...
Feed
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
® Talentosos Escritores 2011/2015 - Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.

Ads 468x60px

Postagem em destaque

O sorriso que muda tudo - Texto Especial

Engraçado quando você gosta de uma pessoa e ela não te dá nenhuma chance. Não corresponde seus olhares, alega que a distância é um fardo eno...

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Google+ Followers

Featured Posts

Social Icons

Arquivo do blog

Música e Poesia - Uma Página feita pra Você

Música e Poesia - Uma Página feita pra Você
Clique e conheça! Por Adriana Vieira

Arquivados

Tenha Talentosos Escritores no seu E-Mail

Compartilhe suas ideias!

Compartilhe suas ideias!

Em breve!

Marcadores

Traduza!

@Leoangellus

Anuncio!!

Leitor (a) da Semana

Leitor (a) da Semana
Quem será o próximo (a)?
"O site Talentosos Escritores" estará passando por mudanças em breve. Portanto, a ausência de postagens de conteúdos importantíssimos como as novelas por exemplos. Mas isso é algo que estamos organizando, tempo ao tempo. Eu, como administrador, estou contando com uma equipe boa pra poder fazer o site cada vez melhor. A gente está se reunindo pra obter novidades em alta pra você, que nos acompanha há muito tempo. Peço desculpas pela demora dos conteúdos e a gentileza de aguardarem pacientemente. O Talentosos Escritores vai mudar, mas tenho certeza de que será pra melhor ok! Um grande abraço a todos." - Leandro Angellus

Oferta Amazon!

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

35º Capítulo - Perdidos de Saudade

video

No velório de Vera, Marlene chega acompanhado de Roney e Rubens decide falar com ela. Martha cumprimenta os dois também. Luís e Roney se abraçam enquanto Rubens, Martha e Marlene dialogam.
_Eu ainda não consigo acreditar que aquela bandida da Betina cometeu um assassinato desses. _diz Marlene, ainda chocada com toda a situação.
_eu nunca a desejei mal algum, mas acho que todo crime tem seu preço. _rebate Rubens, deixando Martha um pouco séria.
Percebendo a expressão de Martha, Marlene segura em sua mão e diz:
_eu também estou com você, apesar de tudo!
Martha agradece gentilmente e Marlene se afasta pra cumprimentar Mariana e Carlos. Rubens olha para Martha e a abraça forte.
_desculpa se falei algo que não deveria. _diz ele.
_você tem razão! Ela tinha que pagar um preço. _diz Martha, séria. _ela tirou o meu filho de mim!
_meu amor…
_por que estou aqui, Rubens? Só me diga o porquê que estou presente aqui ainda neste lugar?
_amor, a gente conversou antes de vir. Você disse que queria.
_me leva pra casa, Rubens! Eu não quero ficar aqui.
Rubens fica sério neste instante
Me Leva pra Casa

Enquanto isso no clube, Marcos e um cliente conversam.
_mas você está disposto mesmo a ficar comigo?
_sim. Por que eu não ficaria? Você é um cara bonito. E bem interessante. _diz o cliente, tomando um gole de uísque.
_eu só posso depois do show. _diz o stripper, compartilhando a bebida.
O cliente pega na mão de Marcos e sorri.
Liliane vê a cena e decide atrapalhar aquela ocasião.
_mas que meiguice este lindo casal. _diz ela, fazendo os dois virarem os olhos em sua direção.
_Liliane, ninguém te chamou aqui! Vaza! _diz Marcos, direto.
_mas quem é essa aí, Marcos? _pergunta o cliente, indagado.
Liliane resolve provocar, estendendo a sua mão para o desconhecido e dizendo em alto e bom som:
_eu sou a mulher que espera um filho dele.
Ao ouvir aquilo, o cliente fica com uma expressão séria pra cima de Marcos e diz:
_mas eu não sabia que ele tinha alguém. Marcos, você mentiu?
Marcos fica sério na mesa e diz para Liliane ir embora e ao mesmo tempo, pede calma ao desconhecido.
_eu não tenho ninguém. Eu sou um cara solteiro, livre e desimpedido. E é verdade que ela espera um filho meu, sim mas não tenho absolutamente nada com essa infeliz aí!
_ele fala isso da boca pra fora. _rebate Liliane, provocando. _Sabe como é né? Briguinha de casal.
Marcos se levanta da mesa e pega no braço de Liliane, com uma expressão de brutalidade e o cliente perde a vontade de continuar ali testemunhando aquela cena.;
_desculpa, Marcos mas eu acho que você deveria ter um pouco de caráter e saber valorizar as pessoas um pouquinho mais. Com licença!
_Oh! E o nosso encontro? _pergunta Marcos.
_desculpa, mas não rola mais encontro. Se cuida e foi um prazer conhecê-la! _diz o cliente, indo embora.
Liliane acena um tchau e se solta da mão de Marcos.
_está satisfeita com o que fez? Eu ia ganhar uma grana boa esta noite. Mas por sua causa, tudo foi pro ralo!
_você deveria estar comigo e com o teu filho, meu querido! Formaremos uma linda família, nós três.
_você é louca! Eu não vou ficar com você jamais! Tira essa ideia absurda da cabeça.
_mas prefere ficar com homens. Sabe o que você é, Marquinhos Bandidão? Você é um gay! _diz Liliane, sem pensar em nada.
Marcos fica com muita raiva naquela hora e joga uísque no rosto dela. Funcionários do clube veem a cena.
Discussão

Mariana entende o quão é difícil suportar a ideia de que Vera estava envolvida na história de sequestro do irmão e não reage quando vê sua mãe sair do velório da avó. Luís também não queria estar ali presente, mas sabe que a língua do povo é afiado demais e que muitas pessoas importantes, do ramo da empresa e até mesmo, conhecidos estavam prestando condolências naquele momento. A  culpa de Vera recai sobre a família. Os jornalistas ficam insistentes querendo saber da boca dos familiares, a confirmação desta história absurda e chega a ser chato até demais. Assim que acontece o enterro, ainda se ouve piadas de alguns dizendo que é muito hostil Martha não estar ali nem pra colocar uma flor sequer.


Chegando em casa, Martha tira as sandálias e se senta no sofá, cansada. Rubens se aproxima dela e pergunta, fazendo um carinho nos seus cabelos.
_está tudo bem mesmo?
Martha olha pra ele e diz:
_nada vai ficar bem, mas temos que pensar positivamente.
_você se refere à que?
_os jornais vão destacar amanhã a minha ausência no enterro daquela mulher, que diz ser minha mãe.
_eu sei que é difícil encarar a realidade, mas temos que aceitar os fatos. Vera ocultou uma coisa muito importante pra você.
_ela detonou comigo, Rubens! ela não teve a mínima preocupação comigo. Só se importou com ela mesma e com o maldito dinheiro da empresa.
_amor, se acalme! As coisas vão melhorar pra gente e tudo vai ficar bem. Vamos ter fé! A mulher que roubou teu filho está na cadeia e tão cedo será solta. _diz Rubens, a abraçando.
_tenho medo, Rubens! Medo que essa Betina atrapalhe mais uma vez nossas vidas. _diz Martha, séria nos braços do parceiro.
Tenho Medo

Roney é informado por alguns sobre a discussão de Liliane com marcos e o stripper é chamado pra conversar na casa dele.
_quer dizer que esta Liliane está atrapalhando o seu trabalho?
Roney se serve de um conhaque enquanto Marcos falava.
_por causa dela, perdi um cliente e uma grana.
_é verdade que você foi insultado por ela? _pergunta Roney sentando-se na mesa.
Marcos solta um riso e responde depois sério:
_você acredita que ela me chamou de gay? Eu não sei se rio com essa situação. Sério! Aquela mulher é louca.
_Marcos, eu não descarto a hipótese de que você seja.
_ah pára! Por favor! eu fico com homens, sim mas faço isso pela grana, não pelo sentimento. Se eles querem ficar comigo numa boa, tem que desenrolar uma grana maneira sim. Eu sou hetero e bem hetero, Roney! Não abro mão da minha sexualidade.
_tudo bem, Marcos! Não está mais quem falou, mas presta atenção: Liliane é um perigo e vai tentar te prejudicar e muito com essa história de gravidez aí!
Marcos bebe uns gole de conhaque, pensativo.

Betina é chamada na cela pelo carcereiro, que avisa que tem uma visita lhe esperando. Ao chegar na sala, ela se depara com Beatriz sentada na mesa. A expressão de Betina não lhe torna surpresa.
Já Luan sente seu relacionamento balançar um pouco devido ao parceiro Daniel, que fica muito próximo de um carinha que o reencontrou há semanas atrás no clube.
Luís passeia pela praça quando encontra Florisbela em sua frente. Os dois se cumprimentam e se abraçam, gentilmente.
_eu sinto muito pela perda da sua avó. _diz ela.
_obrigado! _ele agradece. _ está de folga hoje?
_sim. estou! Eu não tenho como te agradecer por tudo. Você me ajudou com aquele emprego. Realmente preciso!
_eu imagino. Já fui como você. Só vivia na família errada.
_eu conheço sua história. Bom, pelo menos parte dela.
_você pode conhecer a outra parte também.
_sério? Isso pode ser muito bom. _diz ela, curiosa.
_quer tomar um café comigo? _convida Luís.
_adoraria. _aceita Florisbela.

Na delegacia, Beatriz e Betina conversam em particular.
_eu não estou surpresa com a sua visita. O  que você quer, maninha? Veio rir da minha desgraça?
_não! Eu vim ver como você estava. Apesar de tudo, ainda somos do mesmo sangue. _diz Beatriz.
_pode até ser mas não quero a sua solidariedade. Você está do lado da Martha e de toda essa gente que quer acabar com a minha vida.
_você não percebe que você mesma acabou com sua vida, se envolvendo nesta história de sequestro? Quem planta, colhe!
_eu tenho nojo de vocês! Mas vocês não perdem por esperar porque vai ter volta. _ameaça Betina.
_Betina, não fale assim. Eu vim em paz aqui pra poder te ver, minha irmã.
_cale-se! Chega! Eu sei do seu rolo com o delegado. Admita que vocês tem um caso! _diz Betina, firme.
_eu e o delegado estamos nos conhecendo. Ele é um homem muito bom pra mim!
_Beatriz, vá embora! Eu não quero mais vê-la na minha frente. E me faça um favor: não volte mais aqui!
Beatriz consente e Betina chama o policial pra levá-la pra cela novamente.

←  Anterior Proxima  → Inicio
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Meu Canal no Youtube

Novidade!!

Blogs Brasil

Google+ Badge

Ajude o site e ganhe um brinde exclusivo!

Quem será o próximo (a) Leitor (a) da Semana hein?

Quem será o próximo (a) Leitor (a) da Semana hein?

Siga-nos por E-Mail

As Top 5+!

Frase do Dia

Seguidores