Blogs Brasil

® Talentosos Escritores 2011/2015 - Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.
"O site Talentosos Escritores" estará passando por mudanças em breve. Portanto, a ausência de postagens de conteúdos importantíssimos como as novelas por exemplos. Mas isso é algo que estamos organizando, tempo ao tempo. Eu, como administrador, estou contando com uma equipe boa pra poder fazer o site cada vez melhor. A gente está se reunindo pra obter novidades em alta pra você, que nos acompanha há muito tempo. Peço desculpas pela demora dos conteúdos e a gentileza de aguardarem pacientemente. O Talentosos Escritores vai mudar, mas tenho certeza de que será pra melhor ok! Um grande abraço a todos." - Leandro Angellus

sexta-feira, 10 de março de 2017

Segundo Capítulo de Com Quem Eu Fico


No dia seguinte logo ao acordar, Wesley e Robson conversam sobre a noite passada.
_ela é incrível, irmão! Eu gostei muito dela. _diz Wesley, comentando da jovem que conhecera no clube.
_que bom, mano! E qual é o nome dela?
_é Pâmela, Robson! _diz ele, alegre.
_ah sim. _diz Robson, desanimado.
_bom dia, meninos! _interrompe Nívea na conversa dos filhos.
_bom dia! _diz Wesley e Robson juntos.
_que cara é essa hein, Robson? Está um dia maravilhoso lá fora! _percebe Nívea o olhar desanimado do filho mais velho.
_a noite ontem foi péssima pra mim. _diz Robson, descontente.
_ele está assim porque levou um bolo da menina da internet. _revela Wesley, brincando.
Nívea encara Robson com uma expressão curiosa e diz:
_filho, existem outras meninas por aí e tenho certeza de que você vai conhecer alguém que realmente goste de você, do jeito que você é.
_mas essa garota é linda demais, mãe! _diz Robson. _eu a conheci pela webcam. Agora só falta nos conhecermos pessoalmente.
_ok! E você, Wesley? Conhece essa garota?
_não, mãe! Eu nada sei sobre ela. _diz Wesley, sincero.
_mas o meu irmão sempre tem sorte. Ele conheceu uma garota ontem e por isso, está feliz desse jeito. _retruca Robson.
_verdade, filho? _fica curiosa Nívea.
_é sim, mãe. Ela é gente fina á beça. Chama-se Pâmela.
Nívea fica admirada ao saber que Wesley conhecera alguém que ele considera muito especial á princípio.

Enquanto isso, Pâmela esquece o celular na mesa do centro da sala quando sua mãe Elaine recebe a visita de uma amiga chamada Helen acompanhada da filha Nanda em sua casa. Enquanto as duas conversam distraidamente, Nanda de cinco anos encontra o celular e decide jogar um pouco. Como ela não entende por ser muito nova, acaba deletando alguns contatos de Pâmela, tais como o número de Robson. Minutos depois, Pâmela sai do quarto e desce a escada quando encontra o celular nas mãos da pequena e fica preocupada. Ela o tira das mãos da menina apressadamente e diz:
_não pode ficar brincando com o telefone da tia.

Em mãos erradas

Nanda entende aquelas palavras e as guarda em silêncio.
Pâmela resolve verificar se estava tudo normal, quando Elaine pergunta o ocorrido.
_não foi nada, mãe! O meu telefone estava com a Nanda.
Helen se preocupa e pergunta:
_Pâmela, me desculpe! Eu nem vi que o celular estava com a minha filha.
_sem problemas, Helen! É tanta coisa na cabeça que a gente esquece.
De repente, ela percebe que alguns contatos foram excluídos do aparelho e diz, insatisfeita:
_não acredito!
Elaine encara a filha e pergunta:
_o que aconteceu agora?
Sem medo de dizer a verdade, a jovem confessa:
_a Nanda apagou alguns contatos meus.
Helen se sente péssima com a situação e Pâmela diz pra não se preocupar. Aliás, foi um pequeno acidente e isso é normal acontecer.

Enquanto Pâmela tenta se conformar com o que houve com o seu celular, bem próximo dali, Edileusa cuida da casa curtindo o rádio novo que foi recém-comprado alguns dias antes, quando o telefone toca.
_oi, amiga! Como vai? _pergunta Renata.
_oi! Tudo bem e você?
_comigo está ótima! Está sabendo do pagode que vai rolar nesta sexta á noite?
_claro, amiga que estou sabendo.
_então você vai, Edileusa?
_mas é claro! Eu não iria perder uma roda de samba né?
_bom, vamos juntas então!
_perae, mas e a Helen ta sabendo que você vai neste pagode?
_eu vou avisar ela, mas não se preocupe! Helen é gente boa. Vai quebrar o galho pra mim!
_amiga, essa história de você deixar o seu filho sempre nas mãos da Helen, não é bom! Vá por mim!
_amiga, não tem problema não! A Helen nunca se importou com isso. E além do mais, meu filho gosta muito dela.
_e quanto ao Walter? O que ele pensa sobre isso?
_bom, o Walter continua o mesmo de sempre, amiga. Ele sempre é o contra, mas a Helen não se importa com isso e tenho certeza de que ela vai mais uma vez me ajudar nessa. _diz Renata.
Edileusa fica em silêncio.


Shania encontra Pâmela na sua loja de roupas e a cumprimenta.
_está tudo bem? _ela percebe um olhar triste.
_não, Shania! Não foi nada demais.
_não foi nada demais e você está triste assim? Ande, me conte!
_tudo bem! É que eu perdi alguns contatos importantes no meu telefone e um deles, foi de um cara que conheci pela web.
_você está falando do Robson?
_exatamente. A minha sorte é que não perdi o número de outro rapaz que conheci no clube neste fim de semana passado. Se eu tivesse perdido, eu não saberia o que fazer.
_como assim, amiga? Existe outro na parada agora?
_bem, é mais ou menos isso. Eu conheci o Wesley no clube neste sábado passado e nós ficamos, entende?
_não acredito! E o tal Robson que você estava ansiosa pra conhecer?
_não rolou, amiga! O Robson me deu o maior bolo então, Wesley apareceu e pra não terminar a noite sozinha, você me entende né?
_eu entendi o recado, Pâmela! Mas que bom que você conheceu alguém.
_é verdade, Shania. Ele é muito legal.
_hum. Mas e você? Vai mesmo pra casa da sua tia Cleusa nesta semana?
_eu pretendo sim. Vou passar alguns dias por lá, mesmo que tenha que aturar aquela insuportável da minha prima.
_é verdade, Pâmela! Não sei como a sua tia suporta aquela menina.
_ela é mãe, Shania e tem carinho pela Vânia. Sentimento de mãe é eterno!
_isso eu sei, amiga mas a Vânia é do tipo de pessoa que não tem sentimentos. Ela não se importa com ninguém.
_mas não vamos falar sobre ela, ta legal! Vamos deixar a Vânia de lado.
_é melhor mesmo! _diz Shania. _bom, eu vou indo! Tenho que passar numa floricultura antes de ir pra casa.
_flores? Pra quem será hein?
_não vem de graça! _diz Shania, sorrindo alegremente. _Eu amo flores e ponto final!
De repente, o celular toca e Pâmela confere a ligação antes de atender.
_quem é amiga? _pergunta Shania curiosa.
_é o Robson! _ela responde, séria.
_bom, vê o que ele quer dessa vez?
Pâmela decide atender a ligação e Robson se surpreende ao ouvir a sua voz.
_Oi! Tudo bem? _ela pergunta.
_Oi! Será que podemos conversar?
Pâmela fica hesitante, mas no final aceita e conversa com o rapaz.
_e o Wesley, amiga? Como fica nessa história? _ questiona Shania ao ver a expressão de Pamela.
_é apenas uma conversa. Nada vai mudar em relação ao Wesley. _diz ela, consciente e deixando Shania em silêncio.

Papo de Garotas


Wesley confere a sua agenda no telefone celular e ele fica pensativo ao ligar pra Pâmela. De repente, ele toma coragem e disca, mas dá chamada ocupada.
Nívea o encontra na cozinha e diz:
_filho, preparei aquele bolo que você adora!
_que bom, mãe! _diz ele.
_aconteceu alguma coisa?
_não. Por quê?
_por nada. Eu só estou sentindo você meio desanimado.
_bom, não é nada que eu possa resolver, mãe. Te amo! _ele o abraça fortemente e o beija no rosto. _bom, vou tomar uma ducha! E o Robson, onde está?
_ele deve estar correndo atrás da tal moça da internet. _diz ela, sorrindo.
Wesley sorri e vai para o banheiro.

No Rio de janeiro ainda, tudo está sendo uma maravilha pra Cínthia que cursa a sua faculdade e mantém uma relação de afeto com o namorado Mateus. Os dois se preparam pra viajar pra Angra nesse final de semana.
_será que seus pais vão gostar de mim? _pergunta Mateus.
_mas é claro. Eles vão se simpatizar muito com você.
_tomara, Cínthia. Eu quero muito conhecer sua família.
_eu sei. E também, está chegando o meu aniversário. Eles vão ficar super felizes quando souber da novidade.
_como é viver em Angra dos Reis? Eu só conheço por fotos e acho a cidade muito bacana.
_Mateus, é uma cidade belíssima. Possui 365 ilhas e tem pontos turísticos imperdíveis. Você tem que ver a casa da cultura. São tantos quadros que fazem você se sentir em casa. Meu pai é artista plástico, sabia?
_bem, até aí, eu imagino. Eu vi outro dia um depoimento na TV falando da sua cidade e mostrando algumas obras de artes que estavam sendo expostos por lá mesmo. Espero que o seu pai goste de mim mesmo.
_pois é! Você vai conhecer tudo, meu amor. Eu vou ter bastante tempo pra lhe mostrar detalhe por detalhe. E com certeza meu pai vai adorar te conhecer.
_eu sei. _diz ele, a beijando.
Cínthia era a filha mais nova de Odilon e Catarina. Sempre dedicada aos estudos, ela provou a família que não é uma simples jovem brincalhona, mas sim, uma mulher determinada que faz de tudo pra ver seus sonhos serem realizados. Apesar de ser extrovertida, Cínthia é uma jovem doce, de olhos negros e num corpo físico atlético. É uma mulher que sonha alto e se preocupa em primeiro lugar com a família. Seu relacionamento com Mateus é serio. Eles se conheceram na faculdade e estão juntos há dois anos e meio. Atualmente, existe algo entre eles, que pode fazer seus pais se sentirem felizes ou péssimos, dependendo da reação, é claro, que a tal novidade irá causar. Mas esse medo que existe em contar ou não contar está lhe deixando com sérias dúvidas. Já Mateus é um rapaz ciumento, que não perde a chance de grudar na namorada. Ele é um estudante como ela, que sonha fazer medicina. É filho de um dos governadores do país e almeja viajar com Cínthia depois da faculdade pra Miami, onde por sinal, pretende se casar e formar uma família. Mas isso é apenas um plano!

Em Abraão, Verônica sai de jet-ski e espera Yuri na casa dele. Ao chegar lá, a empregada da casa avisa que ele deu uma volta pelo jardim e ela decide averiguar. Nesse mesmo instante, o rapaz passeia pelo píer com Dani de mãos dadas e nem sonha encontrar a filha de Humberto por ali.

Ela é Demais

_você está pensando em viajar mesmo. Vou sentir muito a sua falta. _diz ela, triste.
_Dani, vai ser por alguns meses, mas não vamos deixar de manter contato. Vamos nos falar sempre que der.
_eu sei. Se eu pudesse, eu ia contigo.
_mas você não pode! Sua mãe ficaria irada comigo se eu te levasse pra longe dela.
Dani sorri por alguns instantes.
_não se preocupe, ok! Eu nunca vou te abandonar. Você sabe muito bem disso!
_é claro que eu sei, Yuri! Mas o fato é que eu vou estar sozinha aqui. Por que você não adia?
_porque eu vou estar com ele, meu bem! _diz Verônica, com um olhar sério.
 Os três se encontram.
_Verônica, você por aqui? _ele se pasma.
Verônica descobre a traição do namorado e responde:
_acho que eu cheguei na hora certa, né?
_não é nada disso que você está pensando. _ele se defende.
_como, Yuri? Como você pode ter feito isso comigo? Você tem outra!
Daniela fica sem palavras ao ver Verônica no estado de ira.
_Yuri, quem é essa mulher? _Dani decide interrogá-lo.
_Dani, eu..... _ele não consegue falar.
_eu sou a namorada dele, entendeu. _diz Verônica.
_você o que? _Dani se intriga com a resposta. _Yuri, diga que não é verdade?
Sem ouvir nada em sua defesa, Yuri se cala e Daniela, o empurra irritada, jogando-o no mar.
_por que você não me disse que estava indo viajar com outra garota?
_Dani, desculpa!
_Eu te odeio! _diz Dani, péssima. _Seu falso! Mentiroso!
Verônica e Dani se encaram de frente. Em seguida, Dani se afasta e pega seu jet-ski.
Verônica também sai com o seu jet-ski e antes de dar partida, ela tira o anel do dedo.
_Yuri, nunca mais me procure, ok! E curta a viagem sozinho, porque eu estou farta de você! _e atira o anel em seu rosto.
 Daniela sai furiosa sem dar satisfação ao rapaz.
_nunca mais me procure também! _ Dani diz, brava.
Yuri é abandonado pelas duas jovens e o que resta em suas mãos, apenas um anel de brilhantes.


Dani chega em casa e Wanda a encontra triste.
_o que aconteceu agora, filha?
_eu não quero mais ver o Yuri, mãe.
_por quê? O que ele fez agora?
_ele tem outra. Ele me enganou, mãe.
Wanda abraça a filha, que se lamenta.
_ele parecia ser um bom rapaz.
_mas não é. Ele é um falso. Ele nos enganou direitinho e eu tola, caí nas lábias dele.
_mesmo assim, eu ainda fico desconfiada. Ele me provou que te ama.
_era tudo mentira. Eu conheci a jovem que diz ser namorada dele. Mãe, a senhora não sabe a raiva que estou sentindo por dentro. _diz Daniela, entristecida.
_Não fica assim não meu amor! Se ele fez isso com você, é porque ele não te merece. Você é linda e vai encontrar alguém melhor do que ele.
“Jamais senti que Yuri fosse desleal comigo. Ele parecia um cara legal. Parecia que nunca iria me fazer sofrer, mas me enganei. Como sou tola em ter acreditado que ele seria diferente como os outros rapazes. Eu nunca vou perdoá-lo por isso. Quero esquecer que essa fase ruím da minha vida ocorreu há poucas horas deste trágico dia. A minha vontade era de matá-lo com as minhas próprias mãos, mas não vou me sujeitar á tal ato. Quero rabiscar esse momento do meu caderno!”

Verônica também chega em casa e encontra o empregado Tenório, que arruma o helicóptero.
_ora, quem chegou cedo! É a princesinha.
_não vem cheio de graça pra cima de mim, não.
_por quê? Já está mordida, é?
_sim, eu tive um dia péssimo hoje, ok? Meu pai está?
_não. Ele saiu faz duas horas.
_que droga! Você ainda não consertou essa porcaria?
_não. Por quê? Pretende usufruir dos meus serviços?
_você gosta de zoar, né? Eu não vou pegar o helicóptero hoje, não. Eu vou de iate, que é mais seguro.
_está com medo de que possa acontecer algo?
_se você pilotar, eu tenho medo, sim. Sou muito nova pra morrer. _ela sai.
_riquinha egoísta! _ele diz, num tom baixo.
Nesse momento, a empregada Isadora chega e os dois conversam.
_ Você adora cutucar a onça com vara curta né?
_Eu gosto de provocar mesmo. Nunca fui com a cara dessa menina.
_Eu também não mas ela é filha do magnata. Por isso nem gosto de dar certas opiniões. Emprego hoje em dia está difícil e se eu perder este, eu tô ferrada com minhas prestações do mês.
_Eu entendo você. Eu não sei como o Senhor Humberto aguenta essa garota mimada. Se eu fosse o pai dela, ela não estaria assim não.
_Bom, vamos mudar de assunto né? Já tomou o seu café?
_Ainda não.
_Vem tomar então! _ela o convida e ele a acompanha.
Tenório era o empregado braço-direito de Humberto. Ele mantinha uma relação de confiança com o seu patrão. Eram cúmplices em tudo. Ele tem um segredo oculto, que maltrata seu coração e sua alma por dentro. Um segredo que só Humberto sabia e que cansava de aconselhá-lo a respeito. Atualmente, ele não é casado. Ele se dedica inteiramente ao trabalho e faz disso, um hobbie. Gosta de pilotar o helicóptero da família e se diverte pescando nas melhores localidades da baía da Ilha Grande.

Praia Vermelha - Ilha Grande

Na manhã seguinte, Rafaela se encontra com Ronaldo. Ele decide lhe contar algo.
_você queria falar comigo? O que se trata?
_senta aí. _ele pede.
Rafaela senta num banco da praça e ouve.
_bem, o que foi?
_você se lembra de quando eu disse que não iria sossegar enquanto não achar o meu avô?
_claro. Eu até estou do seu lado nesse desafio. Por quê?
_porque eu recebi uma chance de encontrá-lo.
_que boa notícia, meu amor. Onde ele está?
_eu não sei direito onde ele está. Eu só tenho uma pista.
_O Jeff  ligou pra você avisando?
_Eu que liguei. Ele me contou sobre um senhor aposentado que tem um ateliê no centro de Angra e que possui o mesmo sobrenome de minha mãe. Ele acredita que é o meu avô.
_bem, o que você vai fazer agora?
_só tem um jeito de descobrir a verdade.
_que jeito, Ronaldo?
_eu vou ter que ir pra Angra. Vou procurar saber desse ateliê e desse senhor.
Rafaela muda de expressão.
_O que foi? Não gostou de saber da novidade?
_Não é isso. Eu gostei mas...
_mas?
_Eu não vou poder ir com você.
Ronaldo fica surpreso.
_por quê?
_Ronaldo, eu tenho o meu trabalho aqui e não vou poder me ausentar.
_Entendo. _diz ele, a abraçando. _Eu queria muito que você fosse comigo.
_Eu também queria mas desculpa! Não vai dar.
_Tudo bem. Você fica então mas eu vou estar de volta em alguns dias ok!
_Ta bom! Ronaldo, e se não for o que você procura? Pode ser que seja mais uma pista falsa.
_meu amor, eu só vou ter certeza da verdade se eu tentar. Me deseja sorte!
_claro. Toda a sorte do mundo. Você sabe que eu te dou a maior força, né? Pode contar comigo sempre!
_como eu queria que você fosse comigo.
_eu não posso, Ronaldo. Eu já disse! Eu dependo do meu trabalho. Você sabe disso! Não se preocupe, eu vou ficar bem.
_eu vou sentir muito a sua falta. Eu não vou saber o que fazer sem você por lá.
_você precisa ir ao encontro de seu avô. Eu não posso seguir com você. Esse desafio é só seu e de mais ninguém. Nós vamos manter contato sempre, através do telefone e além do mais, você não estará tão distante assim. São apenas alguns dias.
_eu sei disso, Rafa. Mas não faz sentido eu te largar aqui.
_Ronaldo, escute! _ela olha em seus olhos. _eu te amo muito! Você não vai estar sozinho. Você vai conseguir encontrar o que tanto procura e aí, sim, eu ficarei muito feliz por você ter conseguido. Você não pode desanimar, não! Vá à luta, acredite que eu estarei do teu lado e siga em busca do seu caminho.
_obrigado! _ele a abraça feliz. _tenho muito orgulho de ter lhe conhecido.
_eu que tenho orgulho de você. _ela diz, feliz. _ você é uma pessoa maravilhosa.

“Bem, queria tanto que ela fosse comigo! Que ela estivesse ao meu lado nos momentos em que eu me sentisse sozinho. Ah, como seria legal tê-la o tempo todo comigo. Eu não pensaria em mais nada, a não ser, beijá-la, abraçá-la carinhosamente, afagar seus lindos cabelos, dormir ao seu lado em cada noite. Acho que eu vou sentir muito a falta dessa mulher. Ela não imagina o quanto eu vou me sentir sem a sua presença. Mas, eu preciso focar o meu propósito em encontrar o paradeiro da minha família, nem que eu tenha que ir longe. Eu preciso achar o meu avô e saber dele onde está o meu pai. Essa é a chave de toda a minha história. Eu vou ficar com o meu coração partido em deixá-la, mas o que posso fazer? Ela tem o trabalho dela. Eu não posso atrapalhar a sua vida agora. Eu preciso me concentrar no meu plano. Eu tenho que achar a resposta dessa agonia que me tortura por dentro.”


*Continua...



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Lançamento!

 
Copyright © 2013 Conectando Ideias - Traduzido Por: Templates Para Blogspot
Design by FBTemplates | BTT
close
#