Blogs Brasil

® Talentosos Escritores 2011/2015 - Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.
"O site Talentosos Escritores" estará passando por mudanças em breve. Portanto, a ausência de postagens de conteúdos importantíssimos como as novelas por exemplos. Mas isso é algo que estamos organizando, tempo ao tempo. Eu, como administrador, estou contando com uma equipe boa pra poder fazer o site cada vez melhor. A gente está se reunindo pra obter novidades em alta pra você, que nos acompanha há muito tempo. Peço desculpas pela demora dos conteúdos e a gentileza de aguardarem pacientemente. O Talentosos Escritores vai mudar, mas tenho certeza de que será pra melhor ok! Um grande abraço a todos." - Leandro Angellus

sábado, 7 de outubro de 2017

37º Capítulo - Perdidos de Saudade


No hospital, Orlando discute com sua ex mulher em seu escritório enquanto Liliane se prepara pra fazer o exame de DNA com Marcos. Béth aguarda o filho fazer os exames e Mariana a encontra casualmente.
_Oh querida! Como vai? _pergunta Béth, amorosa.
_Vou bem, sogra! _diz Mariana, sorrindo abraçando-lhe.
_Minha nora favorita! _diz Béth, toda orgulhosa.
Sandra ouve aquilo e depois decide chamar Vívian na vídeo chamada do whatsapp pra conversar.
_Amiga, você não pode perder essa luta! Os dois estão prestes a se casar.
_Sandra, eu não vou lutar pelo Carlos. Só quero seguir minha vida.
_Se você não vai fazer nada , eu mesma vou fazer por você. _diz Sandra, determinada.
_Não faça nada! Eu estou bem e não quero que você se intrometa nesta história, ok! _diz Vívian, sensata.
_Tá bem! _diz Sandra inconformada. _Eu vou deixar os pombinhos em paz.

Enquanto isso, Luan decide mudar o seu percurso diário e vai parar na porta de Laís, que o recebe surpresa.
_Eu confesso que esperaria tudo, menos você em minha casa.
_Eu posso entrar? _pergunta Luan.
Laís permite sua entrada e fecha a porta.
_Diga Luan: o que você deseja em minha humilde residência?
_Desde que comecei a namorar o seu filho, sinto que não sou bem recebido por você. Afinal você é mãe né e nunca vai aceitar que o teu filho gosta de mim de verdade e eu, dele.
_Luan, eu acho que nção precisamos ter essa conversa. O meu filho está passando por uma fase apenas. Ele vai cair em si e vai perceber que esse conto de fadas que ele vive é uma coisa tão anormal.
_Então você acha que o seu filho é anormal? O fato de ele ser o que é e estar com alguém do mesmo sexo é uma anormalidade pra você?
_Acho. O meu filho não deve estar insano. Ele pode muito bem namorar uma garota e se casar com ela e ambos formarem uma família de verdade.
_A senhora é louca! O teu filho é gay e eu sou gay também e nós dois nos amamos. Podemos formar uma família juntos.
_Uma família com filhos projetados e de outras pessoas. Uma família que não teve um filho gerado. Nenhum dos dois vai sentir as dores do parto pra se ter uma criança e fazer a geração da vida acontecer. _diz Laís, forte e sem piedade nas palavras.
Luan fica sério neste instante.

Na mansão, Laerte invade o quarto de Vera e decide mexer no guarda-roupa dela. Ele retira umas gavetas e encontra um cofre oculto. Decide abrir com o segredo que tem em mente e ao perceber que a porta foi desbloqueada, ele tira de dentro uma caixa retangular que continha jóias preciosas. Um pensamento se passa em sua mente de repente…
_Mas pra que isso, Dona Vera! _diz Laerte, sem saber o que se trata.
_Isso será algo que vai te ajudar quando você precisar em sua vida. _diz a empresária. _é uma forma de te agradecer por tudo que me fizestes até hoje.
_Agora que descobriram que Luís foi sequestrado, a história pesará sobre a senhora. Eu não quero problemas com a polícia também não. _diz ele, temido.
_Fica tranquilo. Esta jóia me pertence e não tem nada a ver com o caso Luís não! Eu só quero que você tenha em mente que isso será teu se caso acontecer algo comigo.
O motorista fica sério com a jóia na mão e decide guardar tudo de volta, mas esquece de ajeitar as gavetas, deixando o cofre exposto um pouco.

Nesse ínterim, Laís e Luan acabam discutindo feito.
_A senhora precisa aceitar que o seu filho é feliz comigo!
_O que você entende de felicidade? Meu filho nunca vai ser feliz com você! Isso é fase, e não amor!
_Louca! A senhora nunca vai entender e não será eu que vou te fazer entender isso. Eu tenho pena de verdade!
Louca!

_Vá embora da minha casa, Luan! _pede Laís, séria.
_Eu vou sim. Não se preocupe que eu sei achar o caminho da saída. Mas um último aviso: quando você enxergar que o seu filho é feliz, você vai perceber que ele não precisa de cura.

Martha decide ir na delegacia e Jota a recebe.
_Então, você quer ver a sequestradora do seu filho? Martha, eu não acho uma boa ideia. _diz o delegado, tentando evitar.
_Por favor, delegado! Eu preciso ver Betina. _diz Martha, séria.
E o seu pedido é cumprido.
Betina se depara com Martha na sala. As duas se olham sérias.
_Eu vim atrás de respostas e sei que você pode me dar. _diz Martha, sem rodeios.
_O que você quer saber? A verdade que você sabe não é o suficiente não? _provoca Betina.
_Eu nunca vou me conformar que minha própria mãe estava envolvida neste sequestro até o pescoço. Você não imagina a raiva que sinto por não ter tido a oportunidade de colocá-la contra a parede e ter tirado esse assunto.
_Martha querendo resolver os problemas de todo mundo, inclusive os seus. Sua mãe Vera nunca foi a favor da sua relação com o Rubens. Ela queria impedir a sua felicidade a todo custo.
_Eu sei. Até tirar o meu filho de mim, ela tirou.
_E eu cuidei dele até hoje. _rebate Betina, com falsidade.
_Não seja irônica! Você nunca cuidou do meu filho direito.
_Martha, por favor: poupe o meu tempo e diga logo o que queres de mim.
_Eu quero saber se a minha mãe teve envolvimento no sonho do Rubens de se tornar locutor. _diz Martha.
_O que eu ganho com isso? _pergunta Betina.
Hora da Verdade

_Diga o que queres que eu tento resolver ao meu alcance.
_Um encontro com o Luís. Ou Mateus. Que seja! Quero vê-lo!
_Certo. Você terá esse encontro. _diz Martha, confiante. _Agora, me diga o que sabes sobre isso!
_Sua mãe estava envolvida sim! Ela mandou tacar fogo no estúdio da rádio em que o Rubens estava trabalhando. Tudo foi planejado com perfeição para que o ocorrido não parecesse criminoso. _diz Betina, séria deixando Martha mais séria ainda.

_Foi Vera! Vera acabou com o sonho do teu marido.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Lançamento!

 
Copyright © 2013 Conectando Ideias - Traduzido Por: Templates Para Blogspot
Design by FBTemplates | BTT
close
#