...
Feed
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
® Talentosos Escritores 2011/2015 - Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.

Ads 468x60px

Postagem em destaque

O sorriso que muda tudo - Texto Especial

Engraçado quando você gosta de uma pessoa e ela não te dá nenhuma chance. Não corresponde seus olhares, alega que a distância é um fardo eno...

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Google+ Followers

Featured Posts

Social Icons

Arquivo do blog

Música e Poesia - Uma Página feita pra Você

Música e Poesia - Uma Página feita pra Você
Clique e conheça! Por Adriana Vieira

Arquivados

Tenha Talentosos Escritores no seu E-Mail

Compartilhe suas ideias!

Compartilhe suas ideias!

Em breve!

Marcadores

Traduza!

@Leoangellus

Anuncio!!

Leitor (a) da Semana

Leitor (a) da Semana
Quem será o próximo (a)?
"O site Talentosos Escritores" estará passando por mudanças em breve. Portanto, a ausência de postagens de conteúdos importantíssimos como as novelas por exemplos. Mas isso é algo que estamos organizando, tempo ao tempo. Eu, como administrador, estou contando com uma equipe boa pra poder fazer o site cada vez melhor. A gente está se reunindo pra obter novidades em alta pra você, que nos acompanha há muito tempo. Peço desculpas pela demora dos conteúdos e a gentileza de aguardarem pacientemente. O Talentosos Escritores vai mudar, mas tenho certeza de que será pra melhor ok! Um grande abraço a todos." - Leandro Angellus

Oferta Amazon!

quinta-feira, 10 de setembro de 2015

Sexto Capítulo de Perdidos de Saudade

Emoção de Mãe ao reencontrar filho depois de 30 anos

Na manhã seguinte, Augusta vai à casa de Martha. No mesmo momento que ela chega, o motorista Laerte já havia saído com o carro pra levar Vera pra empresa. Martha pede a senhora para se sentar no sofá da sala e diz para Dulce trazer um café. As duas decidem conversar um pouco.
Enquanto isso, Roney fala um pouco da sua vida para Mateus enquanto leva ele para a rodoviária em seu carro. Ao chegarem, ele diz:
_Enfim, chegamos na rodoviária. Foi muito bom te conhecer!
Mateus olha pra ele e diz:
_Obrigado por ter me trazido até aqui!
_Tudo bem. Se cuida e boa sorte! _diz ele, ligando o carro novamente.
Mateus sai do carro e anda alguns passos com sua mochila. Ele olha para Roney que já estava saindo com o carro naquele momento e decide sentar no banco à espera do ônibus.

Mateus quer ir pro Rio


Betina fica louca de raiva e Beatriz se preocupa.
_Já se passaram horas e até agora nada.
_Ele vai voltar. Eu conheço aquela peça.
_Tem certeza Betina? Eu nunca vi ele falar tão sério. _diz Beatriz.
_Ele fala da boca pra fora. Mas se ele não aparecer, eu vou atrás dele custe o que custar.
_Se ele não aparecer, a gente vai ter que ir na delegacia contar com o apoio da polícia. _diz Beatriz.
_Polícia? Tá louca! Mateus não é nenhuma criança não. Ele sabe o que faz. Não quero polícia envolvida nisso. Ah se eu pego o Mateus, ele está ferrado na minha mão. _diz ela brava.

Enquanto isso, Martha aperta a mão de Augusta e diz que ela será bem-vinda em sua casa. A senhora acaba de ser contratada por ela pra trabalhar ao lado de Dulce na cozinha. Augusta fica feliz e depois a abraça fortemente. A empregada também fica contente pela amiga. Já Sandra caminha pela rua e encontra Orlando com Liliane e flagra os dois se abraçando e entrando num carro. Ela fica pasma ao ver a cena e pega o celular rapidamente.
_Oi amiga! Tenho uma fofoca para lhe contar. Sim! Uma fofoca boa. Está sentada? Prepara! _diz ela, sorridente.

O ônibus chega na rodoviária e as pessoas começam a entrar nele. Quando chega a vez de Mateus entrar no ônibus, ele se acovarda.
_Como é que é moleque? Não vai entrar não? _reclama o passageiro atrás dele querendo entrar no ônibus também.
Mateus salta do ônibus causando alvoroço entre os passageiros da fila que ficam xingando ele. Ele corre pelas esquinas com sua mochila como um fugitivo e só para quando chega próximo de uma ponte, onde senta ali e começa a chorar repentinamente. Uma melodia passa por seus ouvidos e em meio á lágrimas, ele ergue a cabeça e vê um rapaz tocar teclado numa praça em frente, com algumas pessoas ao redor observando. Mateus anda alguns passos lentamente em direção a praça e entra dentro no meio das pessoas e vê aquele rapaz tocar teclado em sua frente. O rapaz era paraplégico e havia um chapéu com algumas notas de dinheiro ao seu lado. Ele estava tocando no teclado uma melodia que parecia ser conhecida para Mateus.
Essa mesma melodia também estava sendo dedilhada no piano da mansão onde se encontrava Martha. Ela tocava emocionalmente e a cada dedilhada, um pensamento se passava em sua mente.

Martha toca piano

Mateus começa a lembrar do piano de sua infância e quando deu por si, estava viajando mentalmente. Ele lembrava de um sorriso de uma mulher que estava com ele e o incentivo que ela dava quando ele tocava as primeiras notas. Mas o pensamento não durou muito tempo. Um moleque empurrou ele e desequilibrando-se, ele caiu. O rapaz que estava tocando, vê a cena e reclama. Pára de tocar o teclado e o ajuda.
_Você está bem? _ele pergunta a Mateus que balança a cabeça, gesticulando um sim. _Que bom!
No término de sua apresentação na praça, Mateus faz um pedido especial.
_Eu posso tocar?
O rapaz olha pra ele sério e depois entrega o teclado a ele. Mateus começa a dedilhar as primeiras notas e de repente, toca uma melodia, impressionando o rapaz.
_Onde aprendeu a tocar teclado?
_Nunca toquei. Apenas piano. _ele diz sincero.
_Nossa! Temos um pianista então. _diz ele sorrindo.
_Acho que sim. _diz Mateus sem graça.
O rapaz sorri nesta hora.
_Bom, preciso ir. _diz Mateus, pegando sua mochila.
_Se cuida rapaz! _diz o rapaz gentilmente apertando a mão dele.

Vera chega na empresa e encontra a secretária que traz rapidamente alguns papéis para ela assinar.
_Tem alguma novidade boa pra mim? _pergunta a empresária.
_Não, mas a senhora tem visitas.
_Visitas? Pelo que eu sei, eu não tenho nenhuma visita marcada pra hoje.
_Mas senhora...
_Quer fazer o favor de desmarcar com essa pessoa? Eu não quero ver ninguém hoje. Que atrevimento marcar com as pessoas e nem me consultar antes!
_Desculpa senhora! Eu vou ver o que eu faço. _diz a secretária se retirando e deixando Vera irritada.
Alguns minutos depois, um bate-boca é ouvido do lado de fora e Vera abre a porta da sala.
_Posso saber que algazarra é essa no meu escritório? _pergunta Vera ao se deparar com a visita indesejável em sua frente. _Você aqui?
Marlene Campos é o nome dela. Ousada, fina e se portando como uma dama estava ali na frente de Vera Lopez. Uma mulher negra, mas que tinha quarenta anos, ainda em forma e sua beleza se destacava em seu sorriso.

_Oi Vera Lopez! Desculpe invadir o seu império mas eu não podia esperar o dia todo pra conversar com você. _diz ela, séria mas muito séria.

Assim que termina de tocar no piano, Martha ouve a campainha tocar e resolve atender. Era Rubens na porta.
_Oi Rubens!
_Martha, desculpe vim sem avisar mas eu precisava vê-la.
_Está tudo bem com você?
_As coisas só se tornam melhores quando estou com você.
_Rubens, eu sou uma mulher casada agora...
_Não importa! _diz ele, rapidamente a beijando em seus lábios fortemente e fazendo ela se entregar perdidamente em seus braços.

Martha e Rubens se beijam

←  Anterior Proxima  → Inicio
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Meu Canal no Youtube

Novidade!!

Blogs Brasil

Google+ Badge

Ajude o site e ganhe um brinde exclusivo!

Quem será o próximo (a) Leitor (a) da Semana hein?

Quem será o próximo (a) Leitor (a) da Semana hein?

Siga-nos por E-Mail

As Top 5+!

Frase do Dia

Seguidores