Droga! _diz ela, irritada por ele ter tirado ela do palco.
_É por esse palco que você quer me trocar? Fala! _diz ele já estressado.
Vivian fica olhando ele sério e depois tira o sutiã em sua frente deixando os seios á mostra, fazendo ele ficar mais nervoso.
_Não importa o que você diga, eu escolhi essa vida. Eu escolhi ser feliz. Não sou prostituta não meu amor! Eu sou dançarina. Você fica comigo se você quiser porque se você não quiser, tem outros que me querem.
Aquela resposta fere os sentimentos do rapaz.
_Então vá divertir eles Vivian. Está tudo acabado entre a gente!
_Carlos... _diz ela, já borrando a maquiagem com as lágrimas e colocando o sutiã novamente.
Nesse momento, Roney fica preocupado e Marcos decide interferir mas ele o detém.
_Não vá! Deixa eles resolverem isso sozinhos. _diz o dono do clube e Marcos obedece.


Daniel estava no clube também se divertindo com alguns amigos quando um deles comenta:
_Parece que a coisa esquentou aqui né?
_Pois é! _diz Daniel. _Mas é normal acontecer em clubes.
Um amigo de Daniel tira do bolso um isqueiro e um cigarro e oferece a Daniel que aceita.
_Minha mãe não pode me ver fumando.
_Ah corta essa! Ela nem vai saber. _diz um deles.
Daniel acende o cigarro e dá um trago. E depois sorri para os amigos.
_Ae fera, gostou de ter dado um trago?
Daniel começa a tossir e os amigos riem.
_Primeira vez é assim mesmo. Depois se acostuma.
_Vão se ferrar! _diz Daniel. _Vou tentar de novo!
_Caracas o moleque gostou! _diz um dos amigos ao verem que Daniel está fumando novamente.
Um dos rapazes do bar fica de olho em Daniel e faz um gesto como se estivesse o chamando. Daniel se interessa.

Augusta olha o álbum de fotografias quando ouve chamados na sua porta. Era Dulce.
_Oi Dulce! Tudo bem?
_Oi Augusta! Como vão as coisas?
_Melhores impossíveis né?
_Que bom amiga! Eu estou muito feliz que a patroa tenha lhe encaixado na cozinha comigo.
_Benza Deus amiga que você conseguiu esse emprego pra mim. Estava tão necessitada. Viver de bicos não dá certo não!
_Verdade. Mas Deus sabe o que faz e você vai conseguir minha amiga realizar teus planos.
_Sim. Eu ainda penso em encontrar aquele cachorro do meu ex marido.
_Augusta, não pense nisso não! Olha para o futuro dos seus filhos e de si mesma.
_Vou tentar minha amiga! Vou tentar. _diz ela, séria.

Carlos sai depressa do clube e entra no carro. Vivian vai atrás dele em seguida e também entra.
_Me deixa em paz! Suma da minha vida! _diz Carlos tenso.
Ela tranca a porta do carro e ele tenta destrancar mas ela impede.
_O que você quer Vivian?
_Eu quero te fazer entender que eu amo meu trabalho.
_Suma da minha vida pelo amor de Deus!
_Não Carlos! Eu não vou deixar você sair daqui sem ao menos me ouvir.
Carlos naquele momento tenso, liga o carro e sai com o veículo.
_Me deixa em paz sua meretriz!
_Eu já disse que não fico com homens. Eu só fico com você!
_Mentira! Eu nunca vou acreditar em uma palavra sequer que saia da sua boca. _ele fala, e ao mesmo tempo está no volante.
E o carro anda depressa demais.
_Pára o carro e vamos conversar Carlos!
_Cala a boca Vivian! Você não merece o meu amor! _diz ele, se distraindo.
_Carloooos!!!  _ela se desespera ao ver que o carro iria se desviar da rua.

E de repente, o carro cai ribanceira abaixo, amassando os para-choques frontais, as asas laterais e o capô e capota por duas vezes, causando um grande estrago. O acidente provoca ferimentos em Vívian e deixa Carlos, desacordado por alguns minutos.




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Lançamento!

 
Copyright © 2013 Conectando Ideias - Traduzido Por: Templates Para Blogspot
Design by FBTemplates | BTT
close
#