...
Feed
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
® Talentosos Escritores 2011/2015 - Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.

Ads 468x60px

Postagem em destaque

O sorriso que muda tudo - Texto Especial

Engraçado quando você gosta de uma pessoa e ela não te dá nenhuma chance. Não corresponde seus olhares, alega que a distância é um fardo eno...

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Google+ Followers

Featured Posts

Social Icons

Música e Poesia - Uma Página feita pra Você

Música e Poesia - Uma Página feita pra Você
Clique e conheça! Por Adriana Vieira

Tenha Talentosos Escritores no seu E-Mail

Compartilhe suas ideias!

Compartilhe suas ideias!

Em breve!

Marcadores

Traduza!

@Leoangellus

Anuncio!!

Leitor (a) da Semana

Leitor (a) da Semana
Quem será o próximo (a)?
"O site Talentosos Escritores" estará passando por mudanças em breve. Portanto, a ausência de postagens de conteúdos importantíssimos como as novelas por exemplos. Mas isso é algo que estamos organizando, tempo ao tempo. Eu, como administrador, estou contando com uma equipe boa pra poder fazer o site cada vez melhor. A gente está se reunindo pra obter novidades em alta pra você, que nos acompanha há muito tempo. Peço desculpas pela demora dos conteúdos e a gentileza de aguardarem pacientemente. O Talentosos Escritores vai mudar, mas tenho certeza de que será pra melhor ok! Um grande abraço a todos." - Leandro Angellus

Oferta Amazon!

sexta-feira, 7 de abril de 2017

Atração Fatal (Seriado 5/10)


Dias depois, Matt decide assistir o vídeo de uma festa de lançamento do livro de Feliciano na companhia de Sr. Smith.
_o que você vai encontrar, Matt? Eu vi esse vídeo mais de duas vezes e não achei nada interessante.
_talvez, porque você não reparou em algum detalhe.
_o que está insinuando, Matt?
_deixa pra lá, Sr. Smith! Bom, vejamos aqui! _ele liga o aparelho de DVD e aguarda o filme começar.
Smith observa cauteloso e Matt não desgruda o olhar fixo na televisão.
Tudo parecia normal. Feliciano faz um discurso de apresentação e agradece aos convidados presentes na festa. Regina estava entre os convidados, mas nenhum de seus amigos estava presentes ali. De repente, Matt paralisa o vídeo e comenta com o delegado:
_olha aqui! Regina não me parece satisfeita por estar presente. E se você perceber bem, nenhum amigo dela está na festa.
_é como a Justine lhe disse, meu amigo. Feliciano afastou as amizades de Regina e portanto, ninguém foi á ocasião.
_tem lógica, sim! _ele continua o vídeo.
A festa continua normal. De repente, Feliciano abraça a esposa e apresenta á alguns amigos dele, mas ela finge se importar. Em alguns instantes, ele se afasta e ela sai do local. Atento em pequenos detalhes, Matt observa que Regina se encontrara com alguém próximo de um corredor que segue para o banheiro. Ele paralisa o vídeo.
_você viu essa cena?
Sr. Smith deixa o café de lado e observa.
_Matt, isso não é novidade. Regina deve estar conversando com um convidado apenas.
_é muita coincidência os dois estarem num mesmo corredor próximo ao banheiro e sem que haja pessoas por perto. Deixa eu ver essa cena no zoom!_ele controla o vídeo.
Sr. Smith fica encabulado e Matt exclama:
_consegui! Olha quem está conversando com Regina no corredor?
O delegado fica perplexo ao ver que a ex-mulher de Feliciano estava falando com Olivier, justamente no dia da festa do ex-marido.
_caramba, Matt! E eu não reparei nisso!
_pois é! Assim como essa cena passou despercebido pra você, também deve ter passado para todos que a viram, inclusive Feliciano.
_e agora, o que você pretende fazer?
_está mais que na hora de eu fazer uma visita ao ex- marido de Regina. Desde que ele chegara de viagem, eu ainda não tive tempo de pegar seu depoimento._diz Matt, consciente.

Suzi encontra o supermercado onde Christine trabalha e decide iniciar seu plano pra se aproximar da jovem. Ela entra normalmente, verifica os produtos e vai colocando no carrinho pra comprá-los. De repente, entra um assaltante e invade o local, pedindo que todos fiquem em silêncio e causando pânico geral. Ciente do plano, Suzi decide agir.
O assaltante exige que Christine lhe entregue todo o dinheiro do caixa e a ameaça com um revólver. Suzi provoca uma distração, jogando o carrinho fortemente contra uma pilha de enlatados. O assaltante se descuida e Suzi avança pra cima e tira a arma das mãos, jogando contra o chão. Christine corre em direção para os fundos da loja e Suzi finge dominar o assaltante.

O Grande Assalto

A polícia chega na hora exata.
_Agora foge! _diz ela, em tom baixinho pro assaltante.
_Se cuida hein! _ele responde.
O assaltante se livra da jovem empurrando-na, fugindo em seguida.
_você está bem, moça? _o segurança pergunta ao ajudá-la.
_sim. _responde Suzi,calma.
_Obrigado pela ajuda! _diz o gerente do supermercado ao ver a cena.
Suzi se mantém calma e tenta disfarçar o riso.
_acho que ele não vai aparecer tão cedo por aqui._ela diz.
Christine fica surpresa com a coragem da jovem e decide agradecê-la pessoalmente.
_eu tinha que fazer algo pra ajudá-la! _ela responde.
_você foi muito corajosa em enfrentar aquele bandido.
_diz Christine.
_pelo menos, minhas aulas de artes marciais são favoráveis nestas situações. _diz ela.
_meu nome é Christine. _se apresenta ela.
_Suzi Vielmont. _responde a jovem.

Horas mais tarde, Matt chega no supermercado e encontra a esposa conversando com alguns policiais.
_Matt, que bom te ver por aqui, meu amor! _diz ela, o abraçando.
_querida, eu soube o que houve. Vim ver como você está? Fiquei preocupado.
_Matt, você não imagina o quanto eu fiquei temida com esse assalto.
_eu sei, meu amor! Eu estou aqui, viu? Vou ficar com você!
_mas o incrível foi o que fizeram por mim, meu amor! Uma simpática moça me ajudou. Ela me livrou de um perigo e tanto.
_como assim? Quem te ajudou, Christine?
_eu não sei como ela fez isso, mas ela conseguiu tirar a arma do assaltante, Matt! O nome dela é Suzi._ela revela.
_Suzi? _ele fica surpreso ao ouvir tal nome.
_Sim. Nossa! Estou trêmula com o que aconteceu hoje.
_diz ela, nervosa e Matt diz:
_Vai ficar tudo bem agora! Tenta relaxar!
_Eu me lembrei da primeira vez que nos conhecemos. Matt fica em silêncio e afaga seus cabelos negros.
_Parece que vivi essa cena novamente, Matt! Você me deixa tão segura em seus braços. Eu te amo muito! _ela diz, carinhosamente olhando seu rosto.
_Eu também amor! Amo mais que tudo.



Ao chegar em seu apartamento, Suzi decide tomar um banho morno e fica pensativa embaixo do chuveiro sobre a sua relação com Matt e a cena propositada do assalto no supermercado, onde Christine trabalha.
Enquanto isso, um carro Ford Ka surge de repente e o vidro escuro se abre. Um rapaz desconhecido fuma um cigarro e usa óculos escuros. Ele pega o telefone e disca o número. Dentro de poucos minutos, Suzi ouve a chamada e atende, já envolvida numa toalha de algodão felpuda:
_o que foi dessa vez? _ela pergunta.
_eu estou ligando pra avisar que já cheguei na cidade. Suzi fica surpresa.
_como assim, já chegou? Você não me avisou de que vinha?
_o papo é o seguinte, Suzi: eu cheguei e vou fazer as coisas do meu jeito agora. Você já teve o seu tempo. Não vou precisar mais dos seus serviços.
_você não pode fazer isso comigo! E o nosso acordo, onde fica? Eu preciso continuar na missão.
_Suzi, você não me ouviu? Eu coloco as regras e você está fora!
_ótimo! Se você acha que conseguirá resolver as coisas sozinho, então está certo. Vou arrumar minhas malas e vou ir embora amanhã bem cedo.
_é isso aí,Suzi! Eu vou pedir para os meus contatos reservarem uma passagem de avião e o hotel pra você ficar.
_mas esteja certo de que sem á mim, você não vai conseguir chegar aonde quer tanto. _diz Suzi,corajosa de si.
_o que você está falando, Suzi? _se intriga o desconhecido.
_enquanto estiver aqui, eu posso lhe ajudar muito. Tenha certeza disso! Conheço o ponto fraco de Matt e sei que ele está se envolvendo cada vez mais no caso de Regina Winston. Sei os lugares que freqüenta, o local que a esposa dele trabalha, ou seja, eu tenho a vida dele em minhas mãos.
_muito interessante, mas será que eu posso te envolver mais nisso? É perigoso demais para uma prostituta!
_parece que você não me conhece bem! Eu gosto do perigo e posso levar o Matt para você em questão de segundos. Basta que você me confie este serviço e que não faça absolutamente nada pra interceder esse plano.
_gostei de ver, Suzi! Uma mulher de atitudes e de coragem. Você adocicou meu coração. Continue no caso! _diz ele, desligando.
Suzi vibra com a notícia e sorri por dentro.

Alguns dias se passam... Christine e Suzi tornam-se grandes amigas e a operadora de caixa a convida á ir a sua casa. Suzi aceita o convite gentil e no mesmo dia, conhece Renan, o filho amado de Mathew. Ela observa fotografias espalhadas pela casa, os móveis e a decoração.
_este quem é? _ela pergunta de propósito ao ver Matt na foto.
_este é meu marido, Suzi! _responde Christine, inocente.
_ah, sim! _ela dá de ombros e muda o assunto._você tem uma casa linda! Por que pretende se mudar?
_bom, eu e Matt arranjamos uma casa na região serrana e assim que ele terminar de resolver o caso em que está trabalhando, vamos nos mudar pra lá._ela a informa.
_entendi! Ele é policial, né?
_sim. É um trabalho perigoso, mas ele adora. Suzi, já discutimos por diversas vezes sobre a profissão dele, que eu estou até cansada. Portanto, hoje eu decidi aceitar, porque não vale a pena a gente ficar brigando.
_é verdade, Christine! Se ele gosta dessa profissão, o que você pode fazer, né? Você vai ter que aceitar!
_eu te convidei pra vir em minha casa e já estou desabando meus problemas á você. Desculpe!
_que isso, Christine! Imagine! Somos amigas._diz Suzi, com ar de falsidade.

Somos Amigas

Christine sorri meio sem jeito.
_posso usar seu banheiro? _Suzi pede.
_claro! Segunda porta á direita! _ela indica.
Suzi sai por alguns instantes da sala, quando Matt chega.
_amor, nós temos visitas! _diz Christine.
_nossa! Estou super cansado. Este caso está me deixando alucinado.
_não é de menos, né? Você vive na correria e nem tem tempo de descansar direito. Vou ter que conversar com o Sr. Smith sobre isso!
_ah, amor! Deixa pra lá! O importante é que eu estou chegando cada vez mais perto da verdade. Falta pouco!
_amor, eu estou com visitas! _ela novamente diz. Matt a encara.
_sério? Quem está aqui?
_é aquela amiga que eu te falei. A moça que me livrou do assalto.
Matt muda de expressão e Christine continua.
_ela é muito legal, gente fina mesmo! _diz a operadora de caixa.
_Que bom! Só assim eu a conheça e agradeça pessoalmente.
De repente, Suzi sai do banheiro e os encontram na sala juntos.
Matt fica perplexo ao vê-la ali em sua casa na companhia de sua esposa!
_oi, Mathew! Tudo bem? _cumprimenta Suzi, com um olhar tentador.
Matt a cumprimenta sério e Christine decide preparar a mesa.

Neste ínterim, Feliciano vai á casa de Juliet e a encontra sozinha.
_pensei que nesta casa, você nunca colocaria seus pés.
_diz a senhora.
_eu também pensei, D. Juliet, mas eu vim em paz. Desde que sua sobrinha falecera, eu me senti na obrigação de vim visitá-la.
_posso saber o motivo?
_eu queria saber se precisava de algo.
_Feliciano, como as coisas mudam, né? Certa vez, não queria que eu fosse á sua casa pra ver a minha sobrinha. Hoje, como ela está morta, você tem a audácia de vir aqui pra perguntar se eu preciso de alguma coisa.
_eu sinto muito, D.Juliet, mas a senhora sabe que a sua sobrinha me deu motivos pra eu agir com indiferença.
_ela só aceitou viver esse caso com Olivier por causa da sua intolerância.
_minha intolerância? Regina e Olivier se amavam desde quando eram mais jovens, bem antes de me conhecerem. O meu casamento foi um fiasco ao lado dela.
_vá embora, Feliciano! _ela pede.
_não agüenta ouvir a verdade, né? D. Juliet, Regina não me amava de verdade, porque se ela me amasse, não teria se envolvido com o melhor amigo dela. Se Olivier não existisse na vida da sua sobrinha, nosso casamento seria bem melhor.
_eu não acredito nessa hipótese, Feliciano! O fato é que você não soube dar valor á minha sobrinha. Agora, vêm bancando o santinho! Faça-me o favor!
_bom, eu não vou discutir com a senhora. Passe  bem!
_diz Feliciano, saindo porta afora e deixando a senhora nervosa.

Afastado de Christine, Mathew pressiona Suzi.
_o que pensa que está fazendo? _ele a questiona._vai embora agora!
_eu não posso! Sua esposa me convidou e eu não posso fazer uma desfeita dessas. O que ela vai pensar de mim?
_Suzi, a Christine nem sonha que ficamos juntos. Por favor, vai embora!
_espera aí, Matt! Você acha que eu conheci a sua esposa de propósito?
_é o que parece, Suzi! Eu sei que você está afim de mim, mas por favor, deixe a minha família fora disso.

Vá Embora!

_eu confesso que estou mesmo afim de você, Matt, mas eu sei me controlar, ouviu bem? Eu sei a hora em que o jogo vira, meu amor!
_primeiro, você me conhece e me deixa numa situação péssima, onde eu preciso mentir pra minha esposa e agora, vocês duas são grandes amigas.
_e olha que foi uma grande coincidência!
Matt fica passivo de raiva e Christine surge de repente.
_o jantar está pronto! Vamos, Suzi! _ela a chama. Suzi obedece e Matt fica preocupado.
_algum problema, meu amor? _pergunta Christine.
_não. É coisa do trabalho! Nada importante!_ele responde.


←  Anterior Proxima  → Inicio
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Meu Canal no Youtube

Novidade!!

Blogs Brasil

Google+ Badge

Ajude o site e ganhe um brinde exclusivo!

Quem será o próximo (a) Leitor (a) da Semana hein?

Quem será o próximo (a) Leitor (a) da Semana hein?

Siga-nos por E-Mail

As Top 5+!

Frase do Dia

Seguidores